segunda-feira, 14 de julho de 2014

CRATO


Do CEARÁ:cidades de A a V  (LI)
Ao fundo, vê-se o Seminário, à frente a Igreja Matriz do Crato.
A cidade do Crato, inicialmente chamada de Missão de Miranda,resultou de um movimento missionário dos padres Capuchinhos do Recife, cujo objetivo era catequizar e civilizar os povos indígenas. Frei Carlos de Ferrara, italiano da Ordem Franciscana, foi enviado trabalhar com a "Tribo Cariri", cumprindo a sua tarefa no período entre 1730  a 1750. A Igreja Católica foi peça fundamental nos primórdios da criação e desenvolvimento dessa cidade, acelerado com a chegada da "civilização do couro" vindo da Bahia, Sergipe e Pernambuco.
Seminário São José - Crato-Ceará
NOTA: Em postagens de 2012, 27 de junho, eu já fizera referência ao
"Seminário do  Crato", quando aqui no blog publiquei a biografia de 
Manoel de Oliveira Paiva(1861-1892)escritor cearense - meu tio-avô paterno -
que fora aluno da primeira turma de seminaristas dessa conceituada
  instituição religiosa do Crato, ainda em pleno funcionamento.

Foto atual do Seminário - ao fundo, a fantástica Chapada do Araripe.
Em 3 de dezembro de 1743, quando a missão e o aldeamento já se encontravam em plena atividade, o Capitão-Mor Domingos Alves de Matos e sua mulher, assinaram a escritura de doação das terras para os índios. Ainda no século XVIII, os índios forma manisfestando hábitos de vida social disciplinados e foram reconhecidos como capazes de administração do povoado. Desse modo o Ouvidor do Ceará, Vitorino Pinto Soares Barbosa, conferiu  personalidade política à Povoação de Frei Carlos, atribuindo-lhes os foros de Vila em 21 de  junho de 1764. Nomeado CRATO, pela Secretaria de Negócios Ultramarinos, em homenagem à homônima cidade portuguesa do Alentejo, obedecendo a determinação da metrópole de que dava poderes ao Ouvidor, para fundar novas vilas no Ceará, com a finalidade de aplicar-lhes nomes de localidades lusitanas.
Pela Lei Provincial nº 628, de 17 de outubro de 1853, a vila foi elevada à categoria de cidade.
Foto bastante antiga da Igreja Matriz do Crato.
Interior da Igreja Matriz do Crato.
Foto atual da Igreja Matriz do Crato, Catedral, dedicada à
 Nossa Senhora da Penha, bem preservada.
Interior da Igreja Matriz do Crato, em perfeita preservação.
Praça da Matriz, vista do alto...TÃO ARBORIZADA!...
Praça da Igreja Matriz do Crato.
Vista panorâmica da cidade. Vê--se, na linha do horizonte,
toda a cordilheira... a imensa  CHAPADA DO ARARIPE.
Imagem bastante antiga da Estação Ferroviária do Crato.
A edificação foi inaugurada em 1926.
Estação Ferroviária do Crato, totalmente preservada.
Estação Ferroviária , vista pelo ângulo esquerdo...
Antiga Estação Ferroviária do Crato, vista por outro ângulo...Trens
 de passageiros funcionaram até por volta de 1980.
 Desde o ano de 2006, a antiga Estação Ferroviária abriga o
 CENTRO DE REFERÊNCIA CULTURAL E ARTÍSTICA DO ARARIPE.
......................................................................................................
LOCALIZAÇÃO DO CRATO NO MAPA DO CEARÁ...

O município do CRATO, localiza-se no sopé da CHAPADA DO ARARIPE,
Região do Cariri, no extremo sul do Estado do Ceará, a 557 quilômetros de Fortaleza.
..........................................................................................................
CHAPADA DO ARARIPE...(vista do CRATO)...


Trilhas, na Chapada do Araripe..
Para não dizer que não "falei" de águas..:"Cascata do Lameiro"-CRATO
...................................................................................................................
CONCLUINDO:
CRATO, em imagens e música...   


....................................................................................................................
FONTE: Wikipédia; blog do Crato.
Fotos: Wikipédia; blog do Crato; galeria Alex Uchoa.
...................................................................................................................
NOTA: As postagens desta série, "Do CEARÁ , cidades de A a Z ",  a partir de hoje, passarão a serem publicadas uma vez à cada mês.
.......................................................................................................................................................................................
Até a próxima postagem...Meu abraço!

75 comentários:

  1. Olha só, uma estação ferroviária de arquitetura bem diferente do padrão usado na maior parte do Brasil, e, além disso, bem preservada! Muito interessante. A cascata é belíssima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só hoje, pude vir ler e responder aos comentários. O blogger, tem me trazido problemas. Pois é, Marta, a estação de Crato tem arquitetura bem diferente. Depois de desativadas, geralmente abrigam centros culturais, como essa. Obrigada, por vir sempre...

      Excluir
  2. Adorei as fotos e ver, aprender mais contigo. Tanto há pra ver!! bjs, chica, linda semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, chica! Há sempre muito o que mostrar, tenho até dificuldade para selecionar. Bom final de semana e beijos.

      Excluir
  3. Que bom que voltou amiga. Há tanto tempo que não via as suas postagens. E adoro estes passeios entre o passado e o presente. A estação ferroviária, tem algumas semelhanças com a antiga estação fluvial de Lisboa.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Elvira! Venha sempre, o prazer é enorme.Tenho reparado as semelhanças da arquitetura brasileira com a portuguesa, afinal somos herdeiros...dessa terra mãe que é Portugal.
      Bom final de semana, meu abraço.

      Excluir
  4. Oi, Lúcia! Gostei demais dos Irmãos Aniceto. A cascata parece que foi postada especialmente pra mim. Imagino o trabalhão que dá fazer essas postagens. São muitas informações pra pesquisar, fotos e vídeos para selecionar e, depois, organizar tudo com um texto interessante. Ler é uma delícia, mas criar leva tempo. Assim sendo, só posso agradecer. Uma vez por mês está muito bom. Beijos e obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já havia mostrado aqui os irmãos Aniceto, em outro contexto.Gosto muito desses grupos que representam tão bem o Nordeste!
      Pois então, Ceres, percebi que preciso de mais tempo para pesquisar e elaborar a matéria. Ás vezes é fácil,outras não.
      Obrigada, querida.
      Bom final de semana, beijos...

      Excluir
  5. Este topónimo também existe aqui. Mas , este é bem mais belo e surpreendente, Lúcia. Essas fachadas são imponentes, as cascatas uma tentação. E todo o painel de publicação uma delícia donde se sai mais completo. Dizer o quê? Quem sabe, reparte. Muito obrigada e um beijinho muito grande!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São conhecidas como "cidades-irmãs", as homônimas. Há muitas, como Portalegre, Vila-Flor...acho bacana, pois muitas fazem intercâmbio. Obrigada, Manu, tenha um bom final de semana. Beijos!

      Excluir
  6. Lúcia: Gostei lindas imagem e um belo texto a explicar adorei
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Santa Cruz, que bom ter a sua visita e apreciação!
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  7. Lucinhamiga

    Nós também temos um Crato, que não tem nada que ver com o do Ceará. Mas não posso deixar de louvar mais este trabalho minucioso e rico, aliás como sempre.

    Espero, entretanto que entre as cidades do Ceará, publiques outras pequenas notas. Se assim não acontecer, levanto-te a saia e dou-te duas nalgadas... :-) :-) :-)

    Xêros da Kel e qjs meus

    Há Natália Correia na Travessa. Resultado: o Leão da Babilónia não é um leão: é uma leoa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fereiramigo, é sempre uma grande alegria ter aqui a sua presença e comentário. Tenho ido pouco à "nossa" Travessa. Quanto a publicar outras notas, entre as cidades, "quebra" um ritmo que criei para esta série. Assim, fico esperando as "nalgadas" rsrrs...
      Xêros na Kel e nim TU...
      P.S. O BLOGGER anda me "pregando peças", estou tendo dificuldades em comentar em muitos blogues. Deixei comentários na Travessa que não foram publicados...(?)...

      Excluir
  8. Oi, Lúcia, obrigada por compartilha a encanto de mais uma cidade do belo Ceará... que fez o orgulho de todo o povo brasileiro agora no mês da copa.
    O Crato , penso que aqui em São Paulo, é uma das conhecidas, pelo menos no nome, mas sua história é bem interessante, assim como suas construções , sua Igreja e de modo geral o interesse cultural que ela apresenta.As bonecas de pano são lindas e os vídeos nos mostram tudo tão bem que é quase uma visita. Obrigada pelo seu trabalho.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Guaraciaba, ter você de volta. Sei que a "culpa" é minha, por tão longa ausência. Agradeço os seus comentários, sempre tão agradáveis, e pela visão que você tem, do aspecto social das cidades. Crato é sim, das mais conhecidas. Como em São Paulo tem as famosas cidades do ABC, aqui tem o trio de cidades do Cariri: Crato, Juazeiro e Barbalha. Já trouxe a primeira e a última, resta o Juazeiro, do "Padim Ciço"...
      Deixo o meu abraço!

      Excluir
  9. Passei por aqui ontem mas o cansaço impediu-me de ler a publicação. Era tarde e o dia foi pesado.
    Agora sim posso dar-lhe os parabéns por mais este excelente momento. Uma viajem na história e com fotos que nos mostram esses recantos maravilhosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vir de Portugal até aqui, hoje em dia, é muito fácil, não é Coelho? É só clicar! Obrigada, amigo, venha sempre que quiser, a Cadeirinha o aguarda, fique à vontade. Um abraço!

      Excluir
  10. Bom dia, Lúcia
    Passei aqui por acaso, e tive a agradável surpresa de ver que já regressou. Ainda bem!
    Gostei imenso de mais esta postagem, com imagens bastante semelhantes às que se vêem (sobretudo, viram...) em Portugal.
    Até o nome - Crato - é comum entre os nossos dois países.
    Há até (pelo menos em Lisboa) uma Rua Prior do Crato.

    Parabéns! Com a ausência você ainda melhorou - se tal é possível...

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Mariazita!
      Fiquei ausente mais de um mês, já estava sentindo falta. Crato, como muitas outras, é topônimo herdado da pátria mãe. Fazem até intercâmbio, pois se tornam cidades-irmãs. Venha sempre, é um prazer, ler seus comentários.
      Beijos!

      Excluir
  11. Eu nunca fui à cidade do Crato, não sei onde fica mas fiquei conhecendo como se sempre lá estivesse.
    Linda a forma como nos leva pela história dos sítios, das gentes e dos costumes.
    Ainda bem que existe este Blogue.
    Parabéns e um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estive uma única vez em Crato, há mis de 30 anos. Impressiona como preservaram muito de seu patrimônio arquitetônico.
      Obrigada, Manuel, por vir com assiduidade.
      Um abraço.

      Excluir
  12. Que coisa bonita!!! O lugar em si e toda esta história que você compartilha conosco...parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Castellar! Procuro trazer, de cada cidade, o que considero de mais interessante, em historicidade e imagens. Um abraço, venha sempre!

      Excluir
  13. Lúcia, como o senhor branco sempre teve pretensões de "civilizar" todos os que eram diferentes. Não quero dizer que as missões não tivessem algumas consequências positivas, mas nunca me consigo abstrair da riqueza tradicional desses povos, que se perdeu. Lendas, costumes, etc.
    Gostava muito de descansar um pouco junto dessa cascata do Lameiro. Linda demais.
    Beijinho, um doce fim-de-semana
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossos índios perderam espaço, com a vinda do "senhor branco". A essa altura, depois de muitos ensaios sobre a forma de como o povo dessa terra foi civilizado, temos que ter esse sentimento de muitas perdas dos costumes e tudo o mais. O importante agora, é tentar preservar o que restou das tradições.
      A cascata do Lameiro, é mesmo convidativa, Ruthia.
      Bom domingo, beijo,
      da Lúcia

      Excluir
  14. Olá Lúcia...!!!
    Finalmente consigo arranjar um pouco de tempo para vir passear um pouco pelas cidades do Ceará, que a Lúcia tão bem descreve aqui na sua "Cadeirinha de Arruar"
    Crato é uma cidade linda, a julgar pelas fotos que nos apresenta e pela história que nos conta.
    Em Portugal também temos uma cidade com o mesmo nome "CRATO".
    Tenha um bom fim de semana Lúcia
    Um abraço
    Albertina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Albertina!
      Nosso Crato existe, porque Portugal tem um Crato, são cidades-irmãs, como muitas outras...
      Obrigada, pela visita e comentário.
      Belo domingo.
      O abraço, da Lúcia

      Excluir
  15. Oi Lúcia, estava com saudades!
    Crato é linda!
    A Estação Ferroviária lembra muito os castelos medievais!
    Bom é passear pelas trilhas da Chapada ou se deixar ficar na praça da Matriz debaixo daquelas árvores.
    As Bonequeiras do Pé de Manga, já tinha ouvido falar. Quem sabe um dia eu passe por lá! rsssss.
    Xêro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, Estela, querida bonequeira!
      É mesmo, parece um castelo medieval e é bem diferente das outras que tenho mostrado. Crato, é uma cidade bonita, estive lá há muitos anos, quando fui também a Juazeiro do "Padim Ciço"...são vizinhas. O Padre Cícero, é filho do Crato.e criou Juazeiro. Adorei o Pé de Manga e só lembrei de você.
      Xêro

      Excluir
  16. Lucia,

    seu blog, para mim, é a melhor aula de geografia e historia brasileira, tenho aprendido muito sobre localidades que nunca ouvi falar ou bem pouco.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo já aposentada, não "largo" a tão importante didática, tentando me aperfeiçoar mais nos conhecimentos - professora, sempre professora rsrs...- (- Obrigada, amiga! Beijos...

      Excluir
  17. As tuas descrições são tão completas e Documentadas que é difícil deixar de conhecer o que se não conhece, de facto.
    A tua Maestria, é extraordinária.
    Parabéns.

    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procuro "esgotar" tudo que a cidade oferece e tem de melhor, em história e imagens, querido amigo SOL!
      Obrigada, por sempre e pelo carinho.
      Beijo,
      da Lúcia

      Excluir
  18. Oi Lucia! Que bela história de Crato! Muito bom teu retorno! Achei encantadoras as imagens tb. bjs e bom fim de semana,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é, Anne? O Crato está inserido numa região privilegiada pela natureza e seu povo dá muito valor à cultura, ao patrimônio...
      Obrigada, pela presença, boa semana!

      Excluir
  19. Uma lição, para ficar na memória, deve ler-se mais do que uma vez. Não seria preciso porque ainda hoje me lembro de Crato das suas origens e lindas fotografias. Mas venho entregar o meu abraço com desejos de um bom fim de semana e com tudo o a faça feliz, querida amiga Lucia
    Beijinho meu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só vim comentar hoje, já tinha lido e até peguei uma saborosa receita de bolo...hummmmmmmmm, obrigada, Manu, por ter vindo, gostado e comentado aqui, e pelas suas maravilhosas postagens.
      Beijo, querida, boa semana!

      Excluir
  20. Uma linda e informativa postagem.

    Gostei desta viagem.

    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Pérola, obrigada, volte sempre!
      Devo-lhe visitas. Irei logo...Beijos!

      Excluir
  21. Boa noite Lucia
    Que bela postagem! Amei!
    Uma linda e muito abençoada semana, coberta de muita paz e Amor!
    abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Maria Alice, obrigada pela mensagem!
      Um forte abraço, bom domingo...beijo.

      Excluir
  22. Também voltei...só que AGORA...
    E tu,já faz algum tempo...rsrsrsrsrs...
    Beijão...tentarei ser mais presente.

    ResponderExcluir
  23. Minha querida , eu acho um sonho
    ver lugares tão bonitos e o melhor é quando
    as pessoas preservam as construções antigas
    isso é mesmo deixar mais bonito seus patrimônios

    Abraços de boa noite com bons sonhos

    Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Rita!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rita!
      Muito importante o patrimônio de uma cidade, gosto muito de pesquisar como era antes...fazer comparações!
      Obrigada, por vir. Meu abraço!

      Excluir
  24. Venho sempre, hoje para deixar o desejo de uma boa semana.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei que vem e agradeço o seu carinho.
      Preciso ir ver o que você tem escrito, ando ausente!
      Meu abraço, Manuel!

      Excluir
  25. Oi Lúcia, boa noite!
    Gostei de ler a história de Crato,
    e achei as fotos lindas,
    principalmente do seminário,
    da Igreja Matriz, da trilha e da cachoeira!
    Que lugar aprazível!
    Bjs :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Clau, bom dia!
      Só hoje, "dialogar" com você pra agradecer a sua sempre agradável visita. Crato é mesmo uma bela cidade, conservando muito o seu patrimônio.
      Até mais...beijos!

      Excluir
  26. Já estava com saudades, Lucia. Depois do desaire do mundial tanto para o Brasil quanto para Portugal, cá estás tu de novo comas tuas aulas. Sempre professora, como bem dizes. Quero que me desculpes a minha ausência, mas estamos no Verão e passo pouco tempo em casa; não tendo net na praia, só de vez em quando é que posso vir cá. Mesmo as minhas postagens ficarão mais espaçadas. Crato é , aliás como todas as cidades do teu Ceará. Cá também temos a Srª da Penha que fica em Guimarães. Há lá um monte onde construiram uma Igreja e é um lugar muito agradável para se visitar no Verão e, claro, lugar de peregrinação.Obrigada, Lúcia pelas belas fotos e por toda a informação. Voltarei sempre que possa. um beijinho muito grande e fica bem. Até....
    Emília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui estou, Emília querida. Também estava com saudades. A copa eliminou nossos países mas, a nossa amizade continua firme e forte. Também andei, e ando, ausente. Raramente dou a minha "arruada" pelos blogues, abro os e-mails e não é todos os dias.
      Há muito de comum, entre Portugal e Brasli, e não poderia ser diferente, se o primeiro é pai (e mãe) do segundo. Em breve irei ao "Começar de Novo" fazer uma visita demorada. Obrigada, amiga. Beijos, da Lúcia

      Excluir
  27. Crato é linda....
    Desculpa a falha, amiga! Bjos
    Emília

    ResponderExcluir
  28. Oi Lúcia! Passando para agradecer a tua visita e amável comentário, bem como fazer um belo passeio e rever alguns pontos da linda cidade do Crato, que tive o prazer de conhecer já há uns quarenta anos atrás. Muito obrigado por esta bem-vinda oportunidade.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto muito das suas matérias, Furtado, e visitar seu blog é um grande prazer. É quarenta anos faz muito diferença, numa cidade.Por sorte, Crato é bastante conservadora e preserva seu patrimônio arquitetônico. Obrigada, por vir aqui.
      Abraços!

      Excluir
  29. Agradecendo sua presença em meu blog, permita-me sugerir que documente toda a sua pesquisa em livros. Seria de uma riqueza ímpar para futuras pesquisas.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquela postagem que comentei por último está maravilhosa, Célia. Saímos sempre com uma boa reflexão, do seu espaço. Quanto ao registro em livros, é mesmo um grande ideia, obrigada.
      Meu abraço!

      Excluir
  30. ✿✿° ·..
    Muito bacana!
    Conheci mais um pouquinho do Ceará... que cachoeira lindaaaaaaaaaaa!!!!
    Beijinhos e bom restinho de semana!
    ✿✿° ·..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Inês!
      Obrigada, por vir e comentar.
      Beijo! Bom final de semana!

      Excluir
  31. Lucinhamiga

    Hoje não comento, só informo: já tenho quem me produza o livro de crónicas, é a Chiado Editora. E no Brasil vai ser vendido pela Saraiva

    Quando ele sair faz publicidade, sff. Nada! é uma ORDEM!!!!!! rrrsss

    A Kel envia xêro e eu qjs para tu (não gosto de ti, ups, do ti...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ferreiraigo, mesmo sem comentar,, a sua vinda aqui já é uma imensa honra. Receber esse ilustre (IMENSO )ESCRITOR LUSITANO,na minha modesta cadeirinha, já me basta. Claro, que a ORDEM será cumprida. A Saraiva é uma excelente editora e tem aqui na nossa praça: podeixar!
      Pra tu - não ti - xêro, como tmb pra Kel...

      Excluir
  32. Oi Lucia,
    História documentada e muito bem explicada!
    Um doce passeio a lugares tão belos e interessantes!
    Felicidades para você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jossara!
      Quando se passou a vida toda (quase) em sala de aula, fica-se impregnada de didática e espírito pesquisador...tento fazer o melhor, nesse mudo chamado virtual...
      Obrigada, seja feliz!

      Excluir
  33. Mais uma estupenda crónica sobre uma cidade interessante.

    Crato, no Alentejo, é uma pequena cidade e tem perto o Mosteiro de Flor da Rosa, transformado em Pousada.Foi seu prior o pai de Nuno Álvares Pereira, Condestável de D. João I.

    A importância do Crato vem de D. António,seu Prior que, não fora o ódio que lhe votava o cardeal Henrique, seu tio e que viria a ocupar o trono por morte de D. Sebastião naquela louca aventiua de Alcácer-Quibir, seria rei de Portugal e assim se evitaria a Dinastia Filipina em Portugal.

    Gostei de ouvir o saudoso Luís Gonzaga, de quem trouxe um CD aquando da minha visita a Fortaleza.

    Bom Agosto, minha amiga :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, São!
      Já conhecia um pouco sobre o Crato do Alentejo.Você trouxe mais informações que enriquece o enriquece o meu, nosso, saber...Que bom! Luiz Gonzaga tem imenso valor, fez boa escolha levando um seu CD, de Fortaleza. Ele era pernambucano mas adorava o Ceará, viveu no Crato muitos anos...Bom agosto, amiga!

      Excluir
  34. Muito bom Lucia, e ainda por cima fechando com os vídeos e a música do Luiz Gonzaga. Este grande disseminador da cultura nordestina mundialmente conhecido e reconhecido. Encantada.js
    bjs. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crato é uma cidade antiga e preserva bem seu patrimônio cultural.Luiz Gonzaga, é tudo de bom! Obrigada, Lourdinha, meu abraço!

      Excluir
  35. Mais uma excelente reportagem, obrigado.
    Adorei a Igreja Matriz do Crato.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Maria, grande prazer tê-la aqui.
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  36. Olá Lucia
    Embora de ferias, vim dar uma espreitadela e encantar-me com mais uma postagem e com tão bonitas fotografias.
    Parabens, é sempre bom "passear" por tão bonitas paragens.
    Um beijinho
    Teresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Teresa
      Que bom, receber a sua visita até nas suas férias!
      Passear no Carriri, onde fica Crato, é bem proveitoso, há muito o que se conhecer...Há muitos anos não vou lá
      Um beijo,
      da Lúcia

      Excluir
  37. Querida Lúcia
    É sempre com muito agrado que venho ao seu Blog.
    Ao ler o nome da cidade,pensei no nosso Crato.Agora entendo que era mesmo uma imposição!
    São muito interessantes as fotos a preto e branco!
    O interior da Igreja Matriz do Crato é lindíssimo!
    Belíssima é a Cascata do Lameiro!
    Apreciei muito os vídeos que colocou. Obrigada.
    Um beijinho
    Beatriz




    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beatriz querida, estou "em falta" com você, nas idas ao teu lindo cantinho, de lindas poesias...e textos excelentes! São muitas as cidades homônima às portuguesas. Afinal, é justo, eles "descobriam" as cidades e queriam batizá-las, geralmente homenageando o berço natal.
      Obrigada, pelo carinho.
      Beijo,
      da Lúcia

      Excluir
  38. Que maravilha! Passear com História!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rosa,
      obrigada por ter vindo passear por aqui.
      Seja bem-vinda!

      Excluir