quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

HIDROLÂNDIA

Do CEARÁ: cidades de A a V (LXX)

Um Pé de Cajá = Cajazeira : nome comum;
Spondias mombin: nome científico
A CAJAZEIRA, é uma árvore cadeifólia, isto é, perde as folhas
(no outono) e  a sua copa é relativamente baixa e bastante ramificada.
CAJÁ , fruto de CAJAZEIRA. 
De sabor forte e saboroso (acridoce), o fruto da CAJZAZEIRA,
o CAJÁ, é muito utilizado na culinária brasileira.
O primitivo povoado que veio a se tornar o município de HIDROLÂNDIA, tinha a denominação de CAJAZEIRAS, devido a alguns pés de cajá - cajazeiras - que estavam  às margens de um rio da região e que "ofereciam" sombra aos viajantes que por ali transitavam.Em 1882, Cajazeiras era distrito do município de Santa Quitéria. Em 1943, Cajazeiras passa à denominação de Batoque, nome de um rio que corta a cidade e é afluente do rio Macacos que, por sua vez, é tributário do rio Acaraú. 
Casarão da Fazenda Tapera, construído no século XIX 
que deu origem ao povoado que passou a denominar-se
Cajazeiras, depois Batoque e finalmente HIDROLÂNDIA.
O casarão foi demolido em 2013.
 Sobre a Fazenda Tapera, que deu origem ao povoado que se veio
 a se chamar Cajazeiras, depois Batotoque e por fim Hidrolândia.
(clique na imagem, para ampliar).

O topônimo atual, HIDROLÂNDIA, de formação erudita, foi adotado pela Lei nº 8296, de 25 de novembro de 1965, para fazer lembrar a presença na região de águas medicinais magnesianas e sulfurosas que sempre atraía grande afluência de pessoas interessadas na "cura de doenças sérias".

NOTA:
Quando dissertei nessas "paginas", sobre o município de Guaraciaba do Norte, trouxe excertos do livro cuja capa republico abaixo, trazendo  um novo excerto, agora ,sobre HIDROLÃNDIA, referente ao  capítulo 22, da página 173 a 175.
Na parte inferior dessa imagem lê;se: Notícias históricas sobre 
Guaraciaba do Norte, Ipu, Ipueiras, Nova Russas, Ararendá,
Hidrolândia e Serra das Matas.
Abaixo, excerto do livro  "ARAÚJO CHAVES & FEITOSAS..." constante da página 174: 

Certo é, que, a região da antiga Cajazeiras (depois Batoque, hoje Hidrolândia),compunha o território eclesiástico da Freguesia de São Gonçalo da Serra dos Cocos. Quando da criação da freguesia de Santa Quitéria, o Pe. Francisco Gomes Parente,seu primeiro idealizador e vigário colado, atritou-se com o poderoso vigário da Serra dos Cocos, Pe. Manoel Pacheco Pimentel, tal informa o historiador: " Os moradores da povoação de Santa  , então pertencente à freguesia de Sobral, requereram, em 1816, por seu procurador Manuel do Vale Porto, a ereção da capela matriz, alegado a distância de 18 a 20 léguas da vila de Sobral, o que, no tempo das chuvas,  tornava-se ainda mais difícil com a travessia dos rios Jucuturu, Groaíras e Acaraú.Sabendo do requerimento, o vigário da freguesia de São Gonçalo da Serra dos Cocos, Pe. Manuel Pacheco Pimentel, representou que aqueles moradores se incluíam na divisão dos seus fregueses dos riachos Macacos e Feitosa, roubando assim a preciosa porção do povo que fazia a riqueza e lustre de sua freguesia". (O destaque é meu). Mons. F Sadoc de Araújo[Dicionário Biográfico de Sacerdotes Sobralenses - IOCE  Fortaleza:1985, p. 50].

O município Hidrolândia está localizado na mesorregião 
Noroeste Cearense , Microrregião de Santa Quitéria. É limítrofe
dos municípios Santa Quitéria, Catunda, Tamboril, Nova Russas,
Ipueiras, Ipú e Pires Ferreira. Possui quatro distritos: Hidrolândia
( sede), Betânia, Conceição e Irajá. Está a 251 quilômetros de
Fortaleza, capital do Ceará.
Esta é visão que se tem, quando se chega à Hidrolãndia, pela
rodovia CE 257. À esquerda, identifica-se a Igreja Matriz.
Igreja Matriz de Hidrolândia 
Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Imagem panorâmica de HIDROLÂNDIA- CEARÁ
Paróquia Nossa Senhora da Conceição- Igreja Matriz de
HIDROLÂNDIA- CEARÁ - NORDESTE DO BRASIL.
Preparação para as Festas da Padroeira - Igreja Matriz.
Imagem da Padroeira de Hidrolândia: Nossa Senhora da
Conceição, em seu andor, carregada em procissão no final
das Festas que lhe prestam Homenagem: 8 de dezembro.
Procissão que percorre  ruas da cidade - Hidrolândia - no
dia 8 de dezembro, dia de Nossa Senhora da Conceição
Procissão , percorrendo ruas de Hidrolândia, quando se encerram
os festejos à Padroeira Nossa Senhora da Conceição - Hidrolândia.
Como se costuma dizer no CEARÁ: "Bonito pra chover" !
Quando a chuva é farta, tudo fica lindo! Momento registrado 
no distrito BETÂNIA que integra o município de 
HIDROLÂNDIA - CEARÁ - BRASIL.
Na foto, o Rio Acaraú que tem a maior cheia deste ano(2016),
com as chuvas de janeiro, beneficiando diversos municípios,
da região, inclusive HIDROLÂNDIA.
RIO ACARAÚ  transbordando, com as chuvas de 2016.
Veja, a seguirm duas fotos de um mesmo local, em Hidrolândia:
ANTES DAS CHUVAS!
DEPOIS DAS CHUVAS!
.................................................................................................................................................................................................
Fontes: Wikipédia, IBGE, Jornal O Povo, sites: Portal Hidrolândia, Hidrolândia Notícias.
Fotos: de sites consultados,referidos nas fontes acima: google.
......................................................................................................................................

Até o próximo...meu abraço!
..........................................................................................................................................................................................................................

52 comentários:

  1. Um belo trabalho, gostei de conhecer Hidrolândia.
    Um abraço e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Oliveira...que bom!
      Bom final de semana, um abraço.

      Excluir
  2. Quanta coisa legal! Adorei o pé de cajá! Sempre bom conhecer mais e mais daí! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, chica, o pé é lindo e fruto deliciosa! Beijos!

      Excluir
  3. Sempre aprendo muito com suas postagens sobre as cidades do Ceará.Obrigado!...
    Um abraço.
    Élys.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Élys, proporcionar aprendizagem sobre a minha terra! Um abraço, amigo!

      Excluir
  4. Bonita apresentação da cidade Lucia. Não entendi porque derrubaram a fazenda.
    A chuva é uma benção para estes lugares e ai tem fartura e alegria do povo.
    Nosso Ceará tem coisas belas escondidas que voce belamente vem nos apresentando.
    Parabens amiga.
    Meu carinhoso abraço e beijo paz.
    Feliz Fevereiro para voce.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente sempre descobre belezas nas cidades, pena que os gestores e parte dos habitantes não preservem as belezas e patrimônios que contam a história do lugar!
      Obrigada, Toninho, um beijo, querido amigo!

      Excluir
  5. Lindas fotografias!
    O Brasil é imenso, imenso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O lugar é bonito e as fotos são "fiéis" rsrs
      Beijo, Ana!

      Excluir
  6. Cultura. Tradição. Religiosidade. A força de um povo que luta para sobreviver. Um nome sugestivo, "Hidrolândia", com toda essa crise hídrica... Mas, a beleza natural do "Cajá" e sua farta produção de cajazeiras não dá para ser ignorada.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cidades antigas, com o modelo de colonização que tiveram, ainda preservam muitas tradições dos antigos. Sempre persigo o "cajá", adoro o suco, desde pequeninha, Célia! Meu braço!

      Excluir
  7. Nunca tinha ouvido falar de Hidrolândia.
    Mas foi interessante descobrir a cidade e a sua região através do seu excelente post.
    Continuação de boa semana, Lúcia.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto do nome, Portela! Cada cidade tem as suas peculiaridades, havendo muito a mostrar!Volte sempre.
      Beijo.

      Excluir
    2. Também gosto do nome...
      Como publiquei novo poema, voltei para ver as novidades.
      Bom fim de semana, querida amiga Lúcia.
      Beijo.

      Excluir
  8. Gostei das fotos do rio: ANTES/DEPOIS das chovas. E o nosso mandacaru e xique-xique predomina.

    Grande abraço, Lúcia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É impressionante, como as chuvas, em pouco tempo, transformam a paisagem do sertão. As plantas típicas predominam, sempre!
      Beijo, Santana!

      Excluir
  9. Oi Lucia, você fez um lindo apanhado de Hidrolândia. Gostei da árvore de copa baixa, linda. As frutas, igreja, cidade...O cajá, hum...não provei. Mas as duas últimas fotos, o antes e depois das chuvas, impressionam.
    Beijão pra você, amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Tais, selecionei o que havia de mais significativo do lugar! O cajá, me acompanha desde pequena: adoro o suco!As chuvas modificam totalmente a paisagem do sertão: impressionante!
      Beijo, amiga e obrigada por vir aqui!

      Excluir
  10. Mais um lindo retrato de outro belo local do Brasil.

    É um prazer visitar localidades através das tuas belíssimas imagens e respetivas informações.

    Bom fim de semana amiga Lúcia!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mário, o local é outro mas é do mesmo estado do Brasil: o CEARÁ. Esse país é imenso!
      Obrigada, pelas suas vindas aqui,amigo.
      Beijo!

      Excluir
  11. Oi, Lúcia!

    Passando por aqui pra te deixar um abraço e me absorver com as histórias lindas que você conta, desse Brasilsão que não conhecemos.

    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Socorro, que felicidade, ter você aqui!
      Andei lhe procurando e a perdi de vista.Vou lá, no seu canto, certo? Beijo!

      Excluir
  12. Conheci o Nordeste através dos livros de Jorge Amado... e também um pouquinho aquando da minha curta visita a Fortaleza e região!

    Beijinhos e bom Carnaval

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jorge Amado mostra bem o Nordeste em seus livros, especialmente a Bahia. Lembro que você disse já ter vindo à Fortaleza e só não gostou do "calor úmido".
      Desse, você não escapa, São, é eterno!
      Beijo!

      Excluir
  13. Obrigado por este passeio lindo, adorei principalmente a Igreja Matriz de Hidrolândia, é linda.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria, você sempre por aqui, a passear pelas novas cidades que vou trazendo à mostra. Obrigada. Bom fim de semana. Beijo!

      Excluir
  14. E aqui estou, querida amiga, para conhehcer um pouco mais do nosso querido Brasil. Achei interessantes os nomes anteriores desta cidade, principalmente batoque. Sabes o que aqui é um batoque? É uma rolha de cortiça bastante grande, larga que se coloca nos pipos de vinho, de madeira. Aqui, não muito longe há um monte com a Igreja a Sta Quitéria, uma santa muito sofrida, segundo a lenda.O dia 8 de Dezembro aqui também é o dia da Sra da Conceição e antigamente era o dia da mãe. E o Nordeste está cheio de cidades lindas, Lúcia, com paisagens maravilhosas. Pena que os governantes nem sempre olhem para ele com outros olhos, principalmente no que se refere às secas que o atormentam, Poços com certeza resolveriam boa parte do problema. Amiga, muito obrigada pelo trabalho que fazes para dares a conhecer esse pais maravilhoso, tão maltratado por governos que na realidade só pensam em encher os bolsos. Um bom fim de semana. Beijinhos
    Emília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem vinda sempre, querida amiga Emília!
      As cidades por essas bandas, geralmente não preservam as primeiras denominações. Interessante,amiga, é que eu ia colocar o significado de "batoque", mas optei por apenas descrever sobre "cajazeiras", para não alongar muito a postagem. Além desse significado que você trouxe há um outro que é o referente à "argola" (enfeite - adereço) que uma determinada "tribo indígena" usa no lábio inferior.
      Temos muito em comum com Portugal, quanto à religiosidade.Pois é, Emília, é uma pena que os governantes não resolvam o problema da seca. Costumam chamar de "indústria da seca" aos montantes de dinheiro que deveriam solucionar os problemas mas que são desviados para os bolsos de políticos.
      Bom final de semana.
      Beijos, da Lúcia

      Excluir
  15. Mais uma vez, leva-nos a passear por uma bonita cidade. A Igreja é muito bonita. Estranho o cor de rosa que não é vulgar em igrejas. E é brutal a diferença entre a época da seca e das chuvas.
    Um abraço e um bom e divertido fim de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elvira! Obrigada, por vir sempre, apreciar as postagens. Aqui, as pinturas variam muito. Realmente, a cor de rosa é mais rara.Às vezes consigo fotos de igrejas, em três cores diferentes, com datas também diferentes.
      Um abraço, divirta-se!

      Excluir
  16. Oi, Lúcia, desculpe-me, perdi sua postagem e estava estranhando. Pensei que não havia ainda postado...Hoje vim procurar 'in loco' e encontrei-a .Hidrolândia...parece pequenina mas na vista aérea sobressai a linda Igreja Matriz...parece uma flor no meio da cidade, rosa e em homenagem a Nossa Senhora da Conceição...muito linda a religiosidade de nosso povo, a procissão, o enlevo, a poesia de um lugar. A história também traz aspectos pitorescos de rusgas entre padres e competição por fiéis ilustres...tão Brasil! O Cajazeiro sertanejo, perde suas folhas e depois retorna viçoso com frutos sumarentos ...assim como as águas que sempre voltam trazendo vida à aridez da seca. Muito bonita a história do nosso povo que sempre acha um modo de dar a volta por cima e colocar um nome tão auspicioso com Hidrolândia. Obrigada por nos revelar jóias preciosas da nossa brasilidade.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  17. Oi, Guaraciaba, nada de pedir desculpas...a gente encontra, mais dia, menos dia rsrsrs...Hidrolândia é pequena, porém bela, na história e na paisagem, essa foto, mostra bem.O povo mantém muito das tradições. Sobre o cajá, traz lembranças da primeira escola que frequentei, pois tinha um bela árvore que ficava carregadinha dos frutos e a gente se fartava, no recreio. Obrigada, por vir sempre e com agradável apreciação! Meu abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lúcia, você como pedagoga constrói a postagem de modo a nos conduzir o pensamento...assim fica fácil fazer poesia pois ela já está contida no próprio texto e fotos...é só seguir o roteiro (rs)
      Um abraço

      Excluir
  18. Foi mais uma maravilhosa viagem pelos tempos, pelas culturas e costumes.
    Quando leio não sei dizer muita coisa, volto e com mais cuidado deixo umas palavras.
    As imagens são, verdadeiramente, magnificas e dão um realce muito especial ao descritivo.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Manuel, só hoje vim apreciar as suas palavras, sempre tão gentis...obrigada! Então, quando volta a publicar os seus excelentes textos? Fazem muita falta!

      Excluir
  19. Un post moto bello, mi aiuta a conoscere un pochino il tuo Paese.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lúcia...!!!
      Esta é mais uma bela viagem pelo seu Ceará....
      São Lindos os lugares que aqui põe à disposição dos seguidores do "Cadeirinha de Arruar"...!!!
      Tudo tem um encanto especial..
      Muito obrigada
      Um abraço
      Albertina

      Excluir
    2. Realmente, Costantino, cada cidade do Ceará é um pouquinho do Brasil que eu "trago" aqui e que bom que você gosta!

      Excluir
    3. Oi, Albertina,fico feliz que você retornou à "Cadeirinha de Arruar" e gostou da viagem à Hidrolândia! Obrigada, meu abraço!

      Excluir
  20. Olá, Lúcia! Tudo bem?

    Passei por aqui, para rever estas belíssimas imagens, e desejar-te uma ótima semana!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mário, está tudo bem
      Obrigada, pelas palavras, desejo-lhe bons dias...
      Beijo!

      Excluir
  21. Cajazeiras, Batoque e Hidrolândia. Fico com pena da evolução, acho o nome original maravilhoso. A cidade não aproveitou a sua riqueza hídrica para criar uma estância termal? Estranho. Se bem que os brasileiros não têm a tradição de passar uma temporada nas termas, não é?
    Beijinhos, uma doce semana
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    P.S. Parabéns pelos 4 meses de Louise.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como você, gosto mais de Cajazeiras, além de considerar mais apropriada ao lugar. Realmente, a cidade não aproveitou a riqueza hídrica mineral, o que faz até a gente duvidar desse "manancial".De estâncias termais só conheço as de Minas Gerais (Lambari, São Loureço...)e as de Goiais.
      Beijos, Ruthia!

      Excluir
    2. P.S Obrigada, pelos parabéns p/ Louise!

      Excluir
  22. Cá estou na minha visita semanal para ver as novidades. Sempre pensei que iria falar da Praia do Futuro... rsrsrs...
    Continuação de boa semana, querida amiga Lúcia.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre bem vindo, Portela.
      Por certo você não percebeu que há algum tempo venho publicando apenas uma matéria à cada mês. As cidades/municípios do Ceará,aqui postadas, seguem uma ORDEM ALFABÉTICA. Na postagem sobre FORTALEZA, você verá fotos da PRAIA DO FUTURO.
      Bom domingo, querido amigo.
      Beijo.

      Excluir
    2. Amigo Portela, o post sobre Fortaleza, com fotos da Praia do Futuro (ao final) é de 2 de março de 2015.
      Procure no "marcador" à direita.

      Excluir
  23. Bom dia Lucia, já esperando a nova cidade e suas tradições e historia.
    Ainda sobre a cajá, é a que mais gosto no drink com Vodka que chamamos de cajaroska.
    Uma boa nova semana e tudo de bom na sua vida.
    Que a saúde esteja em sintonia com sua bela vontade.
    Beijos de paz amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Toninho, bom dia!
      Não conhecia a "cajaroska", imagino, a gostosura!
      Obrigada, por vir sempre e e sempre tão gentil, amigo!
      Paz e muito carinho...

      Excluir
  24. Me extasia cada uma das descrições que vens ciceroneando. São terra de sonhos.


    Beijos
    SOL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que assim seja, querido SOL!
      Venha sonhar em HORIZONTE, próxima cidade...
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir