quinta-feira, 6 de junho de 2013

BAIXIO

Do CEARÁ: cidades de A a V (XXI)
Garças, em Baixio- Ceará... (foto: Cinézio Ramalho)
O topônimo BAIXIO foi dado à cidade devido a acidentes geográficos caracterizados por áreas inundadas e submersas. Sua primeira denominação foi mesmo Baixio, porém, com a transferência de sua sede, passou a ser chamada de Umari e, com mais uma mudança de sede, passou a se chamar Alagoinha (hoje denominada Ipaumirim) e, desde 1932, voltou a se chamar BAIXIO... (Quantas mudanças!!!...).
Localizada onde antes habitavam os índios Kariri, surge como um núcleo urbano a partir de uma fazenda de gado do Coronel Liberalino José de Carvalho e, com a abertura do ramal Rede Viação Cearense (RVC) para o Estado da Paraíba no século XX,  consolida-se ,na época, como o centro urbano mais populoso da região. Durante muito tempo, teve a sua economia impulsionada pela grande safra do algodão... mas, devido à  proliferação do Bicudo (besouro-praga) por volta dos anos 1970, este cultivo praticamente extinguiu-se.
BAIXIO surgiu, portanto,com os trilhos da antiga RVC que ligava, à época, o Ceará à Paraíba. Os trabalhadores da estrada de ferro juntavam-se aos moradores da área criando um conglomerado de casas de morada e ruas brotando finalmente o povoado. Entretanto, o precursor foi o fazendeiro, já citado, que desde 1883 já aquelas terras, então pertencentes a UMARI. Na realdade dos fatos, porém, foi o trem que deu nova movimentação ao lugar. BAIXIO cresceu de tal forma que suplantou UMARI, passando então a sediar a área. O destino, então, aprontou das suas e, o que ocorreu com UMARI, em relação a  BAIXIO, aconteceu em relação a IPAUMIRIM(ex Alagoinha) que passou a ser sede do município, tendo como distritos Baixio e Umari.
Após toda essa alternância de independência política, no dia 30 de julho de 1932, BAIXIO conquistou, em definitivo, a categoria de município, desmembrado-se de Ipaumirim. 
Limítrofe, a Leste ,com Santa Helena (Paraíba); a Oeste com 
Lavras da Mangabeira; ao Sul com Ipaumirim ; a Norte, com
Umari... BAIXIO está a 415 quilômetros de Fortaleza-CE.
Bem à frente da Matriz, à direita, vê-se a Estação Rodoviária
Antiga Estação de Baixio, com a "Maria Fumaça"...
Estação Rodoviária de Baixio, da RVC...
Montanhas, açude, Igreja Matriz, Estação ainda de pé...
Foto semelhante a anterior, com a Estação "inteira"...
Segundo informações, atualmente. só funcionam trens cargueiros.
Em 1965, eu estive em Baixio, vindo de Fortaleza de trem.
Igreja Matriz São Francisco das Chagas - BAIXIO -CE - BRASIL.
A Praça da Matriz é bem arborizada..
Interior da Igreja Matriz São Francisco das Chagas, de Baixio...
Dia 4 de Outubro, dia do Padroeiro de Baixio...dia de Procissão...
Paroquianos, louvam o seu Padroeiro...São Francisco das Chagas
A religiosidade, do povo de Baixio, é bem  patente...Mutos fieis
costumam vestir hábito marrom, semelhante ao de São Francisco.
Um "gostoso" dia de chuva, em Baixio...(clique na foto)...
....................................................................................
AÇUDE JENIPAPEIRO ....
O Açude Jenipapeiro, localizado nos municípios de Baixio e Umari, no Estado do Ceará, é uma das mais novas barragens ali construídas. A sua capacidade é de 43,4 milhões de metros cúbicos. Há notícias, divulgadas nos jornais, que a sua já foi concluída mas, que devido a alguns "embargos" não se procedeu à inauguração oficial...








Foto: Honório Barbosa ( Jornal Diário do Nordeste).
NOTA:
Nas minhas pesquisa sobre o Açude Jenipapeiro, tomei conhecimento, em artigos de jornais, que há muitas "polêmicas" sobre  "erros" na construção  e sobre as indenizações propostas aos  proprietários de terras do local onde foi construído açude.
Embaixo  dessa última foto, acima, do jornal  Diário do Nordeste, está escrito:
"Açude Jenipapeiro foi construído, mas proprietários questionam valor da indenização". 
Todas as notícias são de 2012. Não se encontram notícias recentes. Quem tiver notícias,sobre o Açude Jenipapeiro, deixe comentário, por favor. 
..............................................................................
UM FILHO DE BAIXIO...(quando se chamva UMARI...)
O casal, Maurício e Margarida, aguardando os convivas...
para a comemoração de  sua Boda de Ouro...

Maurício Crispim Bezerra, nasceu em Umari (depois Baixio), no dia 11 de Março de 1929. Aos 11 anos de idade, é matriculado no Seminário do Crato, onde permanece por 10 anos, retirando-se, porém, dois anos antes da data em que deveria ser ordenado padre. Voltou a Baixio, para logo mudar-se para Fortaleza, junto à família, e passar a trabalhar com um tio em uma carpintaria. Pouco depois, ingressou na Faculdade de Filosofia da Universidade Federal do Ceará. Com a formação acadêmica da faculdade e os conhecimentos adquiridos no seminário, passou a lecionar Português, Latim e Grego, em escolas de Fortaleza. Paralelo ao magistério ingressou, por concurso, no então Correios e Telégrafos, da capital cearense, onde alcançou a função de Diretor Adjunto.Foi quando conheceu a Margarida, com quem se casou, após 2 anos de namoro, no dia 19 de Março de 1963. Já aposentado, foi com a esposa, em 1996,  para Ipaumirim onde se tornou Tabelião do Cartório local. Após 10 anos, deixou o cartório e o casal retornou à Fortaleza. Maurício e Margarida possuem três filhos e quatro netos.

Tendo o Maurício, meu cunhado, nascido em Baixio (que, à época, chamava-se Umari), não tive a menor dúvidas em prestar-lhe esta singela homenagem. Ele merece: pelo homem de valor que é, pela cultura que possui e pela alegria que irradia, do alto de seus 84 anos de vida, sendo que, 50 desses anos, unido  à nossa família, pelo enlace matrimonial com a minha irmã Margarida. 
 
Maurício, esposa, a neta Yandra e o filho com Ingrid nos braços
Familiares e amigos numa bela manhã ensolarada...em Fortaleza.
Todos atentos aos discursos em homenagem ao casal ...
Maurício, emocionado, discursando ao lado da esposa da neta...
A festa de Bodas de Ouro, realizou-se no sítio de um seu irmão. O 
  sítio, em temos idos, pertenceu  aos seus  pais,Sr.Luis e Dona Ester.
Maurício, com a sua Margarida e seis de seus sete irmãos...
Maurício, com a Margarida e as duas cunhadas, Lúcia e Zélia...
Parabéns, Maurício e Margarida, pelos 50 anos de feliz união!
Renovando as promessas do casamento, nas Bodas de Ouro...
Com o padre celebrante, após a missa  de casamento renovado...
Que venham muitos anos mais, de FELICIDADE, meus irmãos!
................................................................................
Fonte: Wikipédia; IBGE; Portal de Baixio; Rede Ferroviária Brasileira
Fotos: Google; Panoramio; Arquivo pessoal.
*******
Até quinta-feira próxima..............Um abraço!                    

105 comentários:

  1. Olá, Lúcia, boa noite! Vim, novamente, borboletar pro aqui, desta vez alçando voo para Baixio e conhecendo u pouco mais do seu estado. Parabéns pelo excelente trabalho, bem pormenorizado, e pelas Bodas de Ouro da Margarida e do Maurício. Que Deus abençoe sempre esta união!
    Bjs, Isabel

    http://isabelborboletando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Isabel, bom dia!
      Seu borboletear por aqui, muito me agrada.
      Vale à pena, conhecer Baixio, é um bela cidade.
      Obrigada, pelos elogios e parabéns pela postagem.
      Transmitirei ao casal, o seu cumprimento
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  2. Vim ler suas impecáveis postagens e agradecer a gentil visita!
    Aprendo muito com tudo por aqui! Parabéns, Lúcia!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Magda. Sempre que puder estarei a lhe visitar.
      Que bom, que passo ensinamentos, fico feliz.
      Beijos!

      Excluir
  3. As imagens são lindas. O texto impecável como sempre!
    Um aulão de primeira. rs rs.
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, que gosta, Paulo Francisco!
      Com esta minha "didática", a postagem se transforma em aula, sendo esta a minha intenção, sendo eu professora rsrs...
      Um beijo, amigo e obrigada.

      Excluir
  4. Oi, Lúcia, como é bonito escutar e ver histórias de famílias se entrelaçando como tramas de um tecido ou de um tapete de arraiolo compondo vidas que se multiplicam .O seu cuhado lá de Baixio pensar em uma vida religiosa e depois mudar o rumo de sua história e ir para Fortaleza e encontrar um novo caminho e cinquenta anos depois uma grande família reunida mostrando ternura em suas faces.A vida é extraordinária e a postagem explicita em fotos a alegria de uma família unida.O que me encanta é a claridade das fotos e a luz limpa e clara de lugares onde o ar não está ainda contaminado. Agora a construção que não termina...é "coisa nossa"...são coisas nossas, como diria Noel Rosa. A cidade é singela e o interior da Igreja é encantadora e todas as nossas cidades por nosso Brasil afora são retratos de um povo bem intencionado.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente por ver a beleza, nos tecido familiar e histórico que trago à tona o que considero mais representativo de um povo. Nessas tramas de composição das histórias de cada membro de uma família, formando em esse todo harmonioso, trasborda a beleza simples que nasce do amor entre os pares.
      Trouxe a "questão" da construção do açude, para mostrar que nem tudo "são flores"...são "coisas nossas" que nodoam o bem estar dessa gente "bem intencionada"...o que só se pode lamentar...
      Obrigada, amiga, um abraço.

      Excluir
  5. É uma preciosidade estas tuas descrições e sempre uma curiosidade conhecer certa toponomia :))

    Beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É imenso o prazer que tenho em descrever cada cidade, são todas personalíssimas...Obrigada, JP, beijos!

      Excluir
  6. Olá Lúcia..
    É mais um belo "recanto" desse Estado maravilhoso que é o Ceará...!!!
    Fiquei encantada com a bonita cidade de BAIXIO...!!!
    Cada pormenor que conta, cada foto que mostra, enriquece o meu conhecimento....
    Quanta coisa bonita para se visitar, para se sentir, para se viver...!!!
    Parabéns por mais este belo post e parabésn também pelas bodas de ouro da sua irmã e cunhado....
    Um abraço Lúcia.
    Tenha um feliz fim de semana
    Albertina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Albertina, parabéns pelo seu novo "visual"!
      E aí está, a primeira cidade com a letra inicial B.
      Nesta, eu já estive, no meado da década de 60. Fui (fomos) de trem, de Fortaleza a Baixio. Foi maravilhosos tomar banho de açude...não no Jenipapeiro mas num pequeno na fazenda dos pais do Maurício.
      Obrigada, amiga, por vir sempre.
      Feliz domingo, um abraço,
      da Lúcia

      Excluir
  7. Olá Lúcia,
    A beleza de Baixio é cativante, parece não ter sido tocada ao longo dos tempos.
    Deve ser um dos já não muitos paraísos espalhados pelo mundo.
    Construções por terminar por motivos justificados ou inventados, surgem em todo o lado mas, mais importante é ver a felicidade na reunião da sua família, para comemorar uma data tão bela.
    Essa sim, uma obra acabada e continuada.
    Um abraço para si, sua irmã e cunhado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo, Xico, "beleza cativante", a de Baixio. São cidades "presépios" que ainda se encontra por estes sertões, às vezes tão castigados pela seca. Quando chove "na medida", ficam encantadoras.
      Obrigada, pelos cumprimentos.
      Um abraço,
      da Lúcia

      Excluir
  8. Mais um Belo 'pedaço' para o meu arquivo....
    Maravilhoso
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fosse eu mais jovem, iria ser professora de História e Geografia. Nessas minhas pesquisas tenho ficado fascinada com tantas belas histórias e lugares.
      Obrigada, Andrade.
      Beijos

      Excluir
  9. Oi flor!

    Mais um lindo lugar do interior que tanto nos agrada conhecer através da sua postagem!

    Amei!!!

    Beijos

    Selma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Selma, tão bom saber que se agradou também de Baixio. É mesmo uma graça! Obrigada, beijos, da Lúcia...

      Excluir
  10. Não gosto de usar “copy & paste”, mas a necessidade a tal me obriga.
    Recorro a este sistema porque é a única hipótese que tenho de agradecer, atempadamente, a todos que me acompanharam e dispensaram o seu o carinho numa data para mim tão importante. Não tem a mínima importância que alguns de vós não tenham vindo no próprio dia. No dia seguinte ou nos seguintes tem, para mim, igual valor. A vossa amizade é-me preciosa, SEMPRE.
    Como se mete agora um fim-de-semana comprido (feriado dia 10 de Junho - «Dia de Portugal»), só na próxima semana começarei a visitar cada um separadamente. Mas não deixarei de o fazer a todos.
    Entretanto deixo um GRANDE “Obrigada”!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há problemas, Mariazita, a gente entende. A sua postagem, muito me comoveu. Nesses momentos, em que a saudade se torna intensa, as datas que nos "marcam", só nos resta a homenagem aos nossos entes queridos.
      Parabéns, a Portugal e aos portugueses. Aguardo você.
      Obrigada, por vir.
      Beijos

      Excluir
  11. Parabéns à mana e ao cunhado pelo aniversário dos 50 anos de casamento.
    Depois é mais uma postagem que nos mostra um pouco do seu Brasil. Curiosas as semelhanças da antiga estação com as nossas que hoje estão também quase todas desativadas.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Evira. Transmitirei ao casal, seus parabéns.Obrigada, pelas palavras sempre tão elogiosas e amigas. As estações, são bem semelhantes com as portuguesas. Lembro de algumas que aí vi. O "destino" delas, são sempre dois: para centro culturais e ficarem em ruínas, pela falta de conservação.
      Meu abraço

      Excluir
  12. Oi, Lúcia! Sua família é mesmo especial. Que bom ver um casal fazendo Bodas de Ouro! Qualquer hora, você poderia fazer uma postagem com suas histórias sobre Goa. Deve ter muito a contar. Fiquei interessada porque nunca estive nem perto de lá. Agora, uma pergunta meio boba: todas as cidades daí têm um açude? Antes eu pensava que eram uns poucos açudes no estado inteiro, mas já vi tantos no seu blog, que estou começando a pensar que existem muitos. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Ceres,você sempre assídua aqui, me prestigiando. Obrigada! Penso muito, em escrever sobre Goa aqui. Mas é um tema que ainda me toca (pela "partida" do meu goês, há menos de dois anos. Por enquanto você pode ver postagens antigas na Travesa do Ferreira (Ferreiramigo) que é casado com a Raquel, que é goesa. Veja lá.
      Quanto aos açudes, existem em todas as cidades, os pequenos. Já as grandes bacias são bem menos, mas são inúmeros e muito bonitos...(eu acho!)...
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  13. Oi Lucia!Muito interessante a história dessa cidade e confesso que não conhecia.Um lugar gostoso pra se morar.Linda a homenagem a seu cunhado tb!bjs e obrigada por sua visita sempre tão amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Anne. Essas cidades são sempre encantadoras. O que causa tristeza, nessas cidades do sertão, é quando ocorre um grande seca. Torna-se quase insuportável, às vezes, principalmente para os mais necessitados, com poucos recursos. Meu cunhado merece, é mais um irmão que tenho.
      Obrigada, amiga, beijinhos!

      Excluir
  14. Gostei demais de conhecer Baixio!
    Puxa, lindas histórias você nos contou, Lúcia. Bonita festa de Bodas de Ouro, PARABÉNS p eles! Gostei também de vê-la nas fotos...

    Um beijo e feliz final de semana...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, querida amiga Anete. Trago as histórias que mais me sensibilizam, que tragam significados na minha vida. Pelo prazer que tenho ao contar, creio que pode interessar aos leitores. Obrigada, por tudo.
      Feliz final de semana. Beijos!

      Excluir
  15. Quanto há por conhecer e se aprender... E, com uma "mestra" como você, Lúcia, o aprendizado torna-se leve e gratificante. Fotos, textos, homenagens e celebrações familiares muito comoventes. Uma 'união' dessas é abençoada por Deus.
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As histórias, não tem ponto final, são infinitas. Há sempre o que contar...Obrigada, Célia, por estar sempre aqui, a me prestigiar, com o seu sereno carinho.
      Um beijo,
      da Lúcia

      Excluir
  16. Oi Lúcia :)
    Que cidade mais bonitinha,
    e até venceu o Dia do Desafio desse ano!!
    Gostei de ler sobre ela.
    Até a próxima semana \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bonitinha, sim! Esta, eu conheço "in loco"...fui lá há muitos anos, década de 1960, partindo de Fortaleza de trem, com parte das pessoas que aí estão, nas fotos. A estação de Baixio, ainda recebia trem de passageiros.
      Até a próxima semana, Clau,
      beijos!

      Excluir
  17. Oi Lúcia

    Linda a história da cidade, a minha também é pequenina e felicidades para o casal pelas bodas de ouro.
    Um beijo
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, minha querida Dorli. A minha, já foi pequena, era tão bom, quando criança...Agora, está imensa!
      Obrigada, pelo carinho, nas palavras.
      Beijo,
      da Lúcia

      Excluir
  18. Poxa vida! Já pensou morar em uma cidadezinha cercada de montanhas dessa forma?! Deve ser um clima magnífico!
    Sem falar na paz que deve ser um lugar assim, por ser afastado e ter tanta história! Delicia!

    É muita emoção essa comemoração desse casalzinho tão fofo, fui no dos meus avós e eles pareciam adolescentes na cerimônia! Adorei!

    Grande beijo para você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já pensei sim, Camila, deve ser uma delícia!
      Estive há mais de 50 anos, em Baixio. Não sei como "está a paz", por lá. A sua história, é bonita.
      Tão bom, não é, assistir à Bodas de Ouro? Emociona...
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  19. Quanta coisa interessante a ver ,mas deixo um abraço ao casal que comemora 50 anos. Lindo isso! Parabéns! beijos,chica

    ResponderExcluir
  20. 50 anos, uma vida.
    Sendo um casamento, são duas vidas.
    Como gosto de redundâncias (pleonasmos), duas vidas bem vividas.
    Um bom fim de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São duas vidas, em longa união.
      Também gosto, de pleonasmos, dá mais força!
      Obrigada, Torres, bom domingo e um abraço.

      Excluir
  21. Oi Querida!
    Fiquei feliz com o seu novo comentário. Eu nuca faco boda de nada: meu 1º marido morreu havia 14 anos de casamento, era um amor; 7 anos de viuvez, casei-me há 21 anos, um anjo de ternura. Será que aguento fazer alguma boda?kkkk
    Esse ano faço 66 anos. Quanta vida...
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ia mesmo apreciar suas excelentes postagens. Gosto muito! Pena, não ter ainda comemorado bodas. Falta 4 para as Bodas de Prata, com o seu "anjo de ternura". Vai chegar exatamente com 70 anos, a idade que tenho agora.Vocês chegarão lá...faço votos!
      Com o meu marido fiz Bodas de Prata, em 2005. Ele faleceu em 2011. A vida, aqui...continua. Quanta vida...
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  22. Oi querida
    ERRATA: na primeira linha: nunca e faço> é a emoção.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emoção, é o que não falta! Ainda bem, né?
      Beijos, amiga! Volte sempre...
      Lúcia

      Excluir
  23. Bodas de Ouro é sempre uma festa linda.
    Esta renovação de promessas é estimulante.
    Que seja funcional esta barragem para esta historica cidade e região.
    Os vicios de construção ainda estão presentes por este país amiga.
    Uma boa passagem da historia,que vc belamente partilha conosco.
    Um carinhoso abraço e bom domingo.
    Bjo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É das mais belas comemorações.
      Estimula mesmo, saber que um casal pode permanecer junto, compartilhando passagens boas e outras não tão boas, numa renovação constante das primeiras promessas.
      Obrigada, Toninho, por sua presença e palavras.
      Tenha um bom domingo e produtiva semana.
      Beijo

      Excluir
  24. Mais uma reportagem com arte e bom gosto.
    Cinquenta anos de casamento é um feito a comemorar. Hoje vive-se e descasam-se como quem bebe um trago de bom wisky.

    As cidades mudam de nome mas a alma será sempre o povo que as transforma e as enche de vida.

    Hoje continuo a agradecer as visitas e os comentários em Figuras da nossa terra de Lidacoelho.
    Votos de uma excelente semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Coelho. Seus comentários me agradam.
      Os casamentos de hoje, parecem apenas contratos, em sua maioria. Um boa comparação, a do wisky, é isso mesmo, o que ocorre. Já é procedimento natural...
      As visitas que faço em Figuras da nossa terra de Lidacoelho, são adoráveis.
      Tenha uma produtiva semana.
      Um abraço,
      da Lúcia

      Excluir
  25. Querida, apreciei cada detalhe histórico. Vc é uma perfeccionista, como eu. Grata por este momento.
    Um beijinho e um doce domingo
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ruthia, que bom você ter vindo e gostado! Procuro fazer minhas "tarefas" com muito zelo. Obrigada,beijos,
      da Lúcia

      Excluir

  26. Querida Lúcia

    E mercê dessas alternâncias, Baixio aparece-nos a estrear a letra 'B'. Apreciei as imagens da cidade, que me parece calma e intimista. É pena o problema do açude que, provavelmente, causará atrasos em termos agrícolas e económicos.

    Gostei muito de ver o seu familiar, Maurício Bezerra, filho da terra, que tal como outros elementos da sua família também com intervenção na sociedade,e ele, através do ensino e nas Comunicações.

    Gostei também de vos ver, na festa de comemoração das bodas de ouro.

    Muito obrigada por nos proporcionar a visão desses momentos tão lindos. E a menina aí tão linda!!!

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Baixio, parece, estreou bem. É uma linda cidade. Eu lá estive, há quase 50 anos...O problema do açude, desejamos que tenha logo boa solução.
      Meu cunhado, tornou-se também meu irmão, é uma pessoa formidável. Gosto dessas comemorações familiares.
      Obrigada, Olinda, por estar sempre presente.
      Um beijo,
      da Lícia

      Excluir
  27. Lúcia, a sua descrição geográfica, como sempre, deixa-nos a impressão se já não conhecemos mesmo esses lugares. Mas o que também gostei imenso, foi a homenagem aos 50 anos de casamento de sua irmã e seu cunhado. Merece alguma contemplação, confrontando o que hoje em dia se passa com o matrimónio.
    Meu abraço,
    Manuel Tomaz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto de oferecer um "roteiro" bem agradável aos "viajantes" que aqui aparecem. Aproveito a didática própria de professora para organizar a postagem.
      Obrigada, Manuel, por vir sempre e comentar.
      Um abraço,
      da Lúcia

      Excluir
  28. Bonitas fotos! E interessante a história do local.

    Que a felicidade ande por aí.
    Manuel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Manuel.
      Venha sempre, feliz semana.
      Um abraço...

      Excluir
  29. Lucinhamiga

    Mais um monumento da tua lavra! Já nem sei o que dizer-te, tal é o meu espanto e, simultaneamente, o meu enlevo. Fotos bacanas as que aqui publicaste! Por isso tens tantas Amigas e tantos Amigos e comentaristas. Bravo!!!

    Xêros da Kel & qjs

    Henrique

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido Ferreiramaigo. Gosto muito, quando aqui aparece.
      Logo mais vou à Travesa dar mas boas gargalhadas.
      Xêros na Kel e nim tu,
      da Lúcia

      Excluir
  30. Eu fiz foi uma viagem! Parece que estava com voce o tempo todo! Estou sorridente! Puxa, aquela primeira foto ficou encantadora com o voo das garças.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, ter a sua companhia, Sissym.
      Venha sempre que só me dará prazer.
      O registro do voo das garças, é mesmo encantador...
      Beijos, querida,
      da Lúcia

      Excluir
  31. Minha amiga mais uma reportagem fantástica. Meus parabéns pelos 50 anos de casamento da sua irmã e do seu cunhado, penso que todos sonhamos com uma vida em comum assim, lado a lado, nas tristezas e nas alegrias. Que comemorem muitos e muitos mais anos com saúde, paz e amor.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você sempre generosa, nos comentários e sempre presente, Maria, amiga.Obrigada...é uma grande dádiva, tantos anos de união.
      Um beijo,
      da Lúcia

      Excluir
  32. Gostei muito de ver, muito interessante.
    Muitos parabéns pela sua irmã)

    Beijinhos e boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Rita!
      Obrigada, pela presença e cumprimento
      Tudo de bom, pra você.
      Beijos!

      Excluir
  33. Acho incrível teus posts sôbre estas cidades do Ceará,as fotos,o povo,a história do lugar,parabéns por isso!Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz, Ane, que o que faço lhe agrade tanto. Obrigada.
      Beijos

      Excluir
  34. A maravilha de sempre: uma visita guiada com a sua história
    que nos preenche e as fotografias com o verde e a luz embriagantes.
    E mais um Bezerra a contibuir para a cultura de Ceará.
    Belíssimo querida Lúcia
    Um verdadeiro presente no fim deste dia!
    beijinho grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Manu, gosto tanto que aprecie essas viagens guiadas. Faço com muito prazer. A terra merece, que a mostremos ao mundo. Não poderia deixar de trazer esse Bezerra, é gente da melhor "cepa" cearense. Obrigada, amiga.
      Beijos!

      Excluir
  35. que lindos na sombra da árvore!

    beijo

    ResponderExcluir
  36. Muito obrigada, amiga Lúcia, pela sua presença na minha «CASA» no dia 6.
    Tenho bem presente que você já passou pelo menos, lembro-me perfeitamente, por isso não vale a pena dizer-lhe como a dor ainda é profunda. Aliás, estou convencida que me acompanhará até ao fim dos meus dias.
    Agora é que compreendo bem porque a minha avó materna, passados 15 anos sobre a morte do meu avô, sempre que falava nele, o que fazia quase diariamente, chorava. E referia-se a ele, sempre, como “aquele santo”. Eu não cheguei a conhecê-lo. Ele faleceu em Maio e eu nasci em Setembro seguinte, mas a minha Mãe contava que eles se davam como “Deus com os Anjos”, que eram muito felizes.
    A vida continua, não é, minha amiga? E nós, que cá ficamos, temos que prosseguir a jornada.


    Mais uma postagem óptima, com a qualidade a que vc já nos habituou: lindas imagens e texto rico em pormenores e informação.
    Beijinhos muito amigos

    PS - A minha próxima postagem será no dia 14, como habitualmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, minha amiga querida. Você sabe, que passei, e passo, pelo mesmo sentimento de perda. Lembro-me do seu conforto, aqui na Cadeirinha, quando fiz a postagem relacionada ao fato. Lembro-me que eu lhe disse, que a aceitação viria com um certo tempo. E é verdade. Mesmo permanecendo a lembrança que será eterna...
      Obrigada, Mariazita, por vir sempre, trazendo tão admiráveis comentários.
      No dia 14, estarei em sua "CASA".
      Meu carinho, num beijo.

      Excluir
  37. Querida Lúcia
    Muitos parabéns à sua irmã e seu cunhado pelas Bodas de Ouro.Também os meus pais celebraram,este ano,as suas Bodas de Safira -65 anos de casamento. Fiz-lhes uns versinhos que postei no blog, no dia 31 de março. É uma alegria! Desejo todas as felicidades ao casal Gostei de a ver nas fotos,minha jovem amiga!
    Obrigada pela visita que me fez e, por ter gostado do meu «aconchego».
    Agora, ando em viagem, visitando o Ceará,desta vez Baixio, graças à amiga Lúcia.
    Como sempre uma ótima reportagem.Só tenho pena de não poder ter informações sobre a barragem local. Mais dia,menos dia,com esta sua postagem,não vai faltar quem escreva alguma coisa sobre o assunto.A minha amiga deve ser lida em todos os continentes.
    Uma ótima semana.
    Beijinhos da
    Beatriz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beatriz, minha querida amiga.
      Você sempre presente e com tão amáveis comentários, obrigada. Quando eu for ao seu blog, procurarei a postagem do dia 31 de março.
      Que bom, que está gostando das viagens que eu tenho "proporcionado", pelo nosso Ceará.
      Essas informações sobre a inauguração do açude e a resolução dos problemas surgidos, logo logo saberemos.
      Volte sempre, amiga.
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  38. muitas felicidades aos irmãos!

    pode ser Baixio, mas é alto em valores

    beijinhos, Lúcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Manuela.
      Interessante, o seu comentário...como sempre!
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  39. Heheheeeeeeeeeeeeee...
    Pensastes que eu não iria aparecer mais,não é?????
    Puro engano teu...
    Jamais deixaria de vir aqui,ainda mais nesse dia tão especial...MEU DIA...
    Pára,né???
    Então tu não sabes que eu sou a NAMORADINHA DO BRASIL e agora também a NAMORADINHA DO MUNDO(dazoropas,dazaméricas,dozóinhos puxados,etc e tal)???
    Viu como tu és importante?
    Com todo mundo aos meus pés,venho aqui só pra te ver e dizer que voltei para ficar!
    Feliz,né???
    Eu sei...porque também estou e esperançosa de poder continuar no teu coração.
    Já me vou porque estou indo,mas não te desesperes...
    Logo,logo me volto pra tu...
    Beijão estupidamente demorado,desses para matar a saudade de vez!!!!

    CristaCristalCristalina - a famosa 3C ...ksksksksksks -

    PS:Não fiques triste,mas vou postar esse meu bilhetinho para cada um da minha legião de fãs,senão não dou conta de te paparicar mais tarde...sei que vais TENTAR me compreender...OBRIGADA!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem ama, não esquece jamais. Eu tinha certeza, que logo você estaria aqui trazendo essa sua contagiante alegria, Cristamada... maravilhosa, salve, salve!!!
      Preciso ir dizer pessoalmente...Obrigada, beijos!

      Excluir
  40. ¸.•°❤❤⊱彡
    Passei para te desejar um bom restinho de semana!
    Como é lindo esse país, meu Deus!!!
    Beijinhos.

    °❤❤⊱彡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um lindo final de semana, Inês querida.
      Obrigada, pela presença e carinho. Beijos!

      Excluir
  41. Mais uma impecável postagem, estes ensinamentos passam para o lado de cá na perfeição!
    Muitos parabéns pela sua irmã.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A quantidade de visitantes, do lado de lá, que aqui comparecem pra viajar comigo,é imensa e muito me deixa feliz, ainda mais que, no meio, está você Lilá(s)...obrigada. Beijos!

      Excluir
  42. OI LUCIA!
    ACHEI LINDA ESTA COMEMORAÇÃO FAMILIAR, PELO QUE ENTENDI SÃO DE TUA IRMÃ E CUNHADO NÉ?
    SORTE QUEM AINDA TEM SEUS IRMÃOS E TANTOS PARENTES, ASSIM CADA EVENTO, VIRA UMA FESTA NÉ AMIGA?
    GOSTO SEMPRE DE LER TEUS POSTS, ASSIM TOMO CONHECIMENTO DAS MARAVILHAS DESTE NOSSO LINDO BRASIL.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na família, as comemorações são sempre assim, cheias de alegria. O casal, é sim, minha irmã e meu cunhado. Éramos seis irmãos, já partiram dois. Já o meu cunhado, que é mais velho, ainda tem todos vivos:são oito! Aí, junta filhos, sobrinhos, netos, cunhados...é maravilhoso!
      Obrigada, Lani por vir sempre.
      Abraços!

      Excluir
  43. Que esse Dia Dos Namorados
    Seja o mais Feliz da Sua Vida.
    Tomara , que esse Dia tenha reservado
    momentos de eterna felicidade.
    Não importa o Pais onde você esta ou mora
    essa Data deve ser comemorada com amor e muita Paz.
    Na postagem tem um presente é seu pode levar
    ficarei feliz em ver no seu blog.
    Um beijo terno e carinhoso.
    Um abraço pelo Dia consagrado ao amor
    e felicidade.
    Ontem não consegui fazer tudo que eu queria fazer
    por isso estou passando hoje no seu blog com
    muito carinho.Espero deixar
    você feliz com minha visita atrasada..
    Carinhosamente Sua Amiga ,, Evanir..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre com uma interessante e bela mensagem, a querida Evanir. Retribuo, em dose dupla, a você, todos os seus desejos. Irei buscar o presente e guardarei num arquivo especial, como sempre faço.
      Obrigada, amiga. Carinhoso beijo, da Lúcia...

      Excluir
  44. Oi Lúcia,
    Demorei um pouco a chegar, mas ainda a tempo de participar desta linda festa. Parabéns ao casal Maurício e Margarida!
    Tudo muito lindo! Baixio, uma cidade agradável com seu santo de fé.
    Não sou religiosa, mas gosto de São Francisco.
    Andei atarefada com os bonecos, pra variar (rsss). Terminei hoje de fazer este último "lote" e já estou preparando o seguinte. Virei mesmo uma bonequeira!
    Xêro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava sentindo saudades da sua presença, sempre assídua. Mas, foi por uma "causa" justa: bonecas, não se deixam para fazer depois. Está perdoada, amiga. Esses "lotes" deixam-me feliz,já que teremos mais crianças brincando. Aqui, nós temos o Augusto Bonequeiro, que é ventrículo e fabrica fantoches maravilhosos. Mas, o termo, bonequeira, aplica-se perfeitamente a você. Parabéns!
      Xêro

      Excluir
  45. Boa noite...

    Hoje estou aqui pra desejar que o amor esteja presente em sua vida não só em datas especiais, como o dia dos namorados, mas que possa achar lugar em seu coração em todos os instantes do ano, pois não há nada mais maravilhoso que amar.
    Amar ao próximo, amar a si mesmo, amar a vida e tudo de bom que ela tem a oferecer.


    Beijos 
    Ani

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ani. Sempre tenho o amor em minha volta mas, nunca é demais que passe tão bela mensagem como a sua.
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  46. Você deixa nosso país ainda mais bonito, por que do jeito que você relata, parece que estamos viajando por todos estes lugares.
    Adoro viajar aqui, fotos incríveis, bjs no coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Maria Teresa. Tenho certeza que o imenso amor por essa terra, me inspira a forma de apresentá-la, ao promover essa viagem, coletiva, às cidades cearenses...
      Um abraço!

      Excluir
  47. Gosto de ver as imagens que você coloca das cidade, a religiosidade...Fico feliz em ver um casal completando Bodas de Ouro. Transmita os meus parabéns .
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo Élys, que bom é ter aqui essa sua apreciação.
      Agradeço, a sua vinda, transmitirei os seus cumprimentos. Beijos!

      Excluir
  48. Oi Lúcia

    Passando para agradecer o comentário no meu blog
    Obrigada
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dorli
      Adoro o seu blog, amiga.
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  49. Lúcia, minha querida, passando para agradecer a visita e as palavras de conforto que deixou em minhas págias. Grande abraço. Se Deus quiser logo volto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamentei muito, o estado de saúde de seu pai. Estou torcendo, para que logo ele se restabeleça e você retorne a nos brindar com suas excelentes postagens.
      Um abraço!

      Excluir
  50. Bela reportagem...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  51. Boa noite, Lúcia!
    Hoje conheci uma outra cidadezinha desse imenso país, Baixio! Gostei de andar por aqui a saber da sua história e ver os seus belos recantos.
    Agradeço o seu interesse e comentário no meu blog. Não posso deixar de enviar as minhas felicitações aos seus familiares pelas Bodas de Ouro. Muitas felicidades para todos.
    Um abraço amigo.
    M. Emília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estamos na vigésima segunda cidade dessa série. A segunda, com a inicial "B". Sinto imenso prazer em levar tanta gente boa a viajar comigo, pelas terras cearenses.
      Obrigada, Maria Emília, pelos elogios e cumprimentos.
      Forte abraço,
      da Lúcia

      Excluir
  52. Mais uma vez atrasada, Lúcia ! Mas, como sabes, tenho cá os meus pais e a minha mãe tem andado muito deprimida e isso, claro, tira-ma algum tempo. Mas o que importa é que acabo por aparecer, não é verdade? Então com a Aurora, acabamos o A e começamos o B, onde de novo os teus familiares aparecem . Aproveito para lhes dar os parabéns pelos maravilhosos 50 anos de casados; os meus pais´já fizeram 63. Como se costuma dizer: " é muito ano...já não se usa!!! " Sabes, Lúcia, antigamente aqui nas nossas aldeias havia as mercearias onde se vendia de tudo e elas eram chamadas de vendas; agora, já quase não existem e foram substituídas por pequenos supermercados. Hoje, amiga, fico por aqui. Já é tarde e preciso de dormir, pois o meu dia não foi fácil; ando preocupada com a depressão da minha mãe. Um beijinho e parabéns pelo belo trabalho de pesquisa. Até sempre e tudo de bom.
    Emília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida amiga Emília, é sempre bom recebê-la. Não importa se com "atraso" rsrs...sei que vem! Fico-lhe muito grata pela maneira elogiosa que sempre comenta. Ontem já publiquei mais uma cidade co letra B.
      Lamento muito, pelo estado de sua mãe. Desejo que ela supere, esse estado de depressão.
      Aqui no Brasil, usava-se também o termo "bodega", para as vendas. Agora também viraram super mercados.
      Desejo-lhe um bom final de semana.
      Um beijo,
      da Lúcia

      Excluir
  53. ...e voltei Lúcia.
    Já tinha estado presente mas reli e revi.
    Veja. Pareceu-me que tinha falhado porque é sempre tudo tão novo que nunca fica velho, nunca cansa, me entende? são assim os posts da grande Lúcia Bezerra! Bom fim de semana

    Beijnho grande

    ResponderExcluir