quinta-feira, 18 de abril de 2013

ARACOIABA

Do CEARÁ: cidades de A a V ( XIV)
Ramal Ferroviário Arraial Santa Isabel - Aracoiaba- Ceará
Foto semelhante `a anterior...porém, com a "Maria Fumaça"...


ARACOIABA, está localizada a 73 quilômetros da capital, Fortaleza, na microrregião do Maciço de Baturité,na mesorregião no Norte Cearense.

ETIMOLOGIA
O nome Aracoiaba vem do nome de um rio que atravessa o município e tem duas origens: aracoiaba  ou aracoaguaba. O topônimo é de origem tupi-guarani, de ara (ave), cói (fala) e aba (lugar), significando "lugar do canto das aves". Sua denominação original era Comum, depois Aldeia Canoa e, desde 1871, Aracoiaba.

HISTÓRIA
A história de Aracoiaba mistura-se com a catequização  realizada pelos jesuítas junto aos índios que habitavam a região, e a introdução da pecuária na época da carne seca e charque. Ela remonta do século XVIII. Antes do início de sua colonização, essa região era habitada pelos índios tapuias: genipapos, canindé, choró e quesitos.
Em 1655, os jesuítas já estavam presentes na região do Maciço de Baturité, mais precisamente Comum, (hoje Olho D'Água dos Padres Jesuítas), e a partir do século XIX surge um núcleo urbano. Com a construção da Estrada de Ferro de Baturité, Aracoiaba, então Arraial de Canoa, entra como um elo na produção e exportação de café para o Porto de Fortaleza. Aos 14 de fevereiro de 1880, na localidade de Moamba, Muamba, ou Arraial de Santa Isabel, foi inaugurada a Estação Ferroviária de Aracoiaba.
Esta é a primeira Estação Ferroviária, de Aracoiaba, no
Arraial Santa Isabel.
A primeira Estação Ferroviária de Aracoiaba, e ruínas, no mato...
Segunda Estação Ferroviária...de Aracoiaba...Estação de Canoa.
...lamentavelmente, em ruínas, também...São patrimônios históricos:
a primeira e a segunda, que deveriam ser preservadas.
Antigo Matadouro  de Aracoiaba - Bairro São José
Igreja Nossa Senhora da Conceição, Matriz de Aracoiaba, em
sua construção original, com o belo cruzeiro à frente...
A Matriz de Aracoiaba, já com o estilo alterado ...
 Matriz de Aracoiaba em foto mais recente...durante o dia...
A linda Matriz, de portas abertas e iluminada, ao anoitecer...
 Altar Mor da Igreja Matriz N. S. da Conceição Aracoiaba-CE.
......................................................................................
DA LÁSTIMA...
Pontilhão Ferroviário, sobre o Rio Aracoiaba, há muito desativado.
Passei muitas vezes de trem (haviam trilhos, claro!) , por essa ponte,
rumo a Baturité. Hoje é via de pedestre...A ferrovia acabou...
...há muitos anos, passou o último trem...
O trem passava bem rente às grades de ferro...eu tinha medo...fazia
 muito barulho e a  minha mãe recomendava não por o braço na janela.
Ponte Rodoviária, sobre o Rio Aracoiaba...
...o rio está aí, sob o matagal, bastante poluído ...dá pena...
...apesar de muitas vezes não se perceber, em imagens...
...Boa parte da população, consciente, de Aracoiaba, já se mobiliza...
...em campanhas de limpeza, para a retirado do lixo que polui, 
esperança de salvar, o Rio Aracoiaba...Cadê, os governantes?
.........................................................................................
DO CURIOSO...
Rodovia que leva à Aracoiaba, partindo de Fortaleza...
De longe,  a Pedra Aguda, belo e solitário monolito...
...e bem à esquerda, baixinha...a Serra da Tamanca...
Ali perto, o Observatório de Aracoiaba...bem longe, a Pedra Aguda...
Observatório Moura Brasil, de Aracoiaba.
.................................................................................
Serra da Tamanca
Pedra Aguda
Por trás do belo Carnaubal , a lendária Pedra Aguda...
Homem, no cume da Pedra aguda, admirando a bela vista ...
Cactos, no cume da Pedra Aguda...
DA LENDA...

 (....) Aracoiaba, cidade do Maciço de Baturité, também possui suas lendas, entre elas, a mais conhecida, que resistiu  ao tempo e às mudanças culturais, conta a histórias da existência de dois reinos amigos que construíram, entre seus castelos, um elo subterrâneo, que servia de intercâmbio entre eles.
Num de seus castelos, a "Serra da Tamanca", morava um príncipe garboso e valente, possuidor de grande coração, amado por todos, nobres e plebeus e conhecido por uma invejável coragem.

No outro reino, a "Pedra Aguda", mais majestoso e rico, vivia uma linda princesa de pele rosada e macia como pêssego, olhos azuis, como pedra de anil e de cabelos dourados a como o trigo tremulando à luz do sol. Adorava os campos em que passeava e colhia perfumadas flores e corria livre a cantarolar maviosas canções de amor. Assim, encantava até os pássaros da "cidade onde os pássaros cantam" e chamava a atenção de todos. Nada ou ninguém ficaria mais seduzido que o próprio Príncipe pois o mesmo nutria desde cedo, em seu coração, um amor por aquela a quem ele aguardava crescer para tomá-la como esposa.

No meio de toda a tranquilidade em que fazia florescer aquele idílio, surge a tenebrosa ameaça de uma guerra. Outros povos queriam invadir os seus domínios. Pela exuberância bélica do exército inimigo era provável que cedo seriam derrotados. E, diante de tamanho perigo, a princesinha angustiada , apela à sua fada Madrinha, que pensando no amor dos dois, imediatamente organiza uma grande festa, à qual todo o reino compareceria para festejar o enlace matrimonial daqueles que se transformariam num exemplo de amor.

No entanto, durante a cerimônia, antes de ser selada a união, aproveitando-se da ocasião, os inimigos atacaram. E a fada madrinha, percebendo a destruição que ocorreria, transformou os Castelos em grandes rochas e os guardiões em estátuas os que  de pedra, pondo e fuga os inimigos.
O suntuoso Castelo, onde residia a Princesa, transformou-se em eterna morada dos amantes que, encantada até hoje, sobreviveu na mente das pessoas residentes em Aracoiaba, que é o exuberante Monolito, conhecido como "Pedra Aguda".

Há ainda  os que atribuem à pequeníssima fonte existente no sopé da Pedra Aguda, lágrimas da Princesinha que não param de jorrar, já que seu grande sonho é se ver livre deste encantamento para desfrutar as vantagens de viver ao lado de seu onírico amor.

A suntuosa estrutura de Pedra é marcada por um grande orifício semelhante a um imenso olho, que segundo a lenda, é a entrada do Castelo, e  quem conseguir chegar por ele ao interior da Pedra, com certeza, irá desencantar o casal de Príncipes que lá repousa.

Excerto do texto de Ana Maria Nascimento - " Lenda da Pedra Aguda e Serra da Tamanca", publicado no site Superintendência do Patrimônio Histórico e Cultural de Aracoiaba.
Suposição de OVNI, rondando o Monolito  Pedra Aguda...
Fotos do site Sup. do Patrimônio Histórico e Cultural de Aracoiaba.
À esquerda, a SERRA DA TAMANCA e à direita, a PEDRA AGUDA.
Foto de Rose Mary Santana Matos, que ilustra o  texto  de Ana Maria Nascimento
 "LENDA DA PEDRA AGUDA E SERRA DA TAMANCA".
Como chegar à Pedra Aguda...
...................................................................................

 Fontes: Wikipédia; Superintendência do Patrimônio Histórico e Cultural de Aracoiaba; Estações Ferroviárias do Brasil; Blog do Parceiro;blog Artur Ricardo-Historiador; Café História.
Fotos: dos blogues citados e Panoramio.
..................................................................................
Até a próxima 5 ª  feira...............................um abraço!

83 comentários:

  1. Oi querida,
    Tudo muito lindo
    Gostei da lenda do príncipe....
    Na História do Brasil um príncipe também fez um túnel para ir à noite a casa da amante. Claro que você sabe quem é.( O pior que não é lenda).
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrado! Além da marquesa, ele tinha como amante uma irmã da Marquesa de Santos, a Baronesa de Sorocaba, que morava próximo à Igreja da Glória, no Rio, onde também havia um túnel por onde ele passava para a casa dela, quando ia à missa...É tudo verdade, tenho foto! Quantos túneis ainda serão descobertos?
      Obrigada, Dorli, um beijo!

      Excluir
  2. Oi,Lúcia, interessante como cada cidade tem características próprias que lhes dão uma espécie de personalidade ou de alma mesmo.Esta cidade apresenta alguns aspectos interessante que a mim parece possuir uma população idealista e romântica: a construção de uma história romântica (de influência europeia) em volta de acidentes geográficos do relevo, bem interessante saber como
    foi que se elaborou esta fábula; a construção de observatório
    astronômico para ver constelações, astros e incluindo-se até a presenças de OVNIS...muito interessante; as trilhas, a abertura na pedra, os mistérios do imaginário popular faz a sua beleza que me parece reside na sua gente e na sua construção social.De resto e bem Brasil o descaso pelo patrimônio histórico e natural e a possivelmente a falta de recursos e planejamento governamental que fica a mercê dos interesses ocasionais.
    Obrigada por compartilhar o seu trabalho de estudo e pesquisa
    que tanto nos enriquece.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Guaraciaba, depende muito da região em que se localiza a cidade. A gente compara Aracati, no litoral e Aracoiaba, na serra, interiorana, e percebe nitidamente as grandes diferenças. Gosto muito dessa região, faz lembrar muito a minha infância, pelas viagens de trem...foram tantas!
      Eu agradeço muito, o seu precioso comentário, com essa visão sociológica, que tanto me enriquece, pela competente análise que faz. Um abraço.

      Excluir
  3. Lúcia,
    Esta lenda me fez lembrar as histórias que a minha mãe contava... cheia de príncipes, princesas e sonhos encantados.
    Logo que vi as duas primeiras fotos, fiquei contente de ver uma maria fumaça, mas a revelação do descaso que acontece neste nosso Brasil quanto à conservação dos seus patrimônios, me entristeceu.
    Seria mais um encanto se ao canto dos pássaros se juntasse o apito do trem...
    Xêro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achei tão linda essa lenda, amiga, que não quis privar os leitores da Cadeirinha de conhecê-la. Faz mesmo lembrar as histórias da carochinha, cheias de príncipes, fadas e bruxas...
      Tive que trazer o lado triste da cidade, que é esse descaso pelos monumentos antigos, de tanto valor.
      O Brasil necessita de ferrovias, além de mais rapidez, é muito mais romântico um trem do que um ônibus.Até...
      Xêro

      Excluir
  4. Olá Lúcia!

    A cada visíta em seu blog, eu me encanto mais e mais com este nosso gigante Brasíl...mas em contra partida, fico triste em ver mais um patrimônio brasileiro sem o minimo cuidado. Lúcia; eu costumo dizer, que vivemos em um pobre País Rico... somos afortunados em tudo, mas pobre de admistradores politicos.

    Mais uma vez parabéns para você, por nos doar estas dádivas deste Gigante Varoníl.

    Abraços e ate a proxima aula.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jota, que bom você aqui, com o seu rico comentário, pelo elogio, carinho e sensatez, na análise que sempre faz.
      Perfeito, o que diz: "Pobre País Rico", esse nosso Brasil. Os futuros governantes fazem tantas promessas,e quando assumem, quase nada é feito e "levam" muito para si...
      Obrigada, um abraço, volte sempre.

      Excluir
  5. Adorei a lenda, as fotos, as curiosidades. Lindo teu post entre esse resgate e história! beijos,lindo fim de semana,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tudo lindo, né chica? Um lindo "pacote", eu diria rsrs
      Obrigada, por vir sempre, beijos, bom final de semana...

      Excluir
  6. Pedra gostosa de escalar, Lúcia! E o pacote inclui lenda a cactos simpáticos. Melhor impossível. O rio daqui, o Piracicaba, também esteve extremamente poluído por despejos industriais. O cheiro era insuportável. Parecia morto pra sempre, mas conseguimos limpá-lo. O povo de Aracoiaba também pode conseguir salvar seu rio. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só acho bonita, jamais escalaria, por mais gostosa que seja rsrs ...
      O pacote, é sempre completo, não faço por menos (rs).
      Essa coisa errada de poluição é que atrapalha tudo, tira a beleza, o sossego e a saúde, dos mananciais e a do povo. Em toda parte, está assim, CE, SP, AM, RS...e os outros...Espero que o povo Aracoiaba tenha a mesma garra de Piracicaba. Obrigada, Amiga. Beijos!

      Excluir
  7. Lucia como deve saber o meu pc pifou e esteve no estaleiro que é como quem diz a arranjar, pelo que não sei se ficou alguma cidade para trás mas assim que me atualizar volto para ver isso.
    Fiquei desolada com o abandono que transformou em ruínas as antigas estações.
    Linhas de ferro desactivadas também por cá há algumas geralmente situadas em sítios de rara beleza que bem aproveitadas para o turismo decerto seriam uma mais valia numa altura em que o País anda de mão estendida.
    Um abraço e mais uma vez obrigada pelas viagens nas cidades e na história que nos proporciona
    Bom fim de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho lido lá, Elvira querida, na Sexta-Feira...desejo que tudo se resolva a contento, para você e para nós, seus leitores...
      É mesmo desolador, ver a situação em que se essas construções tão antigos, que se tornaram patrimônios da cidade. Tem ocorrido em toda parte, este descaso. É de se lamentar.
      Obrigada, tenha um bom final de semana, meu abraço.

      Excluir
  8. Olá Lúcia.....
    Que encanto de cidade...., que belas paisagens...., que linda lenda....!!!
    Só é pena ver que algumas infraestruturas se encontram em ruínas...., mas enfim....., infelizmente é o que acontece um pouco por todo o lado...
    Aqui em Portugal queixamo-nos do mesmo.....
    Mas é sempre um prazer ler os seus textos sobre as belezes desse País encantador....!!!
    Um abraço Lúcia
    Tenha um bom fim de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Albertina, você sempre aqui, fico feliz, com os seus comentários, sempre tão incentivadores, agradáveis!
      Como venho dizendo, os descasos veem ocorrendo em toda parte. Só não se pode aceitar de bom grado, o povo tem que reagir em protestos, em reivindicações constantes, para reverter esses quadros calamitosos.
      Obrigada, um forte abraço, bom final de semana...

      Excluir
  9. Lúcia!! Boa noite!

    Lindo seu blog, quanta cultura e informação!! As fotos, os textos, tudo muito emocionante... Dá vontade de ficar por aqui matando a saudade do Ceará, adorooo!! Aliás, amo o nordeste e vamos, meu marido e eu, uma vez por ano meio sem destino, sem roteiro. Meu sonho mesmo era morar definitivamente em Fortaleza ou Recife, duas cidades que tenho paixão!!

    Obrigada por compartilhar conosco tanta beleza!!

    Bjos, lindo final de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sueli!
      Só hoje, estou a lhe responder.Agradeço, a sua vinda e o seu tão elogiosos comentário. Que bom saber que conhece e gosta do Ceará, do Nordeste. Decida-se, planeje e venha para Fortaleza ou Recife. Quando a gente tem paixão, deve estar perto do objeto que a desperta rsrs
      Um belo domingo!
      Beijos!

      Excluir
  10. As fotos da linha do comboio lembrou-me os meus tempos de menino.
    Levavam-nos para os campos perto de onde passavam muitos comboios e ali ficávamos todo o dia debaixo do olhar dos nossos pais.
    Gostava de ver aquelas maquinas enormes que faziam tremer o chão e que eram muito compridos com muitas carruagens.
    Parece que ainda hoje sinto o cheiro daquelas tintas e do fumo que eles faziam...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que mais nos faz lembrar a infância, são essas visões do que já não existe..Era exatamente como você descreve, Coelho amigo!
      Aqui existe o Museu do Trem, onde encontramos essas lindas máquinas e vagões...
      É muito bom, relembrar, até o cheiro vem!

      Excluir
  11. Bom dia de sábado de Sol!!
    ♫♫♫ (¸.•❋

    Vim deixar um abraço ,desejar um belo
    final de semana, ver e gostar do seu
    post.
    Termino com uma frase que adoro.

    Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!

    (Vinicius de Moraes)

    Abraços com carinho
    Rita!!!!
    ♫♫♫ (¸.•❋

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom domingo, Rita, de Sol!
      Obrigada, por gostar do blog e pelo carinho.
      Também, por citar Vinícius...Lindo!
      Um beijo,
      da Lúcia

      Excluir
  12. Boa tarde Lucia, que lugar mais lindo nos apresentastes, o Brasil é realmente um grande mistério... bjks e tenha uma semana iluminada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Lo!
      Obrigada, pelo carinho, sempre aqui a elogiar. Este Brasil, é também de mistérios mil...
      Beijos, bom domingo!

      Excluir
  13. Boa tarde Lúcia!
    Que interessante a 'Lenda da Pedra Aguda e Serra da Tamanca'.
    E que fotos lindas da Matriz de Aracoiaba;
    uma pena o Rio da cidade estar poluído e abandonado...
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Clau, essa lenda eu não podia deixar de publicar, é um conto de fadas...A matriz, é um encanto, o lamentável é mesmo o descaso com o rio...
      Obrigada, por vir sempre!
      Beijos!

      Excluir
  14. Amo ver estes posts, tem lugares ai que gostara de ver de perto, quem sabe? rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São lindos sim, para vir ver...é só vir rsrs, espero que venha! Beijos, Patrícia, obrigada!

      Excluir
  15. .

    .

    . lindÍssimas as fotografias . especialmente as que estão em tons sépia . a retratarem lugares bonitos de um bonito país .

    .

    . bom fim de semana .

    .

    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho preferência pelas bem antigas...em tons sépia...
      Esses lugares, vi muitas vezes, estão gravadas na mente, também, as imagens das fotos...
      Obrigada, bom domingo!

      Excluir
  16. É exatamente nas mãos de Jesus que devemos nos colocar quando as coisas não vão bem.
    Se a luta está pesada, busque auxílio nele.
    Somente em Jesus encontramos a verdadeira segurança e a verdadeira paz.
    Agradeço o carinho e compreensão pela demora,
    em retribuir sua visita tão carinhosa.
    Deus abençoe seu final de semana .
    Beijos no coração e meu eterno carinho,Evanir..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Evanir, uma bela mensagem.
      Um beijo,
      da Lúcia

      Excluir

  17. Olá Lúcia

    Já terminei a minha visita a Aracati.
    Agora estou aqui na Aracoiaba, lendo a etimologia do seu nome e a sua evolução. Dá pena as estações de caminho de ferro, património históricos, que estão ao abandono; o rio Aracoiaba, poluído ; ainda bem que os habitantes da terra estão já atentos ao que se passa. Espero que eles consigam fazer passar a sua voz a quem de direito, aos que têm a obrigação de tomar iniciativas no sentido de salvar o rio.
    Adorei a lenda da 'Pedra Aguda'. Assim ao longe, pelo formato e com as devidas proporções, dá ares com o Corcovado. Ou estou a exagerar?

    Um bom fim de semana, minha amiga.

    Beijos

    Olinda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vi e já respondi, veja lá!
      Você sempre amável, Olinda, com a sua atenção e carinho que tanto me agradam.
      Veja só, quantos maus tratos com um rio que é tão benfazejo à população. Ironicamente, é parte dessa mesma população que causam tantos danos ao rio. As estações, poderiam abrigar um centro de cultura,e a população precisa reivindicar aos órgãos municipais. Uma pena!
      A Pedra Aguda, para mim, lembra mais o Pão de Assucar, pela forma...rsrs
      Um bom domingo, beijos minha amiga, da Lúcia

      Excluir
  18. Obrigado Lúcia por mais esta maravilhosa viagem, através da leitura e das fotografias ficamos a conhecer lugares incriveis como este. Que linda é a igreja Matriz de Aracoiaba. Adorei todas as fotografias.
    Um excelente domingo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Maria, é sempre um imenso prazer, a sua visita. Das cidades mais antigas, a gente consegue imagens antigas e podemos comparar com as atuais, o que fica bem interessante.
      Tenha uma boa semana.
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  19. o castelo de pedra habitado pelo príncipe garboso e a princesa cor de rosa

    para toda a eternidade

    um dia, sairão


    muitas terras, muitas lendas

    e dá pena ver os caminhos de ferro e as pontes ao abandono

    as viagens de combóio são mágicas, ou eram


    um abraço, Lúcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As lendas, são sempre encantadoras, dando um toque de magia aos lugares. Só não há magia no descaso das autoridades, deixando uma triste realidade para as coisas antigas...
      Um abraço, Manuela!

      Excluir
  20. Oi Lúcia!
    Quando venho aqui, juro, sempre foi para aprender, mas quando vi agora a sua resposta ao meu comentário, você me fez rir, não quis entender muito a história e você o fez, é mais corajosa do que eu.rsrs.
    Um beijo
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não resisti, em declarar o nome da amante do imperador...aliás, os nomes de duas...há mias!
      Depois dos 70, ficamos assim, mais corajosas, sem censura rsrs..
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  21. Querida Amiga.
    Minhas saudades é muito grande
    de estar sempre presente no seu blog.
    Estou tentando voltar correndo de tanta saudades
    de visitar a todos que tenho muito carinho.
    Eu vivo justificando sempre minha ausência
    fico triste demais a presença de cada amigo (a)
    é muito importante para mim.
    Fico feliz não só de receber ,
    mais de retribuir o carinho que sempre recebi.
    Espero tudo ficar bem em minha vida
    e nunca mais ficar longe de você.
    Deus abençoe sua semana .
    Beijos no coração carinhos na alma.
    Evanir..
    Com Cristo tudo eu posso.
    Eu posso suportar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Evanir, pela bonita mensagem.
      Um abraço.

      Excluir
  22. Esteticamente, não sei dizer o que é mais bonito: se as ferrovias e estações quando eram novas (nas fotos antigas), ou se as ruínas atuais. Claro que não se pode preservar tudo, mas seria muito bom se algumas dessas joias do passado fossem restauradas (e não "reformadas", como algumas vezes acontece). Torço por isso. Parabéns pela ótima postagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, até mesmo as ruínas, são plasticamente belas. Tenho visto, com minhas andanças pelas cidades onde passava a linha férrea, que em muitas a estação está sendo preservada para a ocupação de centros culturais. É um bom destino!
      Obrigada, Marta,
      um abraço

      Excluir
  23. Lúcia,
    é bom estar por aqui e conhecer o seu cantinho tão cultural!
    Gostei do que li/vi sobre Aracoiaba... Interessante e traz muito ensino e aprendizado!

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei, que você veio! Volte sempre e fique à vontade, para apreciar e comentar. As cidades são ricas, em História!
      Obrigada, um abraço!

      Excluir
  24. Lúcia as estações são sempre edifícios muito bonitos, não é verdade? Creio que isso deve deve ao facto de ter sido o mais importante ponto de partida e chegada das pessoas. Essa igrejinha, muito simples mas muiio bela nessa singeleza.; o altar não tem aquela sumptuosidade do costume, mas é maravilhoso e é destes que eu mais gosto. Hoje, Lúcia vou fazer-te um convite. Há um blog que às vezes frequento que se chama Fortaleza Nobre--fortalezanobre.blogspot.co. Vais gosta muito, pois a Leila dedica-se só a pesquisas sobre Fortaleza. Vais gostar. Fiz o mesmo convite a ela. Obrigada mais uma vez por tantas informações e fotos. Fica bem, amiga! Um beijinho carinhoso
    Emília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todas as estações, para mim, deveriam ter sido preservadas, contam parte da história de uma cidade que teve via férrea, com a sua estação.São tão lindas, asim como as igrejas, os teatros...
      Já conheço o blog da Leila, obrigada, Emília, pelo convite. Acompanho muitos dos que são dedicados à Fortaleza, Ceará, ou outra cidade do estado.
      Obrigada, minha amiga,um beijo,
      da Lúcia

      Excluir
  25. Olá Lúcia,
    Que bom viajar pela sua mão por essas terras do seu Brasil. Gostei de Aracoiaba e as fotos são excelentes, como sempre.
    Cada foto é um documento histórico a preservar!
    Um beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto, de trazer você, e quantos venham, a viajar pela minha terra. Estou mostrando só as cidades do Ceará, e já é tão grande, a viagem!
      Obrigada, Maria Eduarda, por vir sempre, e pelo carinho.
      Beijos!

      Excluir
  26. Querida amiga

    Fico enternecido
    com tanta beleza
    e tanto cuidado
    em sua divulgação
    de nossa terra...

    Acorda a alegria em ti,
    como quem acorda uma pessoa muito amada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido amigo e conterrâneo que, como eu ama tanto esse nosso torrão natal...
      O prazer em divulgar essa terra, é imensurável!

      Obrigada, poeta!
      Beijo!

      Excluir
  27. Nosso Brasil é lindo com lugares belos e muita história, uma pena que os políticos não cumpram com seus deveres e ainda muitas pessoas poluem o próprio habitat. Muito legal o seu post, sempre aprendemos um pouco mais da nossa história aqui!!!
    Bjs :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bia, que bom que você veio!Obrigada!
      Pois é, tanta coisa bonita, para preservar. Tanta gente zelando e tanta gente sem colaborar com a preservação do patrimônio. Temos sempre que estar atenta, para que se cuide bem de tudo, é tudo nosso e ficará para as gerações futuras. Beijos!

      Excluir
  28. Querida Lúcia

    "lá vem o combóio!...", foi a primeira expressão que tive ao ver as imagens iniciais.
    Relembrar que ele foi o precursor do desenvolvimento dum País.
    Depois, a tua narração sempre frutuosa e informativa que nos transporta (isso sim) a tanta beleza que a Terra tem.
    Parabéns por mais este Guia.


    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Lá vem o trem..."- se diz aqui..."piuí,piuí, piuí...", tão lindo, e deram fim...como pode? Por isso, também, SOL, por ter sido o início de tudo que temos hoje, deveriam ter se mantido. Só resta lamentar!
      Obrigada, meu querido, por vir sempre!
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  29. Porque será que tudo que seja lenda atrai o nosso imaginário? Uma linda historia de amor com a particularidade de ainda resistir ao tempo nessa Pedra Aguda que vista de perto desperta mesmo curiosidade. Depois, Lúcia, as fotos são sempre um encanto. A Matriz, iluminada é linda, as paisagens lindas, o rio nem parece poluído e as estações ferroviárias desativadas causam uma enorme nostalgia acentuada ainda mais com o preto e branco.
    Escusado será dizer que adorei mesmo. Aliás estou adorando!
    Bom fim de semana
    Beijinho grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem não gosta de lenda, "bom sujeito não é, parodiando um samba antigo rsrs
      Eu tinha obrigação,de incluir essa lenda maravilhosa, da Pedra Aguda. Foi-me desconhecida por tanto tempo! Aracoiba, onde estive quando criança, me surpreendeu agora...nas pesquisas.
      Obrigada, Manu, por estar sempre aqui com o seu carinhoso comentário, de boa apreciadora.
      Beijos!

      Excluir
  30. Lucia
    Me desculpe . Eu nao vi que tinha escrito.Voce tambem teve comadres, como mamae teve e eu também.. Eu estou assim desanimada pra escrever porque eu escrevia historias verdadeiras, passeios verdadeiros. Mas minha irma que é advogada me disse ser muito perigoso. Que as pessoas inescrupulosas estao agindo na internet.
    Voce escreve sobre o passado de sua familia. Eu ando colocando o que mame escreveu sobre seu passado . Mas eu gostaria era de escrever. Vou tentar inventar, mas sou muito verdadeira, nao saberei criar. com muito carinho sua amiga que a adora e estima muito
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Moniquinha. Não fique com receio de fazer as postagens de fatos verdadeiros, basta não registrar endereços. Não creio que haja pessoas que irão invadir o seu espaço.
      No momento, estou escrevendo o que descubro de mais interessante, nas cidades cearenses. Você poderia fazer sobre as cidades chamadas "históricas" de Minas. Há tanto o que mostrar, amiga!
      Adorei, você aqui.
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  31. E eu sou o teu 410 !

    Gostei do que vi hoje.
    Relíquias de um tempo que não volta mais...

    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, João, obrigada, por ser o meu 410 (número bonito!)...
      Obrigada, também, pelo comentário. São mesmo relíquias, que é prazeroso, para quem mostra e para quem ver.
      Um beijo

      Excluir
  32. Olá amiga!
    Que bom conhecer Aracoiaba e a lenda da Pedra Aguda! Gosto de passear por aqui, de ver as fotos antigas e as recentes, de ler os textos que nos vão elucidando e enriquecendo. Maravilhoso esse passado que nos acompanha vida fora!
    Beijos.
    M. Emília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, amiga! Gosto, que tenha gostado! Tenho a mania de fazer um guia bem fácil para quem quer viajar por essas terras...Esses lugares, são compensadores, à vida agitada de hoje, nas grandes cidades (como a que eu moro). Obrigada, Maria Emília, por vir!
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  33. Que lindos prédios, como é interessante conhecer um pouquinho do nosso país mesmo não saindo de casa.
    Pena que nosso Brasil é feito na maioria de pessoas que não tem memória, e deixam suas belezas e obras se acabarem com o tempo.

    Mas de qualquer forma é tudo muito lindo, amei conhecer essa cidade no Ceará.

    Querida
    Deixo pra você abçs e carinhos,
    RM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, o Mundim Nosso por aqui, no "nosso mundin" cearense! Fique à vontade, para espiar tudo, sem sair de casa. Veja só, o que fazem, pura falta de consciência!

      Obrigada, por vir!
      Meu abraço!

      Excluir
  34. Que coincidência, quando criança eu visitava muito Guaramiranga e Mulungu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estive em Guaramiranga e Mulungu, em julho do ano passado, alí é lindo demais...todo o maciço é lindo!
      Beijo, Kinha, obrigada!

      Excluir
  35. Olá Lúcia querida


    Vim retribuir tua visita e gostei muito do teu blog!!!
    Tudo lindo e de muito bom gosto, por isso resolvi ficar.
    Se puder dá uma passadinha no meu e segue também se gostar.

    Beijos
    Ani

    HTTP://cristalssp.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, você ter vindo, Ani!
      Devo voltar logo, ao seu blog, me aguarde!
      Até, beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  36. Querida amiga Lúcia !!!

    Muito me honrou mais uma sua visita ao meu
    Blog. Obrigado pelo carinho para comigo e meus
    Trabalhos.
    Como é maravilhoso este nosso país. Seus mitos, suas lendas, suas belezas e verdades tão ocultas aos olhos dos governantes que teimam em não vê-las. Tudo esquecido e largado à mercê do tempo. Culturas riquíssimas, histórias belíssimas que só não se perdem, graças a pessoas como você e outras, Lúcia, que são os verdadeiros brasileiros, orgulhosos do nosso passado e, o que ele representou e representa para o nosso povo. Adorei as imagens e as histórias. Meus parabéns.

    Beijos de luz !!!!!!!!!!!

    POETA CIGANO –25/04/2013

    http://carlosrimolo.blogspot.com
    “Poesias do Poeta Cigano”

    ResponderExcluir
  37. Quando vou ao seu blog, meu querido Rimolo, poeta cigano, leio as suas crônicas com imenso interesse, por encerrar sempre um tema social, familiar de grandes propostas para um mundo melhor. Quando leio poesias, saio em pleno encantamento.
    Parabéns, pelos seus trabalhos e obrigada, por vir sempre.

    Bom final de semana!
    Beijos, da Lúcia

    ResponderExcluir
  38. Quando venho aqui, leio, atentamente, o resultado de sua excelente pesquisa. Mais uma cidade que me era desconhecida. Essa lenda passa de geração a geração e creio que seus moradores sempre se lembram dela, ao olhar seus símbolos. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz, que assim seja, Marilene. Faço esse trabalho com muito carinho para que todos o aprecie, como você. Obrigada!
      Um beijo!

      Excluir
  39. Mais um pouco de história, mais uma grande aprendizagem para mim!
    Sempre excelentes trabalhos de pesquisa, obrigada pela partilha.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todas as quinta-feiras, trago uma nova cidade, com a sua própria história. Obrigada, por vir sempre...
      Beijos!

      Excluir
  40. LUCIA



    Obrigada pela visita
    Depois de andar adoentada e preocupada voltei...

    vou ler poesia e...escrever poesia

    deixo Amor,Amizade e muito carinho.

    tive mesmo saudades...

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, você de volta, Lili!
      Vou lá em AFRICA E POESIA, ler as maravilhas poéticas.
      Saudades!
      Beijos!

      Excluir
  41. Lucinhamiga

    Rosinhamiga

    Hoje não faço qualquer comentário pelo motivo que se segue:

    Venho informa-te que estive muito doente. No sábado passado, inesperadamente, perdi a fala, perdi a consciência, perdi os movimentos.Fui ao Hospital de Santa Maria, felizmente puseram-me em bom estado, tal como podes ver através deste comentário.

    Logo que possível, por carta desenvolverei a tremenda ocorrência.

    Diz-me na Travessa o que pensas disto, sff. Muito obrigado

    Qjs

    H

    ResponderExcluir
  42. Querida Lúcia
    Muito obrigada pelo comentário feito ao texto do meu pai. Fico tão orgulhosa!
    Mas, devo dizer também que tenho um enorme orgulho em ter acesso ao seu blog e poder ler as suas postagens.
    ARACOIABA-com a sua lenda tão romântica e interessante!Até me apetecia ir à Pedra para quebrar o encanto dos dois príncipes.Belas fotos,indicações preciosas,tudo o que um turista precisa.
    Continuação de uma boa semana.
    Beijinhos da
    Beatriz

    ResponderExcluir
  43. Querida amiga, explorando teu blog arretado de bom, encontrei Aracoiaba, onde todas as férias escolares e outros feriados, lá estávamos gozando as maravilhas da terrinha. Meu pai e seus irmãos nasceram nesta cidade. A foto da ponte da linha férrea está lá no meu mural, com meus pais, uma tia e uma sobrinha. Por uns tempos eu deixei a foto da Pedra Aguda. Eu também quando criança tinha medo de passar pela ponte, somente com as mãos de meu pai a me segurar. Bons tempos, tempos inocentes. bjs.

    ResponderExcluir