sábado, 19 de abril de 2014

ÍNDIOS DO CEARÁ

"DIA DO ÍNDIO" : 19 de Abril...
Excepcionalmente, damos uma "pausa", na série... Do CEARÁ: cidades de A a V, para prestar uma homenagem ao ÍNDIO BRASILEIRO. No vídeo, você terá conhecimento da situação presente, em que vivem as comunidades indígenas do Ceará. O documentário é extenso mas, vale à pena assistir até ao final...(nem que seja aos poucos...- arquive e assista - em tela cheia...)
NOTA: O vídeo é de de 2010 mas, o "panorama indígena" no Ceará, em quase nada alterou.
...................................................................................
VIVA O ÍNDIO CEARENSE...e os demais, claro!
...................................................................................
Até a próxima semana.................meu abraço!

44 comentários:

  1. Linda homenagem! FELIZ e abençoada PÁSCOA!! bjs,chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Lúcia!
    Maravilhosa sua postagem e muito importante também. Notei que a miscigenação no povo Tapeba é marcante, que o uso de trajes e maneiras foram totalmente corrompidos. Também que há muita vontade, como o caso da D. Margarida, em retomar a cultura perdida e conscientizar seu povo sobre o 'ser' indígena. O apelo da tecnologia e a vergonha são presentes, elementos descaracterizadores de uma cultura milenar. Sou antropólogo também e sinto no meu próprio sangue o desastre que os ditos 'civilizados' causaram nesses povos (muitos extintos - como os Caribes).
    Um dia apenas para homenageá-los e o restante para lamentar as perdas. Tristes trópicos!
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tocante, tudo que vem descaracterizando o modo de vida do povo indígena, pelo processo civilizatório. Muitas comunidades tentam resgatar e conservar alguns costumes. Vão se adaptando às tecnologias e vivendo como podem. Mesmo nesse único dia, são pouco lembrados. As perdas, são incontáveis e não há mais volta...Lamentável!
      Meu abraço, Augusto, e obrigada pela vinda e comentário.

      Excluir
  3. Importante seu post! Há tempos vejo essa data como uma alegoria em livros, filmes, histórias e, alguns depoimentos... Na realidade são excluídos do nosso convívio... Em poucas escolas, ainda se pintam, cantam e dançam com os alunos mais em "caricaturas" que homenagem e reverência de vida digna! País que nega suas origens... segue à deriva de suas responsabilidades.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A data é, lamentavelmente, uma alegoria, principalmente nas escolas. Vestem as crianças de índio e cantam "tipo Baby do Brasil"...O negro e o branco, são mais reverenciados, já os nativos pouco importam.. e a vida segue e nada fazem...
      os responsáveis...Meu abraço!

      Excluir
  4. Oi Lucia, eu sou adepta ao Xamanismo, bela homenagem!
    Vim lhe desejar uma feliz e abençoada Páscoa, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma bela opção, comentado.! Obrigada, por ter vindo e comentado. Que o Deus Tupã proteja esse povo!
      Beijos.

      Excluir
  5. O Brasil precisa tomar consciência dessa riqueza humana que possui, defende-la e valoriza-la... também disso se fazem as grandes nações. Prometo assistir ao vídeo noutra ocasião, porque o meu tablet não suporta o plug-in do vídeo.
    Um abraço, uma doce Páscoa
    Ruthia d' O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O governo brasileiro, só tem falácia...a situação do índio está cada vez pior, o documentário (só do Ceará) mostra bem a situação em que vivem os descendentes dos povos nativos da Nação!
      Um abraço, Ruthia. Boa semana!

      Excluir
  6. Santa ignorância!... Desconhecia que existissem índios no Ceará!!
    Adorei ver o vídeo. Os índios são a alma do próprio Brasil, e nunca percebi como quase todos os países têm essa tendência desumana de querer varrer os povos indígenas para debaixo do tapete.
    Uma Páscoa feliz aí em casa, Lúcia!
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando se fala de índio brasileiro, as pessoas "estrangeiras" pensam logo no Amazonas, me parece! No país todo, essa é a situação do povo indígena, descendentes dos nativos da terra que contribuiu para a miscigenação da nossa "brasilidade", ao se "unirem" ao europeu e ao negro africano que para cá vieram...
      Tenha um boa semana, Laura.

      Excluir
  7. Hoje venho desejar uma:

    P░Á░S░C░O░A ...•°✿✿º°。... F░E░L░I░Z

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lúcia, interessante vídeo de pesquisa sobre a realidade indígena no Ceará e por extensão em todo o Brasil. Assunto complexo e controverso
    dependendo do enfoque. Na década de 50 os irmãos Vilas Boas fizeram um excelente trabalho de reconhecimento das culturas indígenas e segundo a opinião deles na época os indios só sobreviveriam se fossem aculturados e integrados à sociedade brasileira nos seus aspectos civilizatórios. Entretanto, houve muitos aspectos de dificuldades nessa aculturação e os indígenas foram desfavorecidos e reduzidos as condições mais precárias da sua existência.Como movimento de recuperação agora estão os diferentes grupos etnicos valendo-se de suas lideranças para reforçar os valores culturais de origem e reconstruir a identidade...tudo muito bom! mas algo parece estar acontecendo...não tenho conhecimento suficiente de pesquisa antropológica mas existe algo em andamento e se desenvolvendo...a questão política de reconstrução de uma nação dentro de outra? com sintomas de ressentimento histórico?
    Uma situação específica diante da legislação brasileira...os indios à mercê de influências externas a`soberania nacional com a invasão de interesses externos e ao mesmo tempo dos interesses obscuros de parcelas da sociedade brasileira? Questões a serem levantadas e estudadas...
    Um abraço e Feliz Páscoa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito controverso e de enorme complexidade. É difícil julgar a atuação dos jesuítas,na catequização e a dos chamados "indianistas", já na nossa "era", com os irmãos Vilas Boas e tantos outros que vieram depois...(lembro-me do Darci Ribeiro...). A "balela" de demarcação de terras é velha, a atuação da FUNAI deixa muito a desejar...são tantas as críticas. O que se vê, na verdade, é essa peleja das comunidades indígenas, que nos leva a lamentar...Impasse difícil de superar...parece ser eterno!
      Meu abraço, Guaraciaba, e boa semana...

      Excluir
  9. Querida amiga Lúcia !!!!!!

    Passando por aqui para deixar o meu
    Abraço e carinho e, ao mesmo tempo,
    Deleitar-me com a beleza de seu Blogue
    E conteúdos, como também, desejar-lhe
    Um lindo dia e maravilhosa semana.
    Perdoa-me a demora na visita, mas
    Estava com sérios problemas no PC.
    Que haja muita Paz, Luz,
    Amor e felicidade em seu coração!

    Beijos de luz !!!!!!!!

    POETA CIGANO – 21/04/2014

    http://centelhaspoeticas.blogspot.com
    “Meus Sonhos e Devaneios Poéticos”


    Obs: Se ainda não pegou, no lado direito
    Do meu Blogue, no “Selos para os amigos”,
    Tem um mimo para seu belíssimo Blogue.
    “ESTE BLOGUE VALE OURO”. Basta
    Copiá-lo (Capturá-lo) para seus arquivos ,
    Salvá-lo e colá-lo em seu Blogue. Você é uma
    Amiga especial e me sentiria honrado.

    ResponderExcluir
  10. Querida Lúcia
    As suas publicações são sempre muito interessantes.
    É uma pena que comunidades assim não se mantenham com as características de origem! Mundo novo, gente à moda!
    Afinal, a população que habitava esse imenso território era originariamente de Índios.Depois é que outros povos aí chegaram,portugueses e de demais nacionalidades.
    Se há tribos que desejam manter o seu tipo de vida,não sei por que não respeitar o seu modus vivendi, menos predador e devastador do que o de quaisquer outros.
    Obrigada.
    Beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viviam aqui tranquilamente e desde a chegada do chamado "homem branco" acabou o sossego desse povo nativo...seus costumes e crenças foram se exinguindo e hoje pouco resta do passado. Tentam preservar alguns valores, come se vê.Não há respeito e o governo pouco ou nada faz, para aliviar a penúria em que vivem.
      Obrigada, querida Beatriz.
      Beijos!

      Excluir
  11. Boa tarde,
    Ao longo dos seculos os Índios tem sido obrigados a mudar cada vez mais para a periferia, que tem originado a diminuição da população e mudança dos seus hábitos e cultura.
    Penso que no parlamento Brasileiro não existe representação do povo índio.
    Boa semana
    ag

    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! À cada dia, a situação piora, seus costumes há muito alterados pela invasão do chamado "homem branco"...Atualmente, não há deputados que representem o povo indígena, anos atrás, já se elegeram alguns mas que pouco ou nada conseguiram de melhorias para o seu povo. Há um órgão federal, a FUNAI onde há representantes mas, os resultados são ínfimos.
      Um abraço, ag

      Excluir
  12. Que eles possam serem vistos como pessoas iguais a nós.
    Tenha uma abençoada semana. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, seria para assim ser! Quem sabe, a situação melhore!
      Um abraço!

      Excluir
  13. Muito interessante.
    Desejo-lhe um lindo dia.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Querida Lúcia, hoje não vou poder te acompanhar na tua visita como gostaria. Dia 16 chegaram cá 2 casais do Brasil, e tenho andado a mostrar-lhes o nosso Portugal. Mostro-lhes aquilo que em geral turista não visita, as nossas aldeias, o nosso Douro etc, etc. Eles andam encantados e eu feliz por poder mostra-lhes as pequenas belezas do meu país. Já lhes falei em ti e no teu blog, pois de vez em quando eles falam-me de lugares que conheço atraves da cadeirinha. Logo que possa voltarei para te seguir nas visitas maravilhosas que nos proporcionas. Sei que entendes e me desculpas a ausência. gosto muoito do brasil e para mim é sempre um grande prazer fazer de tudo para que o povo brasileiro que nos visita goste do que vê e se sinta em casa. Muito obrigada, Lucia e logo que possa aqui estarei, como sempre. Um beijinho de grande amizade.
    Emília

    ResponderExcluir
  15. Que bacana, Emília querida! Você é realmente uma grande anfitriã...Já fico a imaginar quando eu for a Portugal. Rever o Douro...que maravilha! Obrigada, amiga, não me zango por você se ausentar, juro que entendo...
    Beijos,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  16. Passei amiga. Vou seguir o conselho e arquivar o vídeo pra ver depois. Neste momento não dá, tenho o marido aqui ao lado a ver o noticiário na TV.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certamente, vai gostar de ver, Elvira.
      Um abraço.

      Excluir
  17. Valeu cada minuto!
    Vi e fiquei à espera de mais.
    Que bela cultura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Manuel! É bem importante, saber como os índios foram "atingidos" pelo homem branco... e sempre, garbosamente lutando para manter seus costumes.

      Excluir
  18. Respostas
    1. Até que têm conseguido preservar um pouco de sua cultura...É uma luta insana... de muitos séculos!
      Beijos!

      Excluir
  19. Não vou poder ver agora, mas voltarei.

    Assinalei o Dia do Índio no facebook.

    Minha querida , desejo bom fim de semana, pois eu estarei ausente quatro ou cinco dias.

    Abraço grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja depois, vale à pena! Obrigada, São!
      Tenha lindos dias...Um abraço.

      Excluir
  20. Olá, como está?
    É muito interessante o seu vídeo sobre os índios do Ceará!
    E quanto à sua dúvida sobre como teria sido essa questão dos portugueses terem corrido com os holandeses:
    Se isso não tem acontecido, provavelmente o Brasil, hoje, eram dois!
    Uns a falar português e os outros holandês (e agora sou eu que me pergunto se essa língua seria cantante e linda como a vossa), ou se seria holandês puro, arrevesado e insípido!
    Beijinho para si!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Calado!
      Esta é a situação dos índios cearenses nos dias de hoje. Há séculos estão sendo massacrados e é admirável a sua resistência...A sua tese é interessante, quanto a possível colonização do Brasil pelos holandeses. Então você aprecia, a nossa maneira de falar a língua portuguesa: "cantante e linda". O A língua holandesa, certamente não fosse tão musical e bela...
      Beijos, Poeta!

      Excluir
  21. Muito interessante esse documentário, Lúcia. Adorei. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei que você dá valor às "coisas nossas", querida Ceres. Beijos!

      Excluir
  22. Eles merecem respeito...
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  23. Oi Lúcia,

    Não vi o vídeo, pois o som do meu computador ficou mudo. Creio que está havendo mal contato, pois mais cedo ele estava funcionando. Salvei o link para poder assistir ao vídeo posteriormente.
    Muito bacana e louvável a sua homenagem.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, Vera, por vezes o vídeo emperra, na imagem, no som ou em ambos. Vale à pena, assistir! Obrigada, por vir sempre. Beijo!

      Excluir