quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

ACARAÚ

Do CEARÁ: cidades de A a V ( III)

De Fortaleza... 
Av. Padre Antônio Thomaz,(Fortaleza), chegando à Praia do Futuro.

...à ACARAÚ...na Costa Sol Poente...



Não poderia trazer Acaraú, mostrando a sua localização geográfica, um pouco de sua história, imagens de suas belas praias, das dunas, do Rio Acaraú, da cidade...sem apresentar (aos que não conhecem), um poeta de lá: Padre Antônio Thomaz. 
Pe Antônio Thomaz(1868-1941):  fervoroso, humilde,poeta....

Em Fortaleza, temos uma grande avenida que leva o seu nome, localizada no bairro mais "valorizado" da cidade, a Aldeota. A avenida, "corta" todo o bairro e, como vimos lá no início desta postagem, desce a ladeira, rumo à Praia do Futuro (que tem esse nome, há muitos anos, desde quando eu era bem pequenininha...).
A homenagem, ao Pe. Antônio Thomaz, que nasceu em Acaraú, é justa:  afinal, ele é o " Príncipe dos Poetas Cearenses"...(livros dele, não há, já que em seu testamento pediu que nunca publicassem seus sonetos em livro). Há inúmeras biografias do Pe. Antônio Thomaz, com seus lindos versos, no google. Basta procurar...
Trouxe, apenas, este soneto...

A Morte do Jangadeiro

Ao sopro terral abrindo a vela,
Na esteira azul das águas assustadas,
Segue veloz a intrépida jangada
Entre os uivos do mar que se encapela.

Prudente, o jangadeiro se acautela
Contra os mil acidentes da jornada;
Fazem-lhe, entanto, guerra encarniçada
O vento, a chuva, os raios, a procela.

Súbito, um raio o prostra e, furioso,
Da jangada o despeja n'água escura;
E, em brancos véus de espuma, o desditoso 

Envolve e traga a onda intumescida,
Dando-lhe assim, mortalha e sepultura
O mesmo mar que o pão lhe dera em vida..
Casa onde viveu Pe.Antônio Thomaz, na praça da Matriz, em
Acaraú. O título de "Prícipe dos Poetas Cearenses" foi-lhe concedido
 por concurso lançado na revista Ceará Ilustrado, de Fortaleza,em 1924.
(Fonte: Jornal de Poesia e blog O Acaraú).

.................................................

Rio, mar, lagoa, dunas, edificações...: é ACARAÚ!

Ao lado esquerdo do barco, um "manzuá", de pescar lagosta...
....porto de Acaraú....
Jangadas repletas de manzuás,...
...embarcações pesqueiras...
...os manzuás...com lagostas....
...lagostas....
...e....mais lagostas....

.............................................

...praia...mar...
...lagoa...
....dunas...
...caminhos que levam à praia....
....praias desertas....
....a força dos ventos, gerando energia...
....mais praia....
....lagoa ...
...rio...
... por de sol..
................................................

Biblioteca Poeta  Manoel Nicodemos Araújo, na Praça da Matriz.
Casarões....
.. . preservados....
...lindo casarão...(abandonado?)...
...Largo do Poeta! Em 2009 estava abandonado....
(Fonte: Blog de Notícias de Acaraú, em postagem de 12 de
setembro de 2009). Não consegui apurar novas notícias sobre o
estado a atual do largo, que mais parece um bosque. Um belo lugar!
Há mais fotos do Largo do Poeta, no blog Notícias de Acaraú,
de autoria de Erasmo Andrade. Sou seguidora, do blog >Excelente!
Matriz de Acaraú: Igreja Nossa Senhora da Conceição.
Interior da Igreja Nossa Senhora da Conceição,( Acaraú-CE-Brasil).


Acaraú, está localizado próximo à foz do rio do mesmo nome. É um  dos maiores produtores de lagosta, no Ceará que é o maior produtor desse  crustáceo no Brasil. A cidade sobrevive da pesca, da agricultura e da pecuária. Acaraú fica a 255 quilômetros de Fortaleza.

ETIMOLOGIA
A origem do topônimo "Acaraú" é indígena, existindo pelo menos duas hipóteses sobre seu sentido:
* seria resultado da fusão de Acará (garça) e Hu(água), significando portanto "Rio das Garças".
* seria de origem tupi, como resultado da fusão de aka'ra (acará) e  y (água, rio), significando,  portanto, "Rio dos Acarás".

HISTÓRIA
A fundação do município de Acaraú, data de 31 de julho de 1849. Já a história da ocupação do delta do Rio Acaraú, pelos índios Tremembé, vem antes dos portugueses. 
Os portugueses fizeram um reconhecimento completo da região,  bem como a usaram como base de apoio para a ocupação do litoral, bem como para base de apoio para confrontos militares com os franceses que ocuparam o Maranhão. Deste momento histórico existem várias cartas topográficas datadas do século XVII.
Em 1608, instala-se e fixa-se o primeiro povoamento português dessa região que foi a "Aldeia do Cajueiro" (hoje Almofala), um aldeamento de índios, criados pelos Jesuítas. Já o início do povoamento e a implementação econômica às margens do Rio Acaraú, pelos portugueses, aconteceu com a chegada de fugitivos das guerras com os holandeses oriundos de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, no século XVII, através das entradas dos Sertões de Fora, com a instalação da pecuária e produção de charque na capitania do Ceará, no século XVIII.

O primitivo núcleo da Barra do Acaracu serviu de ancoradouro à pequenas embarcações serviu de ancoradouro à pequenas embarcações que depois passou a chamar-se Porto de Barcos de Acaracu, é o marco em inicial do que mais tarde viria a ser a cidade de Acaraú. Antes do povoado Barra de Acaracu, alguns quilômetros ao norte, à margem direita do rio que foi conhecido como Presídio.

No século XVIII, em 22 de setembro de 1799, o povoado foi elevado à categoria de distrito de Acaraú da Vila de  Sobral. Já a sua elevação à categoria de Vila de Acaraú, com o distrito já desmembrado da jurisdição de Sobral, ocorreu em 31 de julho de 1849. O título de município, já com a denominação atual de Acaraú ocorreu em em 19 de setembro de 1882.
A freguesia foi criada geral  pelo decreto geral  de 5 de setembro de 1832, com a transferência para a povoação da Barra do Acaraú da freguesia da Igreja de Nossa Senhora da Conceição de Almofala, antiga missão dos índios Tremembé.

No vídeo, abaixo, índios Tremembé hoje, em Acaraú...

Fontes: Acaraú para Recordar (blog); O Acaraú (blog); Notícias de Acaraú (blog); Wikipédia.
Fotos: Galeria de Alex Uchoa e do google.

*******
Até a próxima semana.Um abraço!

96 comentários:

  1. Lúcia querida, passei um e-mail pra vc , mas ele voltou. Mande seu endereço de e-mail para o cercavivadaguidinha@gmail.com, assim poderei me comunicar com vc, ok? Bjks
    Renata Guidinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Guidinha querida. Mandei um e-mail (endereço acima) e voltou. Fui no cerca viva e deixei lá, no devido lugar. Beijos!

      Excluir
  2. gostei deste estilo de post...vc possue muita coisa para contar e estamos aqui para ler!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este, é meu estilo! Obrigada, ricardo!
      Volte sempre!

      Excluir
  3. Nossa! É o paraíso aqui na Terra. Lindo post e fotos, Srta. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ives. Bom, você aqui! Obrigada, um abraço.

      Excluir
  4. Que maravilha de post e lugar!!Poesia e fotos, com explicações lindas!! beijos praianos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica sempre amável! Obrigada, amiga, beijos, da Lúcia

      Excluir
  5. Que lugar abençoado, amei a aula de História, de ecologia, de beleza natural, estou cá emocionada.
    Já mostrei ao meu bem e falei que quando pudermos quero ir conhecer de pertinho este paraíso.
    Muito obrigada Lúcia por esse presente incrível, um grande beijo em seu coração e parabéns sempre pelas lindas postagens e pelas lindas fotos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Maria Teresa! Sou professora, daí um pouquinho de jeito para motivar a leitura: didática e ilustrações.
      Venha conhecer este Ceará das serras, sertões e mares...acho mesmo um paraíso.

      Um forte abraço!

      Excluir
  6. Lúcia, que lugar lindo! A postagem ficou primorosa. Imagino o trabalho para reunir tantas informações e imagens. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Ceres, levo um pouquinho mais de tempo, quando tenho de enveredar-me nas pesquisas, para o texto e ilustrações. No entanto, o prazer é tão grande, que não considero "trabalho".
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  7. Oi, Lúcia, que capricho de postagem...simplesmente maravilhosa e simplesmente perfeita.Ao ver tanta beleza fiquei emocionada e orgulhosa de tanta riqueza ambiental,mas, ao mesmo tempo, senti um aperto no coração de pensar na responsabilidade social que nos cabe como cidadão na escolha de nossos representantes políticos que possam realmente ter a consciência devida para defender os interesses de preservação e desenvolvimento sem destruir a beleza intrínsica da região.Dá vontade de colocar numa redoma.
    Ressalto a figura do padre poeta e de seu maravilhoso soneto.
    Parabéns!
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho uma semana toda, para reunir todos os elementos de que preciso. Com um pouco de didática e muito amor, fico feliz com o resultado. Aproveito para "tocar" um tantinho, na conscientização, trazendo alguns "senões" na beleza de cada lugar. Gosto sempre, dos seus comentários, é também colaborativo.
      O padre poeta, desperta ternura!
      Obrigada, Guaraciaba, um abraço.

      Excluir
  8. QUANTAS MARAVILHAS, COLEGA LÚCIA! FOTOS LINDAS DEMAIS. UM SHOW DE IMAGENS.
    TENHA UM LINDO FINAL DE SEMANA, COLEGA!
    AH... LÚCIA: NÃO SE ESQUEÇA DE IR A "GAM DOLLS (2)" E TRAZER O SELO DE PARTICIPAÇÃO DO MEU CONCURSO CULTURAL DAÍ, VOLTE LÁ E POSTE EM FORMA DE COMENTÁRIO NA POSTAGEM REFERENTE, O LINK PRA FICAR TUDO OK, SENÃO CÊ ACABA ESQUECENDO, OK?
    ATÉ MAIS! :)

    ResponderExcluir
  9. Querida, que beleza de post!Adoro caminhar na história deste belo Estado contada de maneira tão leve e tão densa ao mesmo tempo.Adorei passar por aqui.Estive ausente por conta das férias e das voltas que a vida dá.Serei uma visita constante aqui para conhecer e aprender.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida Eloah! Obrigada, por sua gentileza. Também andei me ausentando, no final e início de ano. Agora vamos recuperar, nas visitas mais constantes.
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  10. Que belo post !
    Nosso país tem cidades lindas e todas com suas belas histórias.
    Um maravilhoso ano para você.
    Abraços. Edna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Edna! Obrigada! É tão imenso este país, com tanta e diversas belezas, que a cada dia vê-se novidades.
      Feliz 2013. Abraços, da Lúcia.

      Excluir
  11. Linda sexta pra nós!
    Não sabe a alegria que é te-la no Espelhando!
    Adorei a materia e acredite, me senti pronta pra fazer as malas
    e conhecer as maravilhas que expoe.
    Bjins
    Catiaho reflexo d'Alma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei, do Espelhando!
      Mais ainda, da sua visita. Obrigada, apronte as malas e venha conhecer a minha terra.
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  12. caramba!se pudesse voaria agora pra lá!

    lindo é pouco. é paraiso.

    beijo minha maestra querida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que prazer, vê se torna possível a sua vinda ao paraíso!

      Meu beijo!

      Excluir
  13. Como sempre, muito, muito interessante este teu post. Fiquei a conhecer muita coisa. Não conhecia esse Padre António Thomaz e foi uma pena ele ter proibido a publicação dos seus poemas. Fiquei encantada com as dunas e também com o barco para pescar lagosta; não imaginava que fossem assim os manzuás. Sabes. Lúcia, vivi no Brasil, mas há tanto lugar maravilhoso que não conheço!!! Quando aí estava, vinha todos os anos a Portugal para visitar a família do meu marido; agora que aqui estou vou visitar a minha família e acabo ficando por Guaratinguetá e lá continuo eu sem conhecer muitos dos lugares fantásticos que o Brasil tem. Mas, aos pouquinhos lá vou eu indo...Um dia chego lá! Muito obrigada, amiga, pela história que nos dás a conhecer e também pelas belas fotos. Fica bem e até sempre. Um beijinho
    Emília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Emília. É sempre um grande prazer, tê-la aqui.
      O Pe. Antônio Thomaz, dizem, era pessoa humilde e, certamente fazia sonetos por prazer, sem ter a pretensão que muitos têm, de se tornar um "imortal" poeta.
      É pena, Emília, que não conheceu mais do país onde viveu tantos anos. Mas ainda é possível ver conhecer um pouco.
      Um beijinho!

      Excluir
  14. Agradeço a postagem sobre nosso belo Acaraú e também pela referência ao meu blog Acaraú pra recordar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Visito muito os seus blogues, Totó Rios. Nos enriquece, as excelentes matérias postadas. Sou de Fortaleza, mas me interessa a história de todo o Ceará (além da do Brasil rsrs).
      Eu, agradeço a você!
      Um abraço!

      Excluir
  15. Lúcia, minha Querida

    Fina sensibilidade do Poeta/Sacerdote, Padre Thomaz.
    Um Soneto com classe.
    No demais, Amiga, uma Documentação soberba a continuar a História que tão bem relatas.
    Parabéns.


    Beijos



    SOL





    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo SOL, como você, nosso Poeta acarauense,nos brindou com lindos sonetos. Todos, de classe, como os seus...
      Obrigada, pela generosidade nas palavras a mim dirigidas.
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  16. Mais um poeta que eu não conhecia. Um poema doído,como o destino muitas vezes o é para quem busca o pão para a própria sobrevivência. Grande Poeta. Continuo dizendo da importância do seu trabalho.Obrigada por compartilhar tanto conhecimento. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que muitos o desconhecem. Conhecem mais a avenida que leva o seu nome, aqui em Fortaleza. Outros poemas dele, que conheço também são bem doidos.
      Obrigada, Lourdinha. Beijos!

      Excluir
  17. Amiga, lindas fotos e maravilhoso soneto de um poeta, que eu desconhecia. Obrigada pela partilha e pode crer que eu adorava conhecer. Beijos com carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, rosa-branca! O poeta, até aqui na terrinha não é muito conhecido (a avenida, é!)
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  18. É um banho de beleza,poesia e história...estou indo embora com o gostinho de sal nos lábios e sacudindo das roupas e do corpo os grãosinhos de areia da praia.
    Beijão,mulher "petáculo"de amiga e blogueira maravilhosa!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, que gostou do meu banho...Venha mais, mas traga protetor solar...
      Beijo, linda cristalina!

      Excluir
  19. Senti-me perdida diante de tamanha singela beleza! A natureza abençoou e muito essa região, que você doa para nossos olhos e conhecimento, em rico aprendizado histórico.
    Obrigada! Bjs.
    Célia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certos lugares, fora da capital, são mesmo de extrema singeleza. Temos regiões abençoadas, trazê-las nos dão imenso prazer, Célia.
      Obrigada, por vir sempre e pelas palavras.
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  20. Cara amiga, fiquei aqui uma hora perdido neste passear pelas coisas que aqui nos deixa.
    Como já tenho dito, não conheço a vossa história, mas percorrendo estes momentos, encontro tantas coisas que por ai aconteceram e que tem um grande paralelo com outras que por aqui se passaram.
    Adoro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou bastante tempo! Que bom! As histórias daqui são, de certa forma, heranças das daí...Gosto, do paralelo!

      Obrigada, Manuel, por vir sempre. Um beijo!

      Excluir
  21. Excelente viagem a que nos proporcionou por estas belas paragens. As fotografias excelentes. Lindas as dunas que parecem ter sido desenhadas manualmente.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz, por ter gostado,dessa e das outras...
      Gosto de buscar as imagens (se não as tenho) e a história dos lugares. As dunas, impressionam!

      Um abraço!Bom final de semana!

      Excluir
  22. rio das garças, muito bonito!


    um abraço, Lúcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As origens dos nomes, em língua indígena, são bem interessantes e, na tradução, para o português, ficam mais "giras"...

      Beijo, Manuelinha!

      Excluir
  23. Postado na A CASA DA MARIQUINHAS

    Minhas queridas amigas, meus queridos amigos
    Encontro-me doente desde há cerca de uma semana, motivo pelo qual, desde o dia 19, raramente, e apenas por breves momentos, tenho passado pelo pc.
    Peço que me perdoem não responder/agradecer as vossas visitas, o que farei logo que a saúde mo permita.
    Embora a minha doença seja de uma certa gravidade, espero conseguir, aos poucos, ir compondo um post para o dia 14 de Fevereiro.
    Muito obrigada a todos pela vossa compreensão e amizade.
    Mariazita, 26.01.2013

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ontem, logo que li este seu comentário, fui logo à Casa da Mariquinhas. Lamento, por sua saúde estar abalada. Meus votos de pronto restabelecimento, Mariazita.
      Dia 14 de fevereiro irei lá conferir...

      Obrigada, por vir sempre.
      Um abraço,
      da Lúcia

      Excluir
  24. Amiga Lúcia,
    Mais uma linda descrição do teu Ceará. Parabéns.
    Revendo os comentário anteriores, deparei com o meu, um tanto quanto truncado. Peço que me perdoes, pois meu teclado não está lá estas coisas. rsrsrsr Já estou providenciando um novo.
    Um feliz domingo. de muita paz e saúde para ti e familiares.
    Bjs.

    À Mariazita,minhas preces por seu restabelecimento, pois sou muito devota a de N.Sra. do Perpétuo Socorro.

    Abraços.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marieta, amiga
      Obrigada, pelos elogios. Não se preocupe com o "estado" em que ficam os comentários, às vezes os meus saem quase inelegíveis. No meu caso é pela visão, teclo na tecla indevida rsrs...
      Tenha um feliz domingo, estendendo-se pela semana, a alegria.

      Muitas preces à nossa amiga Mariazita!
      Um abraço,
      da Lúcia

      Excluir
  25. Lúcia que viagem maravilhosa hoje fiz a Acaraú, mas local mais lindo!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom, ter a sua companhia, nessas viagens, Maria!
      Obrigada,e muitos beijinhos,
      da Lúcia

      Excluir
  26. Aqui tudo é sempre informativo. Uma aula completa de história. Adoro!!! As imagens e o texto estão em sincronia perfeita.
    Olha, amiga, grata por ir ter no meu cantinho a postagem sobre o Google+, pois estou cansada de receber recados sobre o sumiço do meu link...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resolvi excursionar por todo o território cearense, que conheço muito pouco. Estou aprendendo muito. Pesquiso e tento organizar o melhor roteiro.
      Obrigada, Malu.
      Beijos.

      Excluir
  27. Lucia: Fiquei maravilhado com a tua viagem guiada a uma terra com imangens tão lindas e que eu não conheço, foi a melhor aula de história que eu tive obrigada minha amiga, não conheço nada do teu Brasil só tenho visto lindas paisagens que me são enviadas por pessoas amigas apesar de ter uma nora que é Natural do Recife e as Familia ter Casa de Praia na Baia nunca fui ao Brasil.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, tê-lo aqui, Santa Cruz! É um grande prazer, mostrar as cidades cearenses. Conheço bem Recife, é uma linda cidade. Da Bahia, conheço o aeroporto de Salvador e umas poucas cidades por onde passei de carro, vindo do Rio de Janeiro para Fortaleza.

      Obrigada e um forte abraço,
      da Lúcia

      Excluir
  28. Depois de tanta informação e imagens maravilhosa acho que fiquei conhecendo Acaraú! Parece-me um local lindo!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lilá(s)! Acaraú é mesmo muito linda. Venha conhecer as próximas cidades, algumas de litoral e outras do interior, como a que vem por ai...Obrigada, por vir!
      Beijos.

      Excluir
  29. Olá Lúcia: que delícia de blog. Obrigada pela visita ao "Prata da casa". Gostei de saber que as suas raízes são açorianas. Não sei se sabes,mas os Açores são compostos por 9 ilhas. Eu vivo na maior (S. Miguel). De que ilha era o teu bisavô? Por acaso sabes?
    Gostei imenso de ver as imagens e de saber a história deste maravilhoso local.
    Bjs e sê sempre muito bem vinda ao meu cantinho
    Márcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei da "Prata da casa", Márcia. Quando gosto, sigo.
      Meu bisavô era da mesma ilha sua: São Miguel. Acho que eu escrevi no comentário que fiz. Foi um grande artista, escultor, fotógrafo, músico...Foi chamado o "mestre dos muitos ofícios".
      Obrigada, por ter vindo aqui. Volte sempre!
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir

  30. Olá Lúcia,

    Maravilhosa postagem!
    É a primeira vez que ouço falar em Acaraú e a apresentação foi perfeita. As imagens são lindas.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vera Lúcia!
      Obrigada, minha querida amiga.Há tantas belezas a descobrir...Vou buscando e mostrando...Gosto!
      Obrigada, beijo!

      Excluir
  31. Querida amiga Lúcia!

    Passando por aqui para retribuir a sua visita e deixar meu abraço e carinho. Gosto muito de visitá-la e ler seus textos.
    Beijos de luz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    POETA CIGANO – 28/01/2013

    “Poesias do Poeta Cigano”

    http://carlosrimolo.blogspot.com

    Macaé – Rio de Janeiro – Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. POETA CIGANO, meu amigo querido, é bom visitá-lo e é muito bom ver você aqui também! Adoro seus poemas!
      Preciso ir lá! Vou já!
      Um beijo,
      da Lúcia...Ceará!

      Excluir
    2. POETA CIGANO, meu amigo querido, é bom visitá-lo e é muito bom ver você aqui também! Adoro seus poemas!
      Preciso ir lá! Vou já!
      Um beijo,
      da Lúcia...Ceará!

      Excluir
  32. Olá prezada Lúcia, desejo que tudo esteja bem contigo!

    Passando para agradecer por tuas sempre tão gentis visitas e, também por sempre compartilhar postagens com belas e ricas histórias deste nosso povo.
    E também por ser um momento deveras prazeroso por cá estar, nesta tua Cadeirinha de Arruar, lendo e me encantando com teus escritos e imagens!
    Sendo assim obrigado por seguir por mais este período com a mesma e intensa amizade do anterior. Eu deixo cá também meu desejo para que você tenha sempre em teu viver esta felicidade deveras intensa, grande abraço e, até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssimo Sotinas, tudo está bem, desejando o mesmo para o amigo. É sempre um prazer imenso, tê-lo aqui. Com certeza a nossa amizade terá continuidade. Gosto muito da sua poesia.
      Um forte abraço, amigo querido,
      da Lúcia

      Excluir
  33. Que bacana seu espaço, adorei!
    estive em Fortaleza esse ano, mas uma pena, não consgui aproveitar e conhecer nem a metade do que gostaria, espero voltar e me deliciar com essas maravilhas.
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luciana, que bom que você veio agora e esteve em Fortaleza. Há muito o que se apreciar, aqui na terrinha. Tem sertão, serra, mar e povo acolhedor rsrs...Volte sempre, à Cadeirinha e à Fortaleza!
      Beijos

      Excluir
  34. Querida amiga

    Um texto assim.
    é precioso.
    Nos revela tanto
    do lugar que amamos,
    de pessoas que amaram
    estas terras,
    de canções,
    histórias
    e tantas coisas boas,
    que se conhecêssemos
    melhor,
    certamente amaríamos
    também, melhor.

    Que todos os dias
    os sonhos nasçam em ti,
    como nasce o sol pela manhã...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aluisio, querido amigo, colega e conterrâneo! É muito prazeroso ter você aqui, com uma, sempre, tão poética mensagem. Agradeço, de coração, as suas palavras. São bem verdadeiras e queridas.
      Continuemos, tendo nossos sonhos a nascer todas as manhãs.
      Beijos!

      Excluir
  35. Estoun viajando Lúcia com seus registros.Uma obra-prima muito bem contada da nossa terra,das nossas raízes,do nosso Ceará.
    Façamos tesouro desse patrimônio,não podemos esquecer disso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viaje, minha querida, pelo nosso Ceará, que tem de tudo, terra, serra e mar. Sou uma eterna viajante, carregando comigo, maravilhosas companhias, assim com você!
      Este, é o nosso mais lindo patrimônio.
      Beijos

      Excluir
  36. olá...
    vim agradecer a visita lá no Perfumes e conhecer por aqui..
    amo o Ceará.. passo as férias em canoa e lá estive este mês..
    lindas fotos também..
    beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Delicioso Perfume, adorei!
      Um prazer enorme, tê-la aqui. Canoa, é um paraíso, também...
      Venha sempre! Beijos!

      Excluir
  37. Uma viagem completa e linda e com mais conhecimentos na bagagem!
    Esse mar, esse azul,essa pesca, essa terra é mesmo um paraíso abençoado por Deus.
    Que fantastico trabalho ,Lúcia!
    Amei.
    Terno abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Busco a cidade e tudo que possa estar relacionado a ela. Algumas têm mais, outras têm menos. As do litoral, são bem mais privilegiadas, pela beleza das praias. Mas todas são belas!
      Obrigada, manu, beijos!

      Excluir
  38. Um luxo de post.O que aprendi contigo!

    Viajei contigo. Que sonho de lugar...que magia de praias...

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é lindo!! Trago o máximo que posso, para "agradar" rsrs..Volte sempre, Mona Lisa. Obrigada, pelo carinho!
      Beijos

      Excluir
  39. Você pesquisa com profundidade e nos enriquece com as informações que nos traz. Além da beleza, da história, ainda nos trouxe o poeta. Estou gostando muito desse seu novo projeto. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passo uma semana, para um novo post, exatamente para me dedicar à pesquisa. Procuro esgotar, os elementos a trazer. Tendo algum artista da terra, vivo ou não, procuro trazer, como agra.
      Obrigada, amiga. Beijinhos!

      Excluir
  40. Lúcia,
    Que lugar lindo!
    Lindos os caminhos que levam às praias, as praias, a lagoa, as dunas, os casarões... Céu, mar, vento e muita areia... Um verdadeiro paraíso!
    E eu tenho essa poesia num meu caderno antigo onde eu escrevia as que eu gostava... ainda com caneta tinteiro.
    Xêro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga. Acaraú, é linda! Tudo é lindo!
      Muito interessante, você ter essa poesia,num caderno, principalmente por estar em caneta tinteiro! Adorei saber!
      Xêro!

      Excluir
  41. As suas reportagens são fantasticas.....Fica-se a conhecer
    o principal,......e aquelas lagostas,.....meu Deus...
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Andrade!
      Imagina essas lagostas nas belas bandejas que você produz!
      Beijos

      Excluir
  42. Lá é lindo mesmo. Sabe que a arquitetura daí se parece muito com a de cá? O nosso centro histórico aqui em Santana de Parnaíba é arquitetura colonial, como essa casa do poeta tem inúmeras quase iguais aqui.
    O lago abandonado? É uma pena isso, sempre acho um desapego grande da prefeitura que poderia estar reabrindo lugares como este.
    Grande beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem, que muitas edificações antigas são preservadas. Santana de Parnaíba deve ser linda.
      Pois é, há muitos lugares bonitos abandonados, por este Brasil...As prefeituras deveriam cuidar mais dos lugares públicos, do patrimônio.

      Um beijo, Andressa.

      Excluir
  43. Oi Lúcia!
    A postagem ficou realmente primorosa e com belíssimas imagens!
    Obrigada pelas importantes informações dessa maravilhosa cidade!
    Beijos...Magda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Magda.
      Obrigada, pelas palavras. É um prazer tê-la aqui.
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  44. Olá Lúcia...!!!
    Fantástica reportagem ....!!!!
    O lugar é lindíssimo, as fotos que ilustram o seu texto convidam-nos a ir até lá.....!!!
    Gosto "deste" Brasil...(as cidades pequenas, com história que me encantam...)
    Para mim o Nordeste é "demais"....
    Adorei....!!!!

    Tive oportunidade de estar 8 dias na Baía.... É uma região de que também gosto muito... Cheguei ontem, mas já tenho saudades....!!!!
    Um abraço Lúcia

    ResponderExcluir
  45. Olá, Albertina!
    Obrigada! É mesmo lindo, esse Acaraú! Venha, quando puder!
    Sei que você já veio por Fortaleza e outros lugares do Nordeste.
    Imagino, como se encantou coma a Bahia, tudo alí é lindo.
    Volte sempre!
    Um abraço, amiga!

    ResponderExcluir
  46. Lucinhamiga

    Se hará oportunidade de ir recordar esses lugares onde já estive, palavra de honra que voltarei.

    Por agora estou a pôr a leitura e a escrita em dia e óspois falamos. Parece-me que estou a voltar ao meu estado habitual: maluco. De Maio do ano passado até há 12 dias estive completamente parvo

    Kandandos da Quel e bjsssssímos do eu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ferreiramigo...nem acredito, no que vejo...é um queijo, é um doidim...não, é meu querido ferreirinhamigo que renasce, bem disposto. Falamos óspois, sem parvarice.
      Xêro na Kel e nin tu

      Excluir
  47. Mais uma bela postagem para visualizar as belezas e historias do Ceará. Muito bom o video sobre os indios.
    Grato sempre e parabens pela dedicação nesta proposta maravilhosa de reescrever a historia.
    Carinhoso abraço amiga.
    Bom vir e sentir a beleza da historia.

    Beijo.
    Tenho uma amiga da cidade de Icapui,depois quero ver se voce ja postou sobre ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recuperando esta postagem, vi seu comentário, Toninho.
      Obrigada, seus comentários são um grande incentivo para eu prosseguir nesta "linha"... Gosto, de contar e recontar histórias.
      Conheço Icapuí,é linda. Estou seguindo uma ordem alfabética, nas iniciais dos nomes das cidades. Vai demorar mas vai chegar a bela Icapuí...

      Beijos, querido amigo!

      Excluir