terça-feira, 1 de setembro de 2015

GRANJEIRO

Do CEARÁ: cidades de A a V (LXV)

AÇUDE JUNCO, reservatório das águas do RIO SALGADO: GRANJEIRO- CE-BR...

JUNCO, foi o primitivo nome da localidade que hoje é o município GRANJEIRO. Antes de ser denominado Granjeiro, teve o nome de São Pedro do Cariri. Foi pelo decreto de número 448, de 1938 que o então distrito passou a denominar-se Granjeiro, quando era distrito do município de Caririaçu. Só pela Lei de número 3.963, do ano 1957 teve a sua  emancipação administrativa, tornando-se um município, com apenas um distrito - ele próprio: Granjeiro.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, figura no município de São Pedro do CRATO, o distrito de JUNCO. Em divisão administrativa de 1933,  figura o distrito de São Pedro do CARIRI. Assim, verifica-se que as mudanças de topônimos foram:de Junco (nome primitivo) para São Pedro do Cariri (1933) e, de São Pedro do Cariri, para Granjeiro( 1938,ainda distrito, permanecendo assim, depois de emancipado como município -1957-até hoje).

Grangeiro, está a 460 quilômetros de distância da capital do Ceará - Fortaleza. Localiza-se na região sul do estado. Limita-se com os municípios de Caririaçu, Lavras da Mangabeira e Várzea Alegre.
GRANJEIRO, distante 19 km de CARIRIAÇU, e de 450 km de
 Fortaleza, fica na conhecida, também, como 
REGIÃO DO CARIRI  
Uma bela visão de Granjeiro, com destaque para a Igreja Matriz e o Açude Junco.
Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição - padroeira da cidade.
Encerramento dos festejos para a Padroeira, Nossa Senhora da
Conceição: paroquianos acompanham, fervorosos, a  procissão !
Rua bem cuidada, árvores bem podadas, bela visão das serras...
Trabalho de urbanização em volta do Açude Junco -em 2013.
Ao longe, a Igreja Matriz, "aqui", pavimentação ao lado da 
barragem do Açude Junco - Granjeiro - Ceará - Brasil.
Recuperação do entorno do Açude Junco
Valeu à pena, esperar a pavimentação, para usufruir de lazer.
Bela paisagem do Açude Junco, no Sul do Ceará - GRANJEIRO.
Quando chove, então, é mais bonito ainda...
...e que tal,um maravilhoso Arco Íris , atravessando a montanha e o céu.. 
Assim ficou, a obra realizada no entorno do AÇUDE JUNCO - GRANJEIRO- CE
................................................................................................................

             AÇUDE JUNCO X RIO SALGADO
Linda imagem do RIO SALGADO, que banha 23 muicípios cearenses,
possui 350 quilômetros de extensão, tem NASCENTE no município 
do CRATO e a FOZ no município de ICÓ, passando pelo município
GRANJEIRO onde o AÇUDE JUNCO reserva grande volume de água...

O Rio Salgado, nasce no distrito de Limoeiro, ao pé da Serra do Araripe, no município do Crato, com o nome de Batateira. Sua bacia hidrográfica está espalhada por 23 municípios do estado do Ceará, dentre eles GRANJEIRO. Lamentavelmente, vem sofrendo DEGRADAÇÃO, em todos os municípios por onde passa, levando grandes prejuízos à população calculada em 85 mil pessoas, no ano 2012.Com a sua nascente no Crato e sua foz no Icó, tem uma extensão de 350 quilômetros.
...........................................................
NOTA:
A seguir, você assistirá a um vídeo que mostra, em  forma de protesto, cenas dramáticas, interpretadas por atores da região: um brado de SOCORRO , para salvar o RIO SALGADO!!!
.................................................................................................................
Fontes: Wikipédia; IBGE; Jornal Diário do Nordeste; Jornal O Povo; Blog Portal da Infrmação:Granjeiro/CE;Site da Prefeitura de Granjeiro.
Fotos: Panorâmio e de várias fontes citadas.
...............................................................................................................
Até o princípio do mês de outubro!..Meu abraço!  

69 comentários:

  1. Lindas fotos de um lugar bem interessante e bonito, Lúcia!
    O Ceará é um estado rico em belezas naturais...
    Gostei de conhecer hoje Granjeiro!
    Um beijo e felicidades em Setembro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Granjeiro é bem interessante, esse Junco é uma maravilha!
      Obrigada, Anete, volte sempre!
      Beijos!

      Excluir
    2. Voltei e deixo aqui p você um ABRAÇÃO...
      Boa tarde, Lúcia, e tudo de bom...

      Excluir
  2. Belas fotos de Granjeiro gostei desta visita guiada através das belas fotos.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou sempre guiando quem vem, com muito prazer, Francisco Manuel. Obrigada, um abraço!

      Excluir
  3. Retornando ao blogspot é uma imensa satisfação também visitar seu espaço rico de conhecimento e cultura nossa terra querida. Imagens belas e video muito revelador pra quem não sabe ou não conhece ainda a problemática da seca que reside em nosso sertão.Abraço fraterno,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bergilde, voltando à terrinha, vendo que Granjeiro tem belas paisagens mas também sofre com os efeitos da seca e da degradação do rios. Meu fraterno abraço!

      Excluir
  4. Quanta beleza nestas postagens Lúcia!
    Gostei muito de conhecer esta cidade, cheio de recantos bonitos.
    Uma ótima tarde!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Mariangela, que você gostou...são mesmo recantos bonitos! Beijos!

      Excluir
  5. Os adjectivos que a Lúcia usa para descrever a cidade de Granjeiro revelam que gosta muito da cidade. Porque o rio se chama Salgado, sabe?
    Beijinhos, uma doce semana
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há como não usar adjetivos apropriados, ao se descrever o que se ama: todo o território cearense é bem mais amado que os demais brasileiros rsrs, Ruthia querida!

      Quanto a chamar-se Salgado, contam-se que que vem de um manancial mitológico de três pedras que jorram águas de uma lagoa encantada pela "mãe das águas" da Chapada do Araripe (cordilheira serrana da região) que anuncia que um dia seu ímpeto desaguar no vale e transformar o SERTÃO em MAR.
      Há muitas lendas, por essas paragens!

      Beijos!

      Excluir
  6. Lugar muito lindo. Será bom se continuar assim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continuar bonito, é o que mais se deseja...Mas, quando um rio é degradado assim...há muito o que pensar do futuro !

      Excluir
  7. Que representação bem bolada Lucia, parabéns ao grupo.
    O açude é mesmo uma benção neste chão onde o calor é severo e cada um mais interessante que o outro. Uma marca no Ceará.
    Mais um passo nesta linda saga querida amiga.
    Um Setembro de alegrias e paz.
    Linda esteja sua semana.
    Meu carinhoso abraço.
    Beijo de paz no coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei, Toninho, nos tocando profundamente, grandiosa interpretação, merecendo parabéns! Lí por aí, que são mais de 300 açudes, distribuídos nas 23 cidades cearenses, por onde corre o "muito doente" Rio Salgado.Mas parece que a consciência da população vem ficando mais atenta...
      Obrigada, amigo, volte sempre...meu afeto, num beijo e num abraço!

      Excluir
  8. A cada nova "reportagem- pesquisa" que você, Lúcia desenvolve em seu espaço, blog, é um aprendizado verbal e visual diante de fotos fantásticas que registram com propriedade seus textos que prendem nossa atenção! Excelente o seu trabalho! Parabéns!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. À cada pesquisa,sobre mais uma cidade, encontro realidades de grandes riquezas, muitas comuns, outras diversas...trazendo o que considero mais importante, interessante. Assim, vou avançando no alfabeto - de A a V...Professora, é assim, não foge da didática e da motivação (senão, a aula não atinge o objetivo: você sabe, Célia!)...
      Obrigada, meu abraço!

      Excluir
  9. Linda como sempre a sua descrição. A cidade de Granjeiro pelas fotos que mostras é encantadora.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo Élys, obrigada, mais uma vez, pela gentileza! Fico feliz, que assim seja: mostrar e agradar!
      Um forte abraço!

      Excluir
  10. Oi, Lúcia, quando a gente vê cidades tão amenas e de belezas tão singelas, é difícil pensar na tristeza da degradação que põe a perder tanta graça de paz...fiquei surpresa que numa região como a do Cariri, tida como uma das mais férteis pudesse acontecer a destruição de um rio dessa extensão. Contundente a apresentação da morte de um rio , fonte de vida para tantos municípios. E assim, infelizmente pelo Brasil todo esta fúria de apropriação predatória dos recursos naturais. O que fazer quando não se inclui a Educação com prioridade nas mentes dos governantes e planejadores.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Principalmente no mais distante interior, encontramos essas belezas mais singelas, com vida tão amenas.Aí, vem o contraste que fere o que é bom, positivo. O grande problema, é que esse extenso rio, o Salgado, passa por grandes cidades como Juazeiro do Norte e tantas outras que tem saneamento precário, quando tem... Nos últimos anos, é que vem ocorrendo esse alerta, à população. Realmente, o fator preponderante seria a Educação que é tão ou mais precária que a Saúde Pública.Ah! os governantes! ...estão mais para DESgovernantes! PENA!
      Meu abraço, Guaraciaba!

      Excluir
  11. Estive aqui ontem. Li e comentei esta postagem. Mas a primeira vez o comentário desapareceu e à segunda não tive a certeza de que tivesse entrado. Por isso voltei hoje.
    A cidade me parece muito bonita. Curioso o nome inicial ser junco, como aliás ainda se chama o Açude. Será porque as margens do açude eram férteis em junco? Gostei muito do vídeo. Mas fala de salvar o Rio Salgado. Mas pela foto do rio ele parece estar óptimo.
    Um abraço e vamos a ver se este entra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois, é Elvira, muitas vezes deixo de registrar comentários, inclusive no seu SEXTA FEIRA, devido a esses "sumiços"...já vi que ocorre mais nos "blogspot"...Que bom que apareceu!
      Em muitas regiões aparecem arbustos de "junco", nessa, onde está o açude, provavelmente havia muito junco.
      Quanto a foto do Rio Salgado, essa ´"salvei" da Wikipédia e não sei a data. No entanto, como o rio é extenso, tem 350 quilômetros, percorrendo 23 cidades, possivelmente, onde a precipitação de chuva é maior (quando é período chuvoso) o volume de água fica mais abundante e açudes "sangram", ou seja: transbordam, na barragem!.
      Obrigada, meu abraço!

      Excluir
  12. Oi Elvira,
    Aqui a cana acabou com tudo. Os hospitais lotados pela queima. Isso porque é proibido.Adorei o vídeo( quanto socorro).
    Beijos
    Dorli Ramos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou a Lúcia..mas, tudo bem, gosto de Elvira, Dorli rsrsrs...!
      Tão simples, preservar...é lamentável assistir à destruição dos mananciais...
      Beijos!

      Excluir
  13. Ouvi o vento e a música
    Procurando um porto na madrugada
    Ouvi a chegada de um navio
    Julguei sentir uma voz amada

    Meu Armando, meu amor...
    Uma criança jogando lama ao meio dia
    Embrenhada e perdida na alma
    Com rimas colorindo pálpebras de nostalgia

    Doce beijo

    ResponderExcluir
  14. Ouvi o vento e a música
    Procurando um porto na madrugada
    Ouvi a chegada de um navio
    Julguei sentir uma voz amada

    Meu Armando, meu amor...
    Uma criança jogando lama ao meio dia
    Embrenhada e perdida na alma
    Com rimas colorindo pálpebras de nostalgia

    Doce beijo

    ResponderExcluir
  15. Lugares belos e inspiradores... Quando criança meu pai sempre falava desses lugares. Ele veio pra São Paulo jovem e nunca mais voltou. Deixou muitos familiares os quais nunca cheguei a conhece-los, nem os nomes eu sei... Meu pai já se foi deste mundo, mas deixou aqui plantado em meu peito o desejo de um dia ir aos lugares que um dia foram suas raízes...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca esquecemos as raízes, estão fincadas, no mais profundo de nós!. Mantenha esse desejo latente e venha conhecer os lugares das raízes que também são suas, poeta, contista...

      Excluir
  16. Oi Lucia passando para lhe desejar uma semana de paz com alegria e que Deus lhe abençoe sempre.
    Um abração.
    Beijo de paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Toninho, obrigada,ela visita !
      Tudo de melhor, pra você, na Graça de Deus!
      Meu abraço e beijo fraternos!

      Excluir
  17. Uma receita para o mundo. Aqui está o paraíso. A importância da agua sem manifestantes claro.
    Saudades da chuva e de chapinhar nas poças de água.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho um prazer enorme, em divulgar minha terra! Sendo professora, uso um pouco de didática, para uma melhor apreciação.Goste, de saber das suas "Saudades da chuva e de chapinhar nas poças de água"...Beijo!

      Excluir
  18. Saborosa Reportagem num Mundo que te (Vos) está próximo. Sempre preciosas as tuas "receitas" de viagem.

    Beijos
    SOL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje, com a moderna aviação, estão mais próximos Portugal & Brasil:venha cá, para o "vosso" (seu) deleite!
      Obrigada, SOL,
      beijo,
      da Lúcia

      Excluir
  19. No embalo da tua fina


    Às vezes é preciso acordar o silêncio da memória
    Ou esperar pelo adormecimento inadiável
    Com o gesto sereno e demorado da ternura
    Com o acordar do amor rompendo o improvável

    Passei para te desejar um radioso fim de semana

    Doce beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...embalo doce! Obrigada, Profeta...Poeta!...doce beijo!

      Excluir
  20. Bom dia de domingo ,vim te visitar deixar um
    abraço pelo seu carinho, e amizade, mais uma
    vez elogiar o que sempre tem de bom por aqui
    Que sua semana comece cheia de alegria e muita paz

    Bjussss

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa semana, Rita!...só vi agora, o seu comentário...obrigada!
      !Muita paz...beijos,
      da Lúcia!

      Excluir
  21. Adorei o texto as fotos e todas as sensações que esta bonita reportagem despertou dentro de mim.
    Adorava poder visitar essas terras de além mar....mas fico-me pelo sonho...

    Beijinho meu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Cristina, fico feliz que assim seja: venha...realize o sonho!
      Beijo!

      Excluir
  22. Venho um poco atrasado, mas um problema que não sei resolver, é o culpado disto.
    Todos os amigos que me seguem e eu sigo desapareceram do meu Blogue e não sei como recuperar, mas vou tentar.
    Li e fiquei encantado, como sempre.
    Estas viagens pelo tempo e pela hoistória me fascinam.
    Breve volto para saborear mais e mais toda a esta lição.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  23. Sempre bem vindo, não importa o atraso!
    Lamento o ocorrido, já aconteceu por aqui e pedi ajuda ao Blogger e foi resolvido...demorou!!!!
    Venha sempre que quiser, Manuel! Obrigada, pela gentileza. Meu abraço...

    ResponderExcluir
  24. Olá amiga, maravilhosa postagem que adorei. Fotos lindas e texto uma lição para quem não conhece assim como eu. Beijos com carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, amiga...obrigada, por apreciar!
      Carinhoso beijo.

      Excluir
  25. OI LÚCIA!
    VIM LENDO E OLHANDO AS FOTOS DE TEU POST, ENCANTADA PELA BELEZA DO AÇUDE JUNCO E PENSANDO QUE POR AI HAVIA PRESERVAÇÃO, MAS, AO FINAL VEJO NO VÍDEO OS PROTESTOS CONTRA A DEGRADAÇÃO DO RIO E FIQUEI TRISTE, PORQUE O DESRESPEITO A NATUREZA OCORRE EM TODO O BRASIL, INCLUSIVE EM LUGARES QUE DEVERIAM SER VERDADEIROS SANTUÁRIOS PELA BELEZA E IMPORTÂNCIA QUE TEM FRENTE A VIDA.
    SEMPRE UMA DÁDIVA VIR AQUI AMIGA.
    ABRÇS
    -http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, Lani...! ..fui mostrando imagens do Rio Salgado onde ainda é possível apreciar a sua beleza...no entanto, por passar por grandes cidades, nos seus 350 quilômetros de percurso, encontra a falta de saneamento básico, além da falta de zelo da população que o polui, lamentavelmente.
      Meu abraço!

      Excluir
  26. Lúcia, que bom vir aqui, você nos dá uma verdadeira aula. Ficamos conhecendo muitos lugares e fatos desconhecidos...
    Grande beijo, amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Shirley, é obrigação de professora e cidadã que ama a sua terra, levando-a longe...
      Beijinhos!

      Excluir
  27. Quem não conhece, tal como eu, fica com uma ideia da cidade.
    Obrigado pela sua visita. Volte sempre.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procuro fazer um panorama geral de cada cidade que "mostro", Portela! Obrigada, meu abraço.

      Excluir
  28. Junco é uma planta que vive nas margens dos rios e outros sítios húmidos e terá sido essa a razão de darem a este local o nome inicial de junco, já 'rio salgado' é estranho, pois o mar é que é salgado, mas deve haver uma boa explicação para tal.
    Agora a Lúcia escreveu que o rio 'vem sofrendo DEGRADAÇÃO, em todos os municípios por onde passa'. Pelas fotos não dá para perceber isso e como acima há uma foto a cuidar da rua fico mesmo com a ideia que pelo menos o município de Granjeiro é limpo e não limpam só por onde passa a procissão! ;-)
    A foto com o arco-íris é muito bonita.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente por essa razão, que o lugar foi chamado de Junco, originalmente, e o mantiveram no afluente do rio Salgado. A degradação ocorre por toda a extensão do rio, pela falta de saneamento básico das grandes cidades, com população grande.É possível imaginar-se que um rio está livre da poluição pela sua aparência em determinadas passagens. O rio Salgado tem 350 quilômetros de extensão...
      Quanto a chamar-se Salgado, provém da lenda da "mãe das águas" figura mitológica do sertão, que ANUNCIAVA que o "SERTÃO VAI VIRAR MAR ". Segundo a lenda, a água do rio jorrava de três pedras que formavam o berço da "mãe das águas", na Serra do Araripe, no sertão nordestino.
      Meu abraço, Paula!

      Excluir
  29. Também demorei muito , mas, finalmente cheguei, Lúcia. Estive a ler sobre a cidade de granja e gostei muito das igrejas, dos açudes e cachoeiras; lugares de facto aprazíveis. É pena que o Ceará sofra com falta de água, havendo tanta na natureza.
    Granjeiro também é uma cidade muito bonita com muito verde. O facto de ser uma cidadezinha muito limpa e cuidada não quer dizer que os rios o sejam; muitas vezes para que as ruas fiquem limpas o lixo vai para o rio. Temos aqui um rio, perto da cidade onde nasci e para onde íamos , na nossa adolescências, tomar banho; com o passar dos anos, com a evolução, com a maior educação do povo o rio passou a ser uma lixeira; Já se fez há uns poucos anos uma despoluíção ao rio e agora está melhor, mas nada do que era. Parece que quanto mais formação se dá ao povo, pior. Ele tem preguiça até mesmo de telefonar à autarquia ( prefeitura ) e pedir para vir recolher ( aqui isso é possivel ) todo aquele lixo que não pode ir para cpontentores ou dia a dia no camião do lixo, como por exemplo, móveis velhos, colchóes, etc, etc. É mais fácil jogar no rio e assim a lixeira saíu de casa e foi sujar o " desgraçado " do rio Ave. Felizmente que nas nossas escolas estão incentivando muito as crianças a fazerem a separação dos lixos e essa é a nossa esperança. Em qualquer canto da escola há pequenos baldes com sacos de cores diferentes para que elas aprendam que o verde é para colocar o vidro, o amarelo para o plástico e lata e o azul para o cartão. Também nas cidades, há contentores ( três juntos com a cor correspondente ) para que os habitantes coloquem lá o vidro, plástico e cartão. Há também alguns para que depositemos roupas usadas, devidamente embaladas em sacos para que sejam depois entregues a instituições.Aos poucos os governantes vão criando os meios para que o povo faça a sua parte na preservação do ambiente. Neste aspecto as nossas cidades, mesmo as aldeias têm melhorado muito e assim o povo não tem desculpas. Mesmo assim, Lúcia, há muito lixo por toda a parte, principalmente ao lado das estrados nos terrenos baldios.muito obrigada, amiga, pelas belas fotos e por toda a informação dada sobre as belezas do nosso querido Brasil ( tão maltratado agora ). Tenho a certeza que todos estes problemas vão passar e o povo brasileiro vai ter o país que merece. Dia 27 de Novembro vou de novo aí visitar os meus pais e passarei o Natal. Os meus filhos e netos também vão, mas só 15 dias aproveitando esse período que as escolas dão de férias de Natal. Amiga, já me alonguei demais e já deves estar cansada de me " ouvir ", mas....tenho dificuldade em escrever pouco. Bom fim de semana e um grande abraço.
    Emília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava com muitas saudade suas, Emília. O bom, é que quando você vem permanece aqui o tempo suficiente para "matar" essas saudades: obrigada!
      Pois é, amiga, quando é que as pessoas vão entender que mantendo-se a casa limpa, a rua limpa, a praça limpa e..principalmente os RIOS LIMPOS, vai-se ter melhor qualidade de vida que, além da boa saúde vai tornar tudo tão mais belo, tão mais feliz? Já encontramos, em vários municípios, projetos de conscientização para manter a cidade limpa. É lamentável, que seja um trabalho de "formiguinha". A gente sabe que, a base de tudo, é a educação na mais tenra idade, tanto na família quanto na escola.
      Que bom,Emília, que já está pra vir ao Brasil novamente passar uma temporada...seja bem vinda!
      Meu forte abraço, amiga! Obrigada, por ter vindo!

      Excluir
  30. Voltei para ver as novidades.
    Mas só agora li que volta a publicar no princípio de Outubro. Falta pouco, é para a próxima semana...
    Lúcia, tenha um bom domingo e uma boa semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  31. No início do blog, publicava semanalmente: eram postagens mais simples. Como passei a elaborar esse seriado, CEARÁ de A a V, tornou-se necessário dispor de mais tempo: passou a ser mensal.
    Obrigada, Portela, bom domingo e boa semana...meu abraço!

    ResponderExcluir
  32. Obrigado por mais este passeio maravilhoso, adorei conhecer Granjeiro.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Maria, que gostou do passeio....Obrigada, pela companhia!
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  33. Maravilohoso lugar, dá uma nostalgia adorei o passeio por esta cidade linda.
    beijinhos

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como as suas maravilhosas plantinhas, Simone, que encantam tanto! Beijos...

      Excluir
  34. "Peguei" na cadeirinha da casa da Beatriz e pu-me a caminho!
    E não , nunca é supresa querida amiga! Aqui respira-se ar puro nas fantasticas imagens que se "sente". Interessante que hoje, pareceu-me estar mais em casa , não fosse a cor da terra. Mas aqui também há zonas assim. E como gostei de Granjeiro e passear na sua companhia!
    Carinhoso abraçoo , Lúcia!
    (..e parabéns!! ) :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Manu, a nossa querida Beatriz postou, como sempre, um poema delicioso...(depois de um bom tempo - estava com saudades!) Muitos dos lugares, daqui, lembram muito Portugal!
      Eu também que agradeço, com carinho, a sua com querida companhia.
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  35. Oi Lúcia! Passando para me deliciar com mais um passeio turístico que sempre nos proporcionas, desta feita, pelo belo município de Granjeiro. Belo vídeo! Lamentavelmente a degradação está em toda parte.

    Fiquei feliz com a tua visita e teu amável comentário com tão belas palavras, deixadas no nosso Arte & Emoções, quando da passagem do dia do nosso aniversário, meu e dos meus filhos. Muito obrigado de coração. Vou ficar aguardando o bolo dos teus 37 aninhos. Rsrs.

    Beijos e muita saúde e paz para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Furtado! Pois é, o bolo (e dos filhos) do seu aniversário de 37 aninhos, estava delicioso. Nos meus - 37 aninhos - não não farei festa, estarei viajando!...mesmo assim, agradeço desde logo, a lembrança! Obrigada, por ter vindo conhecer Granjeiro, é mesmo belo!
      Beijos, muita paz e saúde à família,
      com você no meio!

      Excluir
  36. Linda aula, lindo te ler,ver e aprender!
    Tens uma atenção ímpar para com todos os que por aqui comentam, li alguns comentários e fico assim interagindo com essas suas belas postagens, nem dá vontade de sair daqui!
    Abraços amiga Lúcia, professora que ama o lugar onde mora e com isso nos proporciona esse imenso prazer e vontade de ir aí conhecer, lindos lugares!

    ResponderExcluir