quinta-feira, 21 de março de 2013

ANTONINA DO NORTE

Do CEARÁ: cidades de A a V  (X)
Lindo Ipê Roxo, em Antonina do Norte-Ceará (Foto:Tom Lins)

ORIGEM DO POVOADO
A região cearense na qual está inserida a cidade de Antonina do Norte, teve seu povoamento originado no expansionismo colonial brasileiro dos séculos XVII e XVIII, através da penetração do interior nordestino à busca de verdes pastos para a criação de bovinos. A cidade de Antonina do Norte originou-se do antigo povoado de Mocambo, que era parte integrante do município de Saboeiro. O espaço geográfico era um sítio que pertencia a três irmãos: Manuel, Antônio e Joana da Silva Mota. O nome "Mocambo" se deve ao seguinte:  a sede da fazenda era no sítio Riacho Fundo ( a 9 km da atual sede da cidade), na beira do Rio Conceição. Em época de muita chuva (inverno), faltavam muitas vacas no curral da fazenda; saindo-se à procura, encontravam-nas no local que hoje está instalada a cidade que, à época, era um terreno de mata virgem. Levavam-nas de volta ao curral, porém algum tempo depois elas voltavam a sumir. Então começaram a comentar : "Elas estão no mocambo, estão amocambadas". Daí, fizeram um amansador de gado por essas bandas, e se iniciaram a construção das primeiras casas no terreno (1882) e o nome do povoado ficou sendo Mocambo, "por causa das vacas que se amocambavam por lá".
................
(....) a população de Mocambo aspirava que o nome da cidade fosse "Santo Antônio" ; na Assembleia Legislativa verificou-se que não poderia ser esse nome. Então, o deputado estadual Plácido Castelo sugeriu o nome de "Antonina", em homenagem à sua mãe. Este nome foi aceito pela Assembleia Legislativa. O próximo passo foi verificar, no mapa dos municípios  brasileiros, a existência, ou não, de um município de mesmo nome: havia um, no Paraná.
Daí o nome de Antonina do Norte, porque já existia uma "Antonina" no Sul do país. Sem embargo, a emancipação do distrito foi efetivada no ano de 1958, quando vigorava a constituição de 1947.
Antonina do Norte está localizada na microrregião de Várzea
Alegre, na mesorregião Centro-Sul Cearense, a 473 quilômetros
da capital, Fortaleza.
 A área de Antonina de Norte é de 260,101 quilômetros quadrados.
A sua população, estimada em 2004, era 7.239 habitantes...
Praça da Igreja Matriz, a principal de Antonina do Norte.
Igreja Matriz de Santo Antônio. de Antonina do Norte.
Imagem do Padreiro de Antonina do Norte, na Praça da Matriz.
Outra imagem ,de Santo Antônio, em pequena praça....
Residência bem cuidada, na zona urbana da cidade...
.................................................................................

Açude, em Antonina do Norte, cujo bioma é a Caatinga...
...em período de seca, assim ficam os açudes ...
...cena comum : trabalhador rural com seu burro, transportando...
...tonéis de água, por longos caminhos...
...com o sol escaldante...
...parecendo incansáveis:  animal e homem, na mesma labuta!.
Casa de taipa, com cisterna para captação de água de chuva
................................................................................

O maior açude de Antonina do Norte...em período  de chuva...
...um sensacional  salto de costas...
...registrado pelo fotógrafo Zig Koch..para o site...
...aí impresso, nas fotos acima : www.naturezabrasileira.com.br
....................................................................................

EM TABULEIRO DOS MENDES...
...uma capelinha Art Déco...
A capelinha de São Sebastião, tem apenas 21 metros quadrados.
Tabuleiro dos Mendes,onde ela está, é distrito de Antonina do Norte.

Concluída em 1947, a conclusão da Capela São Sebastião, em Tabuleiro dos Mendes, resultou de uma promessa de Maria Mendes Rates, proprietária da fazenda. Em plena segunda Guerra Mundial, ela prometeu que construiria uma capela, em sua fazenda, se a guerra tivesse logo um fim. A construção teve início em 1945, tão logo foi anunciado o fim da Segunda Guerra Mundial. 
_"A minha tia, Maria Mendes, fez uma promessa de que se a
Segunda Guerra acabasse, ela construía uma capela dedicada a
 São Sebastião" ,conta a aposentada Maria das Graças Arrais Mendes.
Com área de 21 metros quadrados, o templo desperta a curiosidade
por conta de suas características arquitetônicas influenciadas pelo Art Déco...
Esta jovem, é Sebastiana  zeladora da capela,
que recebeu esse nome em homenagem ao santo.
Altar da Capela , com a imagem do padreiro ao centro.
 
Com pessoas à frente, percebemos melhor, a pequena dimensão da capela.

RESISTÊNCIA:
_  "A nossa ideia, é ampliar os fundos para construir uma sacristia - explica Maria das Graças Mendes - a gente não permite que o templo seja demolido para construir um novo, maior".

Fontes:
Wikipédia; Jornal Diário do Nordeste; Natureza Brasileira.

*******
Estarei de volta na próxima semana.........................Um abraço!

107 comentários:

  1. Olá Lucia!

    Vim para deixar meu abraço e também me inteirar das novidades da semana...pois sempre que por aqui passo, levo alguma novidade, para comentar com meus amigos.

    Um otimo final de semana para você.

    Abraços e ate mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jota!
      Quanta gentileza, obrigada, pela atenção e carinho.Venha sempre que é um grande prazer. Um fim de semana feliz.
      Um forte abraço, até mais.

      Excluir
  2. Lúcia,bom dia!
    É sempre muito prazeroso visitar teu blog e conhecer mais sobre nossa terra e sua gente a partir das tuas heranças familiares conosco partilhadas.Há muito tempo sigo estes registros e percebo o carinho e primor deixado em cada postagem.Não posso deixar de dizer mais uma vez parabéns!
    Meu abraço também já desejando uma feliz páscoa junto aos seus visto que estarei fora da Internet por todo o final do mês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Bergilde!
      Obrigada, pela atenção e carinho de sempre. Tenho sim, um imenso prazer de elaborar esses trabalhos que nos dizem tão de perto.
      Que a Páscoa com a família seja muito feliz.
      Atá, a volta, amiga, beijos!

      Excluir
  3. Olá minha amiga, passando para mais um banho de saber....
    É bom quando gostamos daquilo que é nosso e fazemos a sua divulgação para o mundo
    beijo amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana,amiga,obrigada, pelo carinho. É muito bom mesmo, se gostar daquilo que se faz. Divulgar, então, é um imenso prazer.
      Beijos!

      Excluir
  4. Que Beleza...!!!Sempre a enriquecer as
    nossas mentes...Gostei de ver S.António...
    BFS
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Andrade, pelos elogios.
      Acho que todo bom português,gosta de Santo Antônio.
      Bom final de Semana e beijinhos!

      Excluir
  5. BOM DIA MINHA QUERIDA !
    GRANDE HISTORIADORA VC É ...NOS MOSTRA EM DETALHES TUDO QUE FAZ PARTE DO LUGAR...
    BJSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, querida Severa.
      Obrigada, pelos carinhosos elogios. Sou mesmo detalhista, busco tudo que acho significativo.
      Bejos!

      Excluir
  6. Lindo como sempre e que banho de sabedoria que a Lúcia nos proporciona. Obrigada e adorei tudo e as fotos são espectaculares.
    Um beijinho grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Maria Eduardo. Fico feliz, por sua vinda e pelos comentários sempre elogiosos.
      Meu carinhoso beijo!

      Excluir
  7. Quanta história, fotos lindas capelinha maravilhosa,.zeladora dela, tudo lindo aqui! Conhecemos o Brasil aqui! beijos,lindo fds!chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, chica, você sempre aqui, com elogios carinhosos e alegre. Bom domingo, beijos.

      Excluir
  8. Oi, Lúcia, uma cidade pequenina e mimosa , uma capelinha primorosa e uma vida pacata ou dura conforme a natureza permite , no regime das águas, uma religiosidade aflorada,
    síntese do espírito de nossa brasilidade.Enfim um retrato do Brasil na mansidão dos costumes, na escolha do nome e
    na arte visual.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito linda, não e? tudo é um primor, nesta linda amontada. Você define bem, amiga! Preciso, eleger algumas imagens e são tantas, que deixo de lado.
      Obrigada, pelas palavras. Um abraço

      Excluir
  9. Uau! Nossa como nosso país é grande!
    Amo Ipê e principalmente o roxo! Grande beijo pra vc!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E olha, que é só um Estado, o Ceará!
      Obrigada, Camila, por vir sempre. Beijos!

      Excluir
  10. Que lindo ipê! Que lugares encantadores! Infelizmente, com a seca a vida foge dessas belezas... Mas a riqueza da história que você nos traz complementa nosso conhecimento do nosso país. Parabéns, mestra pesquisadora!
    Bjs. Célia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não encontrei foto de ipê amarelo, em Antonina do Norte, só do roxo, senão teria postado também, acho lindo ipê!
      São tão ricas, a história dessas cidades,e é tanto o prazer em contá-las!
      Um beijo, Célia,
      da Lúcia

      Excluir
  11. Aqui tudo é lindo. Encanta-me os seus textos e fotos SEMPRE!

    Um beijo grande

    (Obrigado por ter me visitado no blog novo rs)
    Outro beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Paulo. Volte sempre.
      Um forte abraço!

      Excluir
  12. Olá Lúcia...
    É mais um belo relato de uma bela cidade do Ceará...!!!!
    Que lugares lindos, lindas paisagens, vidas pacatas, histórias interessantes..., tudo isso me encanta....!!!!
    Gostei de conhecer Antonina do Norte, aqui no seu blog...
    Quem sabe se um dia não terei o prazer de, pessoalmente, percorrer o Estado do Ceará, para, ao vivo, poder deliciar-me com tanta beleza...!!!!!
    Um abraço amigo
    Albertina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você, que já conhece Fortaleza, Albertina, venha conhecer um pouco mais do Ceará.Venha se encantar pessoalmente, ao vivo.
      Obrigada, amiga, por vir sempre!
      Um forte abraço,
      da Lúcia

      Excluir
  13. Que lindeza a capelinha, Lúcia! Você tem razão, só percebi o tamanho direito, na foto com as pessoas. Se dependesse de mim, não ampliava. É linda como está. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma belezura, a capelinha, valeria por tudo o mais rsrs
      Eu precisava por a segunda, para se ter noção! Também não ampliaria...
      Obrigada, Ceres, beijos!

      Excluir
  14. Bom dia!!

    Lindo demais...adoraria conhecer esse lugar.
    ME DA UMA SENSAÇÂO DE ALEGRIA E AMOR...

    Abraços

    Sinval

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Venha Sinval, conhecer! É um encanto, a cidade!
      Anraços,
      da Lúcia

      Excluir
  15. Boa tarde amiga
    Hoje vim informar que endereço do meu blog mudou http://mariaalicecerqueira.blogspot.com.br/
    E também agradecer pelo carinho de sua presença lá no meu cantinho, muito obrigada.
    Querida pedir desculpas pela minha ausência, mas tem sido por conta de estar na luta em busca de uma editora para editar meu livro.
    Agradeço a compreensão!
    Tenha um lindo fim de semana
    Com carinho Maria Alice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Maria Alice, irei visitá-la no novo blog, obrigada pela atenção e carinho. Um belo domingo.
      Beijos, da Lúcia

      Excluir
  16. Estou amando visitar e conhecer os cantinhos do nosso Ceará. Eu não conheço quase nada! Amei as fotos. E que coisa mais fofa essa igrejinha tão linda e pequena nos arredores de Antonina!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada cidade, tem a suas peculiaridades, o que as tornam "personalíssimas" rsrs...Antonina, é linda!
      Beijos, da Lúcia

      Excluir
  17. Oi Lúcia!
    Gostei de ler sobre Antonina do Norte e Tabuleiro dos Mendes.
    As imagens são ótimas,achei uma graça a primeira foto,mas gostei também das demais.
    Bom fim de semana \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Clau!
      Sempre encantador o seu comentário, obrigada!
      Coloquei a foto da paisagem com o ipê roxo, pela beleza!
      Um lido domingo.
      Beijos!

      Excluir
  18. Oi, querida
    Como é lindo o Ceará!!
    A cidade é pequenina tal a minha.
    A igreja... tudo é louvável
    Bom final de semana
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Dorli! Interessante saber que a sua cidade é pequenina. Imagino, a beleza que é.
      Tenha um bom domingo
      Beijos, da Lúcia

      Excluir
  19. Seu trabalho, no blog, é rico e perfeito. Sempre uso os mesmos adjetivos, mas você nos traz conhecimento. Quantas cidades estou conhecendo através de você! Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Marilene, procuro trazer o que parece ser significativo, em termos históricos,e da vida social dos habitantes da cidade apresentada.
      Um beijo!

      Excluir
  20. Oi Lúcia, parabéns pela regularidade do seu blog. Gosto muito dos seus textos. Me impressiona a riqueza fotográfica. Tudo muito bonito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,Ormuz, muito bom você aqui...há muito não paro na A Pipa dos Meus Avós, para apreciar bastante, passo rápido. Aquilo é um paraíso. Obrigada, pela visita e elogios. Um abraço!

      Excluir
  21. Lúcia admiro a pesquisa histórica que vc faz. Amei essa capelinha. Bem legal essa postagem, sobre cidades do Ceará. Muita paz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Denise. Gosto de pesquisar e mostrar o resultado pra vocês.
      Muita paz!

      Excluir
  22. Suas fotos são fantásticas....

    Obrigada por compartilhar tua (nossa) história.


    beijo

    ResponderExcluir
  23. Minha amiga adorei este maravilhoso passeio por Antonina do Norte. A Capela de S.Sebastião embora seja pequenina é linda.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Maria, que bom, que você gostou do passeio! Não é uma graça, essa capelinha? Obrigada, amiga, pelo carinho de sempre. Bom domingo.
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  24. Oi, Lúcia!

    Adoro suas "aulas" de História. Desta vez, Ceará.
    Lindas fotos e aquela capelinha me ficou no olhar.

    Bom fim de semana.
    Beijos da Luz, com muito apreço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz, que goste, Luz!
      A capelinha, é um primor, realmente!
      Um bom domingo.
      Carinhoso beijo, da Lúcia

      Excluir
  25. Cara Lúcia!
    Este Blogue é muito especial para mim.
    Os acontecimentos, o andar pelos tempos, a cultura e um manancial de factos que alimentam a nossa imaginação.
    Notável essa recolha, essa deambular pelos caminhos da história e a forma simples e precisa como os compartilha com todos nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, meu amigo!
      Muito obrigada, Manuel, pelo seu comentário tão interessante, sempre! Essa, é a forma que encontrei de me sentir feliz e compartilha o objeto da felicidade.

      Excluir

  26. Olá Lúcia,

    Belo trabalho de pesquisa. Parabéns!
    Perfeita a sequência de fotos do salto de costas no açude de Antonina do Norte.
    A Capela é simples, mas encantadora.
    Adorei conhecer mais esta cidade do Ceará.

    Ótimo final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Verinha.
      Seu comentário me deixa sempre feliz, pela forma carinhosa e elogiosa. A viagem, pelo Ceará continua e, à cada cidade, algo que chama a atenção para mostrar aqui.
      Uma linda semana.
      Beijos

      Excluir
  27. Lúcia,
    Mais uma bela e curiosa história de uma pequena cidade onde se vê que Santo Antônio é mesmo "um sujeito" muito bem amado por este mundo a fora.
    Linda a capela de São Sebastião! Tomara que nunca a transformem, deixando-a assim pequenina...
    Xêro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho me encantado, com as pesquisas, por encontra situações muito interessantes.É mesmo muito queridoolição, esse "sujeitinho casamenteiro"! Nada deve ser alterado, na linda capela.
      Xêro!
      P.S. Hoje, aqui no Ceará, é feriado, pela data da abolição da escravatura. O Ceará foi pioneiro, no feito,em 25 de março de 1984, ou seja, mais de quatro anos antes da Lei Áurea. Já fiz uma postagem, em que trato do tema, quando estava publicando a saga dos Paiva.
      + xero

      Excluir
  28. Lúcia: Que linda historia de uma terra linda adorei. Boa Pascoa
    Beijinhos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Santa Cruz. Venha mais vezes, história é o que não falta rsrs...
      Feliz Páscoa e beijinhos, da Lúcia

      Excluir
  29. olá... vim agradecer a visita e as palavras..
    e conhecer por aqui!
    maravilhoso Estado que amo muito!.
    belas fotos também..
    beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oá Ing, obrigada, gosto muito do seu espaço...
      Volte sempre. Boa semana, beijos!

      Excluir
  30. Obrigado Amiga...Sempre simpática...
    Boa semana
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é simpatia, é sinceridade mesmo. Seus trabalhos, são tão criativos e variados, que as ideias brotam...
      Boa semana, beijos

      Excluir
  31. Mais um passeio nesta cadeirinha que me sabe tão bem. Percorro estas terras longínquas nestas fotografias que enquadram todo o trajeto como se fosse guiada -e sou efetivamente-até que a viagem acaba e penso:Já Acabou?
    Sabes, Lúcia, Antonino é(era!) o nome de meu Pai. Por isso logo que aqui entrei, tive um baque e um sorriso!
    Obrigada querida por estes momentos. Foi tão bom!
    Beijinhos e obrigada pela tua companhia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha amiga Manu, é sempre tão bom, ler seus comentários. Trazem-me incentivo e alegria para pesquisar com mais afinco, mais prazer...Obrigada!
      Bom saber, que seu pai é Antônio, tive e tenho alguns tios e primos chamados Antônio: gosto do nome!
      Beijos!

      Excluir
  32. Olá
    Venho agradecer e retribuir a visita lá no "Reinventar um Portugal mais Risonho" e dizer que é muito bom viajar por aqui também. Adorei! Uma Páscoa feliz na Caldeirinha.

    Teresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Tereza, que grande ideia tiveram ao criar "Reinventar um Portugal mais Risonho", fico feliz por ele ter "nascido": amo Portugal!
      Feliz Páscoa!

      Excluir
  33. Que fotos bonitas assim conheço um pouco do teu País.
    a capela realemente é bem pequena mas foi mandada construir por uma grande causa..
    A primeira igreja que mostras é tão bonita.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz, que assim seja.
      Obrigada, por ter vindo,volte!
      As igrejas são muito lindas.
      Beijos!

      Excluir
  34. Imagens lindas e ao mesmo tempo tristes de tanto sofrimento desse valente povo por causas da seca. Adorei também a capelinha, pequena, mas linda e, claro, não devem deixar demoli-la só porque é pequena. Era o que faltava!!! Desejo-te uma Santa Páscoa, amiga, e cá estarei em breve para acompanhar essa " bendita " letra A que parece não ter fim. beijinhos, Lúcia e até breve.
    Emília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. è verdade, Emília. Em meio a beleza, há muito de triste, nesse nosso Nordeste sofrido pelas constantes secas. No momento já era tempo de estar chovendo mas a seca está castigando o povo do sertão. Obrigada, por vir sempre.
      A letra A ainda está pela metade...ponha chão!
      Uma Feliz Páscoa!
      Beijos, da Lúcia

      Excluir
  35. Não é que eu não me apercebi desta postagem? Gostei muito das imagens. Com tanto verde nem parece zona castigada por secas.
    A capelinha é linda apesar deo tamanho. O altar a S. Sebastião, é muito semelhante aos tronos de Santo António, que os lisboetas constroem em Junho.
    Um abraço e uma Páscoa de renovação na fé e esperança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava mesmo sentindo a sua falta, amiga. Obrigada, você tarda mas vem sempre, o que é um grande prazer para mim.
      São realmente lindas, as duas igrejas. Conheço, os tronos lisboetas, de junho, já estive e Lisboa, em 1979, exatamente nesse mês, subi ao Castelo de São Jorge e comi muita sardinha na brasa rsrs..
      Boa Páscoa, forte abraço.

      Excluir
  36. Imagens perfeita com excelente apresentação.

    ResponderExcluir
  37. Histórias da nossa terra. Suas lendas e suas gentes.
    Gosto muito destas narrativas.

    Desejo uma excelente Páscoa para si e seus familiares

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei que você gosta, pois conta tantas histórias, da sua terra e das suas gentes!
      Feliz Páscoa, Coelho, à toda a família.

      Excluir
  38. Olá Lúcia, e que tudo esteja bem contigo!

    E apesar de deveras não muito assíduo nas visitas, cá estou eu novamente a visitar este teu belo espaço onde sempre tem belas histórias e lindas imagens desta nossa nação e seu povo, parabéns pelas belas postagens, que nos faz embarcar em belas viagens!
    E já que cá estou, agradeço pelas sempre tão gentis visitas e comentários por lá, e deixo cá meu desejo para que teu viver seja sempre tão intenso de felicidade, um grande abraço, boa páscoa e, até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sotnas, está tudo bem, obrigada.

      São tantos os afazeres, tantos os lugares a visitar, que o tempo falta... É grande, o prazer da sua vinda, sempre com tanta atenção e carinho.
      Tenha uma Santa Páscoa, amigo!

      Excluir
  39. Obrigado pela simpática visita e comentário nas minhas fotos.
    Agradeço igualmente esta sua série de fotos lindas que nos dá a conhecer a localidade e a realidade.

    desejo-lhe uma bela e santa Pascoa.

    Abraço

    ag

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é simpatia, aprecio muito as suas fotografias.
      Obrigada, pela atenção. Volte sempre! Uma Santa Páscoa!
      Um forte abraço,
      da Lúcia

      Excluir
  40. uma capela pequenina,

    para uma fé enorme!

    é sempre com enorme prazer que aprendo a vossa História

    um beijinho, Lúcia

    e retribuo os votos de uma Páscoa Feliz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O povo cearense, principalmente o mais sofrido, tem fé inabalável, mesmo com as adversidades. As igrejas, são testemunhas...
      Feliz Páscoa, beijos

      Excluir
  41. Querida Amiga

    Jamais alguém se "perderia" no Roteiro que tão bem descreves. Bastaria, apenas, encontrar e seguir as "jóias" que completas nas fotos.

    Uma Santa Páscoa.



    Beijos



    SOL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que tenho planejado bem, os roteiros.
      Obrigada, SOl amigo, pela presença sempre tão carinhosa.

      Uma Feliz Páscoa.
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
  42. Retorno para lhe desejar uma Páscoa de luz, com o verdadeiro sentido da comemoração. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, minha querida amiga.
      Que a Páscoa, seja um renascer de luz e esperança.
      Beijos

      Excluir
  43. Lucinhamiga

    Continuas cada vez melhor; ou seja és como o vinho do Porto...
    Tenho aprendido contigo e com os teus textos como é óbvio, tantas coisas que preciso de tempo e de inteligência (que não é muita, mais ou menos tal e coisa...) para as registar e para as comentar. Potanto e de novo os meus sinceros parabéns. Bravo!

    Xêros da Kel e qjs meus

    H

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ferreiramigo, que bom está aqui, depois de um bom tempo.
      Tenho ido à Travessa, mas não me arrisco nos concursos. Na "pulhítica", muito menos. Vocês que são "brancos" que se entendam rsrs.
      Obrigada, amigo.
      Xêros na Kel e nin tu,

      Excluir
  44. OI LUCIA!
    LUGARES LINDOS, ENSOLARADOS, PENA A SECA CASTIGAR. EMBORA, NÃO SE ENTENDA QUE COM TODA A TECNOLOGIA EXISTENTE Á DISPOSIÇÃO, TENHAMOS IRMÃOS, FILHOS DO MESMO PAÍS, PASSANDO AINDA HOJE POR ESTE TORMENTO QUE É A SECA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sol, aqui, é o que não falta, Lani querida.
      Como vê a seca é o grande "senão" que impede a felicidade de nosso povo tão sofrido. Com tanta tecnologia, essa situação perene já deveria ter sido sanada. É inconcebível, o tormento ainda presente!
      Um abraço, boa Páscoa!

      Excluir
  45. Querida amiga Lúcia !!!!

    Muito me honrou a sua visita ao meu Blog.
    Obrigado pelo carinho para comigo e meus
    Trabalhos. Adorei a reportagem e fotos de
    sua cidade. Uma maravilhosa Páscoa
    Para você!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Beijos de luz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    POETA CIGANO – 28/03/2013

    http://carlosrimolo.blogspot.com
    “Poesias do Poeta Cigano”

    Obs: Estou sentindo a falta do selinho identificador
    Do meu Blog. no seu espaço. Pegue-o, será uma
    Grande honra para mim!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido amigo Rimolo, olá!
      Obrigada, por vir sempre.
      Uma Santa e Plena Páscoa!

      Obs: meu amigo, neste espaço, não acrescento nada, além das postagens. Os selinhos que me oferecem, eu pego e guardo num arquivo especial. Obrigada!

      Excluir
  46. Oi Lúcia!
    O melhor destas cidades do interior é a calma,tranquilidade...
    É gente que ainda coloca as cadeiras na porta de casa pra conversar e não conhece o que é stress!
    Pena que a seca castiga...
    Um beijo e boa páscoa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ane!
      É verdade! Nas grandes cidades, já não se vê este gostoso hábito, das cadeiras nas calçadas, como nas pequenas. Sinto falta, de como era nos antigos tempos...
      A seca, é a pior calamidade dessa gente sofrida.
      Boa Páscoa, beijos!

      Excluir
  47. Olá, Lúcia
    Mais uma excelente lição histórico/geográfica, ricamente documentada com óptimas fotos.
    Pela minha parte tenho que agradecer o conhecimento que adquiro toda a vez qua aqui venho.

    Desejo, a si e a toda a família, uma Páscoa muito feliz.

    Beijinhos muito amigos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mriazita
      Obrigada, por sua vinda hoje. Fui à sua casa e não tinha novidades, deixando o meu abraço.
      Bela Páscoa, beijos!

      Excluir
  48. Que, na Páscoa, nossa fé seja revigorada pela
    certeza de que Cristo ressuscitou e está entre nós.
    O sentimento de Páscoa não termina,
    ele sinaliza um novo começo da primavera
    e a vida marca nossa amizade.
    Feliz Páscoa Deus abençoe
    tremendamente sua vida.
    Beijos na alma carinhos no coração.
    Tem mimo na postagem caso gostar fica
    a vontade para pegar..
    Evanir..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Evanir, pela linda mensagem,
      Este que você expõe, é certamente os sentimentos que devem ser sentidos e distribidos.
      Um forte abraço, com carinho,
      da Lúcia

      Excluir
  49. Grata pelas palavras.
    Muito legal o texto, rico em conhecimento historico e o principal, um registro cultural significativo.
    Um excelente fim de semana.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, que você veio.
      Obrigada, pelas palavras tão elogiosas. Estas cidades, são ricas de história e boa gente, que muito sofre, muito trabalha e muito produz. Encanto-me.
      Bom final de semana, Luciene. Um forte abraço.

      Excluir
  50. Oi, querida
    Eu só quis mostrar que Deus deu inteligência demais para os homens e eles não souberam usá-la.
    A discrepância social não é recente, já nos vem de herança desde o princípio da humanidade e não irá mudar, pois o dinheiro, muitas vezes, tira a bondade e solidariedade dos corações das pessoas.
    Jesus está em todo lugar, mas muitas pessoas não veem.
    Uma boa Páscoa para você
    E olha que não sigo nenhuma religião, só leio a Bíblia
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um lúcido comentário. Perfeito, tudo verdadeiro.
      Só hoje, vi esse seu comentário.
      Obrigada, por vir.
      Um beijo,
      da Lúcia

      Excluir
  51. Oi flor!

    Muito bom passear por esta cidade através das suas fotos.

    Beijos

    Selma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Selma, costumo comentar os comentários. Já tinha lido esse mas, distraída, deixei passar em branco.
      Obrigada, beijos!

      Excluir

  52. Olá, Lúcia

    Mocambo, interessante, já houve por cá um café solúvel, em frasco, com este nome. Mocambo, seria um belo nome para essa cidade,talvez, melhor que Antonina, mas cada época impõe as suas regras.

    Reconheci na sua secura outros espaços e também a força da labuta do homem e dos animais...

    Gostei muito de andar por aqui, senti-me como fazendo parte da braveza dessa terra, que as suas gentes conseguem adoçar com a sua fé e simplicidade. A Capela, muito bela!

    Beijos

    Olinda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, minha amiga, apesar dos grandes sofrimentos que a seca acarreta, a fé dessa gente abranda as possíveis revoltas, pelo descaso das autoridades.
      Obrigada, minha amiga, por vir sempre, trazendo preciosos comentários.
      Beijos,
      da Lúcia

      Excluir
    2. Querida Lúcia
      Muito obrigada pelo comentário que fez ao nosso Dueto Internacional. Botelhos, já conhece e o Porto também. Agora,ficou a conhecer o local onde nasci:naquela casa branca,ao fim da ponte,à direita.
      Em relação ao seu blog,não sei o que aconteceu:ou eu ainda não o conhecia,ou não tive oportunidade de visitar Antonina do Norte,cuja história relativa ao nome, fiquei a saber agora.
      Será o meu próximo destino,pois tem belas paisagens,residências bem cuidadas,açudes; posso contemplar cenas da vida rural e visitar uma maravilhosa capelinha em Art Déco.
      A sua tia teve uma ótima ideia e ainda quer construir uma sacristia!!!
      Bravos!!! para a sua tia.Quem sabe se ainda a encontro por lá...
      Tenha um ótimo dia de Nossa Senhora da Assunção.
      Beijinhos da
      Beatriz

      Excluir