quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

NATAL, SIMPLESMENTE NATAL...

...ERA ASSIM, NA MINHA INFÂNCIA!

Imagem do google

Sempre, na semana que antecedia ao 25 de dezembro, quando eu era criança, saíamos, minhas duas irmãs e eu, acompanhadas de nosso pai, a visitar as mais belas lapinhas que existiam em nossa cidade. Nossa mãe, ficava "cuidando" da casa...Naquele tempo, em Fortaleza, a gente chamava de "lapinha" aos presépios  que representavam o nascimento do Menino Jesus. Haviam lapinhas tanto em residências quanto em igrejas católicas. ..

Não me lembro, de árvores iluminadas pela cidade, nem nas casas, nem nas lojas, nem nas praças....Este costume, quando surgiu pelas bandas de cá, no Ceará, eu já era bem crescidinha...alí, pelos anos 1950... A figura de Papai Noel  já se via, sim, mas de uma maneira mais "sutil", que não chegava a "ofuscar" o verdadeiro sentido do Natal, na figura do Menino Jesus,  na manjedoura, com Maria, José e os animais em volta e uma linda estrela brilhante...a indicar o caminho aos Reis Magos...  
Assim eram, as imagens que se apresentavam no período natalino. Afinal, conta-nos a História, um menino "especial" nascera, na Noite de 25 de Dezembro! 

Creio que, com o advento da televisão, do shopping, tudo foi se modificando, muita gente passou a desencadear o consumismo exacerbado, o comportamento exagerado, a "descaracterização" da festa natalina, dos moldes tradicionais. 

Considero que se faz urgente e necessário, o resgate do espírito do verdadeiro Natal, pela confraternização entre amigos e na família. A alegria e o colorido das luzes,  devem permanecer, pela beleza, desde que não se percam os valores verdadeiros, dessa época festiva.


Deixo a todos, o meu desejo de um Feliz Natal!

  ()()()()()()()

Voltarei, ainda neste ano........Um abraço!

66 comentários:


  1. Olá Lúcia,

    Concordo com você. Há muito perdeu-se o verdadeiro sentido do Natal. A data ficou comercializada, o que retira o encanto e a verdadeira magia do Natal.
    Também torço para o resgate do verdadeiro espírito do Natal e que todos possam voltar sua atenção para o Menino Deus, celebrando a data com alegria e Jesus no coração.

    Que a paz, o amor e a alegria estejam com você e sua família neste Natal.

    Beijo.

    ResponderExcluir

  2. Antigamente, o Natal era vivido para/com a família; hoje vive-se com o consumismo e o alheamento dos outros.

    Tanto quanto possível, tento manter a tradição, tento ter o meu Natal nos moldes em que o vivi.

    Beijinho e um Bom Natal para si e família.

    Laura

    ResponderExcluir
  3. Hoje nenhuma imagem, nenhum vulto
    Evoco em mim... Só um deserto aonde
    Não a cor dum areal, nem um ar morto
    Posso sonhar... Mas tendo só a ideia,
    Tendo da cor o pensamento apenas,
    Vazio, oco, sem calor nem frio,
    Sem posição, nem direção, nem (...)
    Só o vazio lugar do pensamento...

    Fernando Pessoa

    Um Natal de aconchego pra ti.

    ResponderExcluir
  4. Era lindo o teu Natal e verdadeiro mesmo. Pena que tanto mudou. Complicaram tudo, sofisticaram algo que era pra ser simples..Pena!1 FELIZ NATAL, tuuuuuuudo de bom, muitas bênçãos! beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. Lindas e doces lembranças de uma época ainda não dominada pelo vício do consumo compulsivo....
    bj e um feliz Natal

    ResponderExcluir
  6. Lucia, hj o Natal virou comércio e o aniversariante tem sido esquecido... Se perguntar às crianças o que é a comemoração de natal elas vão dizer: "dia de ganhar presentes, papai noel, brinquedos, festas, árvores de natal, peru..."
    Resgatar o espírito natalino seria maravilhoso.
    bjks doces e um bom Natal para você também querida.

    ResponderExcluir
  7. Nunca tive um presépio quando era menina. Mas havia-os em todas as montras e em especial um muito grande na igreja mais próxima que distava 3 Kms do barraco onde viviamos. Dia de Natal, vestiamos a melhor roupita e iamos a pé à igreja, ver o presépio e beijar o pé do Menino.Na volta vinhamos devagarinho parando em todas as montras para apreciar os presépios. Ninguém tinha arvore de Natal. O Pai Natal nem falar. Por aqui nessa altura o País era muito fechado, a Coca Cola só entrou em Portugal nos anos 70. Salazar não deixava e sabe-se que nessa altura a figura do Pai Natal estava muito ligada à Coca Cola. Hoje fala-se dele como de um Deus e esqueceram-se das verdadeiras razões de festejar o Natal. Na maioria das casas só se usa a árvore e muitas crianças mais pequenas nem sabe o que é o presépio.
    Um abraço e um Santo Natal.

    ResponderExcluir
  8. MINHA MÃE FOI UMA MULHER ÚNICA E ESPECIAL: FAZIA CAMPANHAS DE NATAL TODOS OS ANOS PRA ARRECADAR BRINQUEDOS PRA MOLECADA DO NOSSO BAIRRO. ERA SEMPRE MUITO LEGAL ENFEITARMOS A ÁRVORE ERA SEMPRE ALGO ESPECIAL... EU E MEUS DOIS IRMÃO, SAÍAMOS DE MANHÃ E PEGÁVAMOS UM PINHEIRINHO NA MATA. O ENTERRÁVAMOS NUMA LATA GRANDE DE TINTA E PARA FIXÁ-LO, ENCHÍAMOS A LATA DE AREIA...
    CAIXINHAS DE FÓSFOROS, ALGODÃO, ALGUMAS BOLINHAS E UM PISCA-PISCA. ERA NOSSO ORGULHO VER AQUELA ARVOREZINHA TÃO LEGAL, DECORADA POR NÓS. HOJE, DEPOIS DE ADULTOS, NÃO NOS VEMOS MAIS, NÃO INTERAGIMOS MAIS COMO ANTIGAMENTE. CADA UM PRO SEU LADO E TOCAMOS O BARCO. MAS LEMBRAR DA CARA DA MÃE VENDO A GENTE TER TODA AQUELA PACIÊNCIA E CARINHO EM MONTAR A "ÁRVORE", É ALGO INESQUECÍVEL!! :)
    ADOREI ESSA POSTAGEM, COLEGA LÚCIA!
    TENHA UM LINDO FINAL DE SEMANA! :)

    ResponderExcluir
  9. Oi, Lúcia...assino embaixo de todas as suas palavras...a falta da presença do verdadeiro Espírito de Natal cria em nossas almas um vazio perturbador,Ficamos sempre à espera do verdadeiro milagre que é a mensagem do Divino, da conquista da verdadeira amizade e solidariedade, da paz e da alegria interior que produzirá em nós o preenchimentos dos nossos anseios de amar e ser feliz.Presentes, brilhos, festas não conseguem preencher o nosso coração não podem disfarçar o sentimento que temos de falta de Justiça Social e Paz no Mundo.Fica na lembrança um tempo de crianças e de um Natal Menino!Vamos resgatar este sentimento em nós.Feliz Natal!

    ResponderExcluir
  10. Que belas lembranças aqui nos traz, Lúcia...!!!!
    Na verdade na nossa infância era o presépio que prendia a nossa atenção nesta época do ano....!!!
    O Natal desses tempos nada se assemelha ao de hoje...
    Infelizmente muitos valores entretanto se perderam...., o que é uma pena....!!!!
    Tenha um Santo e Feliz Natal Lúcia...
    Um abraço
    Albertina

    ResponderExcluir
  11. Lúcia,
    Eu me lembro, quando em criança, o natal era mesmo diferente, não havia árvore, papai noel nem presentes.
    No pátio da igreja era realizada uma quermesse com prendas, geralmente doadas pelos comerciantes locais, que eram vendidas a preços módicos. A renda seria para ajudar os mais necessitados.
    Havia também doces diversos, bonequinhos de barro, carrinhos de madeira, bonecas de pano, etc. O que mais me encantava eram aqueles confeitos em cestinhas em forma de "sombrinhas" feitas de papel crepom (como eram lindas!)...
    Depois todos iam à missa do galo com seus melhores trajes.
    Xêro.

    P.S. Ah! Havia também a lapinha.

    ResponderExcluir
  12. Oi Lúcia!

    Um post saudoso e emocionante, sobre um tempo bom onde nessa época era possível respirar o Natal. Hoje a correria e agitação é tanta, que parece que o sentido maior esta por aí perdido. Uma pena.
    Beijos e uma noite feliz ao lado de pessoas queridas, com muita alegria e paz.

    Selma

    ResponderExcluir
  13. Muito mudou o mundo e também os homens. As crianças de hoje só pensam em presentes e sequer conhecem o verdadeiro sentido dessa data especial. Meu pai costumava orar, porque o momento pedia agradecimento e união. Mas o Natal ainda é para a fraternidade e o amor, aquele mesmo amor que nos deu vida. Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Olá, querida amiga Lúcia, adorei a imagem e a sua bela mensagem de Natal! Realmente, o verdadeiro espírito natalício perdeu-se um pouco, também não sou do tempo das luzes nem de certos consumismos... gosto do presépio e do que ele significa...
    Tenha um santo e feliz Natal e bem-haja pelo seu carinho... (perdoe a ausência... mas o tempo por vezes não dá para tudo, apesar disso não esqueço a amizade...)
    Beijinhos e bom final de semana :)

    ResponderExcluir
  15. Olá Lucia. Pois olha uma das coisas que me lembro com saudade era, nas véspera do Natal o meu pai encerrar o trabalho ( era taxista) e dizer-nos: Vamos ao Porto ver as iluminações de Natal" Era uma alegria. Só nas cidades grande havia iluminação e esta só era ligada pouco antes do Natal. Agora, aqui em fins de Novembro já estavam os centros comerciais enfeitados e no 1º de Dezembro toda a minha cidade se iluminou. Acho um exagero. Poucos dias antes do Natal ia com o meu irmão apanhar o musgo nos montes e depois ele cortava um pinheirinho e faziamos o presépio. Agora é tdudo muito cedo e, vou ser sincera, Lucia; esta época deixa-me nostalgica, talvez, por não ter os meus pais e o o meu irmão cá, mas tento fazer deste Natal o mais sorridente possível, pois tenho dois netinhos e eles andam delirantes com tudo isto; afinal têm só 3 e 5 anos e tudo os encanta. Um beijinho, amiga e obrigada pelas recordações que me levaste a ter com a tua publicação. Espero que vivas este Natal com muita alegria e que este espírito permaneça nos teus dias sempre. Natal tem que ser todos os dias, não é?Fica bem e um bom fim de semana
    Emília

    ResponderExcluir
  16. Ola Lucia: Na minha infância só via presepio na Igreja, na minha aldeia naquele tempo ninguem fazia nada dessas coisas agora ja eu faço presepio e arvore de Natal em minha casa, já são outros tempos adorei ler o teu texto. Feliz Natal com tudo de bom.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  17. Oi, Lucia.

    Infelizmente, na minha infância, os presépios não eram assim tão comuns. Lembro que o Natal sempre foi mais focado nos presentes que receberíamos pela manhã. Em casa, não tínhamos a tradição do Natal de Jesus, já que minha família não era religiosa. Sinto como se tivesse perdido muito do verdadeiro espírito de Natal naquele tempo de criança. Mas, nem tudo é perfeito, não é mesmo? Hoje consigo separar bem o verdadeiro espírito de Natal do espirito de consumismo que tenta nos dominar nesta época. Que todos nós tenhamos uma noite de Natal em paz com a família. Bjs.

    ResponderExcluir
  18. Estou plenamente de acordo minha amiga. Hoje celebra-se mais o consumo e a ostentação do que o verdadeiro motivo do natal, o nascimento de Jesus Cristo.
    Como a minha próxima semana vai ser muito dificil em termos profissionais, e como não sei se terei tempo de passar pelas casas virtuais dos amigos, passo hoje especialmente para desejar um Natal muito Feliz. Que a Luz e o Espírito de Amizade, Fraternidade e Amor do Natal, consigam prevalecer no coração dos homens, ao longo de todos os dias do ano, para seja sempre Natal.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  19. Oi Lucia
    Passei só pra dizer boa noite
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  20. ★ ♫♫

    Quando criança, na minha casa fazia o presépio, todos os dias fazíamos orações pela paz do mundo.
    Bom fim de semana!
    Beijinhos.
    Brasil

    ❊..(
    ✿.(,)
    ❊|::::|.☆¸.¤ª“˜¨
    ✿|::::|)/¸.¤ª“˜¨˜“¨
    ❊|::¸.¤ª“˜¨¨˜“¨
    ✿%¤ª“˜¨¨☆☆☆☆
    ❊#ª“˜¨ ☆☆☆☆☆

    ResponderExcluir
  21. Querida Lúcia, você tem razão! Precisamos resgatar o verdadeiro espírito de Natal. Lendo seu texto, tantas boas lembranças me vieram à memória e pude rever meus adoráveis momentos em família, em que o essencial era a união em torno do Fato Espcial do dia comemorado. Achei lindo você reviver o termo "Lapinha"! Bjos, querida e tenha um Natal pleno de Paz.

    ResponderExcluir
  22. em algumas zonas de Portugal, também chamamos lapinha ao presépio

    eu continuo a fazê-lo, com figurinhas de barro antigas

    Feliz Natal, Lúcia!


    um beijo

    ResponderExcluir
  23. Realmente Lúcia, o presépio é o verdadeiro símbolo do Natal. O Consumismo dos dias de hoje, faz com que alguns percam a essência do Natal, o sentido do renascer, da transformação, da caridade, etc.
    Adorei seu texto.
    Grande Abraço.

    ResponderExcluir
  24. O significado verdadeiro do Natal muitos nem se lembram. Aquele espirito de Natal anda escondidos por de trás do comércio. Ninguém lembra que a festa é apenas de um homem que sacrificou por nós. Quando eu era criança o meu Natal era lindo demais. Minha mãe montava um presépio maravilhoso, e ali a família se reunida em agradecimento. Nunca vou me esquecer das alegria que fluíam no Natal.
    Gostei muito do texto.
    Desejo uma ótima semana!
    Aproveito desde já, pra te desejar um Natal cheio de muitas alegrias, e que o espírito do Natal te guie durante o ano novo que está para começar. Feliz Natal e Próspero Ano Novo!
    Beijos!

    Refletindo com a Smareis

    ResponderExcluir
  25. Muito tem modificado ao longo dos tempos. Que se mantenha algum do espírito do Natal!
    Bjs e Feliz Natal

    ResponderExcluir
  26. Lucia, tenho lido histórias lindas de Natal, cada um tem a sua. Sejam as mais recentes ou as do passado. Mas tudo nesse dia deve ser felicidade.
    Desejo a você e sua família um natal muito feliz, com paz, alegria e solidariedade.
    Beijos, amiga.

    ResponderExcluir
  27. Um feliz e maravilho Natal e um Ano Novo repleto de magia ,paz ,amor. saude, esperança e muitos sorrisos.
    Boas Festas.

    ResponderExcluir
  28. Cara amiga, estou totalmente de acordo.
    Também me lembro desse Natal tão autentico e menos consumista,
    Hoje o Natal deixou de ser como o temos no nosso imaginário, hoje é muito comercial.
    Vamos ter esperança!
    Um Bom Natal para si e todos os familiares.

    ResponderExcluir
  29. O Natal acontece no coração, ao fazermos pelos demais o que Jesus fez por nós... ao deixar o Seu Espírito reinar em nossos corações ... ao deixar o Seu amor ter preeminência nas nossas interações.
    Feliz Natal e um Ano Novo envolto em ótimos fluidos.
    Grande abraço.
    Maria José

    ResponderExcluir

  30. Querida Lúcia

    Belas estas recordações que nos trazem um Natal mais autêntico e imbuído de um espírito mais centrado nas coisas simples.

    Presentemente, a própria proliferação do Pai Natal é sintomático de que o que interessa realmente é o consumismo.Veem-se tantos e ao mesmo tempo em 'festas' da TV que eles acabam por eliminar a magia desta quadra festiva

    Urge voltarmos à tradição perdida. Penso que muita gente já está a tomar consciência desta necessidade.

    Desejo um Bom e Santo Natal ao lado de toda a Família.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderExcluir
  31. Que maravilhosas essas recordações da Noite mais bela do ano, quando tudo era magia na pureza do menino Jesus, no presépio, Papai Noel, era uma bela fantasia nos corações das crianças, sinto falta disto também. Que a estrela de belém brilhe em seu coração neste Natal!!Beijo!
    Ana

    ResponderExcluir
  32. Que lindo querida Lúcia!
    Era bem assim mesmo na minha infância, muito diferente do que é hoje, nunca tive simpatia pelo tal Noel, nunca o chamei de pai, ele nunca esteve presente em nossa casa nem em desenhos, graças a Deus, mas eu nunca impedi que crianças sonhassem com eles, pois sempre fui professora de alfabetização e não me acho no direito de interferir no sonho de ninguém, mas nunca falei dele em minhas aulas, falava sim de São Nicolau.
    Linda sua postagem querida.
    Desejo a você e a todos que você ama um santo Natal e que ele traga para vocês, esperança, paz, alegria, amor, saúde no novo ano que está surgindo logo ali, beijinhos em seu coração amiga querida.

    ResponderExcluir
  33. Como foi bom, tomar conhecimento de outras tradições.
    Eu também irei para fora, mas vou deixar uns 'Posts'
    programados.....
    Um Santo Natal
    Beijo

    ResponderExcluir
  34. Muito legal sua postagem. Durante algum tempo me senti assim tb, depois entendi que as coisas mudam, na maioria das vezes para pior, mas é vida que segue.
    Boas lembranças.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  35. ‎.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•★♥ Hoje venho desejar saúde, paz, amor e muita alegria... FELIZ NATAL!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  36. Amei a tua Mensagem e comungo dela. A modernidade evoluiu e "esqueceu" as raízes e o passado. Por muito que queiram, jamais os encantos da Quadra serão os mesmos; ficam as saudades e lembranças de quem os viveu e agora revive interiormente.
    Desejos de um Santo e Feliz Natal.



    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  37. Bonitas memórias! É tão bom recordar a infância.Um beijo grande

    ResponderExcluir
  38. Minha querida Lúcia,

    Você me fez recordar a minha infância, em várias cidades, já que mudávamos muito...mas em todas elas era sagrada a visita aos presépios e a confecção do nosso em casa...era uma alegria, trazer matinhos do quintal e toquinhos de árvores para transformarmos em belos jardins onde não faltava o laguinho feito com um espelho e rodeado por pedrinhas...até mesmo o limo que havia nos cimentados era recolhido com cuidado para adornar a frente da manjedoura...com papéis tingidos e amassados formávamos a parede e de papelão coberto com purpurina fazíamos a bela estrela para colocar no alto da gruta.Nossas imagens não tinham o luxo das de hoje, mas nos traziam uma grande alegria...e cantávamos as melodias natalinas aprendidas no rádio que, ligado, unia as pessoas da família. Saudade daquele tempo, amiga...não havia luxo, mas o espírito do Natal a nos conduzir para a Missa do Galo, onde juntinhos fazíamos nossas orações...e os presentes eram simples lembrancinhas, mas nos faziam muito felizes.

    E éste Natal feliz que te desejo, amiga...como antigamente, com muita Fé, muita Paz, muita harmonia e Amor no coração.

    Bjsssssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  39. Querida Lúcia,
    Era exatamente como você relata. E o clima de Natal era maior do que tudo. Sem grandes presentes, sem muita decoração. E a Lapinha era a alegria das crianças. Quero lhe desejar um Feliz Natal e aos seus leitores também. Deixo aqui meus versos sobre Lapinha:

    A Lapinha

    No canto da matriz,
    De minha terra tinha,
    Um singelo cenário,
    Era a famosa lapinha.

    Entre José e Maria
    Nos antigos rituais
    O menino Jesus eu vi
    Cercado por animais

    Ali os três reis magos
    Em pose de adoração
    Prestigiavam Jesus
    Ajoelhados no chão.

    O meu olhar de criança
    Viveu encanto sem igual,
    Adorando o Deus menino
    Em minha terra Natal.

    ResponderExcluir
  40. Queridos amigos, leitores, tenho por costume, responder à cada um comentário, à medida que eles vão surgindo. Estive ausente por uns dias e hoje retornei lendo todos. Gostaria de responder um a um. Estou emocionada e muito grata, pelas palavras ditas por cada um de vocês.

    Este belo poema, A Lapinha, deixado acima pela querida Dalinha, minha conterrânea, cearense autêntica, traduz bem a postagem que deixei há uma semana.

    Este lindo presente, em forma de poesia, ofereço a todos que vêm à Cadeirinha, ela é a postagem desta quinta-feira.

    Obrigada, FELIZ NATAL!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  41. Querida amiga

    Que neste Natal,
    diante das pessoas que amamos,
    possamos ofertar a elas,
    o melhor presente
    que desejassem receber:
    Nossa vida...
    Nosso carinho...
    Nosso coração.

    Para quem crê na vida,
    Natal se faz a cada dia.
    Que assim seja o Natal
    Em tua vida.

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderExcluir
  42. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  43. Feliz natal e ano novo abençoado.Natal significa nascimento.Assim,deixemos Cristo nascer em nosso coração.Um forte abraço Lúcia e que possamos prosseguir ano que vem com a mesma boa interação.

    ResponderExcluir
  44. Obrigada pelo seu carinho fiquei feliz por passar no seu blog antes de sair para o merecido descanso.
    Espero não reparar por levar para todos as mesmas palavras importante para mim é marcar minha presença.
    Eu levo o ano todo as mesmas palavras em todos os blogs por não poder mais digitar muitos não entendem
    a vida não segue seu rumo sem nunca desviar seu percurso .
    A vida muda as pessoas envelhecem os anos passam dificilmente teremos eternamente as mesmas capacidades.
    Deus vai nos capacitando nos moldando para cada fase da vida.
    E assim sendo desejo um feliz Natal
    Um ano novo de realizações muita paz no seu coração .
    Desejo nesses últimos Dias do Ano além do descanso aquela união linda e confraternização com familiares e Amigos.
    Natal deveria ser todos os Dias muitos passam
    o decorrer do Ano atirando pedras magoando as pessoas esquecendo
    completamente o dever de filhos de Deus que todos nos somos.
    È claro existe também muitos que procuram a todo tempo
    semear a paz e o amor.
    Neste espaço divino, há lugar para todos aqueles que procuram palavras de FÉ, PAZ,ESPERANÇA e AMOR.
    Esses sim serão chamados filho de Deus Altíssimo.
    Obrigada pelo carinho pois ele é tudo para mim
    durante os 365 dias do Ano.
    Aceite minha eterna gratidão .
    Feliz Natal.
    Fica com Deus até o Ano Novo.
    Abraços paz e luz,
    beijos no coração carinhos na alma ,,Evanir.

    ResponderExcluir

  45. Olá Lúcia,

    Agradeço seus votos e reitero os meus.
    Muitas bençãos no Natal e um Novo Ano pleno de paz, sonhos realizados, alegrias e prosperidade.

    BOAS FESTAS!

    Obrigada pelo carinho da companhia em 2012.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  46. Tudo mudou, sim, minha amiga, e nem sempre para melhor.
    Também eu me lembro do Natal da minha infância, em que havia uma enorme magia que, aos poucos, se foi perdendo.
    Lembro-me de ir ao pinhal com o meu irmão apanhar musgo para sobre ele montarmos o presépio. Era tão lindo! Até faziamos estradinhas com areia branquinha. E antes de deitar púnhamos um sapato junto à chaminé, e no dia 25 levantávamo-nos logo que acordávamos, para ir ver se o presente já lá estava (um apenas para cada um dos cinco filhos) mas só os abríamos depois de os pais se levantarem.
    Tempos muito bons, que se foram!

    Desejo um Natal muito feliz, com muita Paz e Amor, e um Ano Novo abençoado.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  47. Retribuo seus votos com carinho, desejando-lhe um Natal de amor e união, a ser comemorado com o real sentido da data. Bjs.

    ResponderExcluir
  48. Oi querida
    Estou contigo e não abro!
    Natal é o nascimento de menino Jesus que veio ao Mundo para salvar a humanidade e aos 33 anos nós o matamos crucificado e ainda perdoou a todos nós.
    Que a luz da felicidade paire em seu lar...
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  49. A imagem estão muito engraçada, rrss

    Na minha infância também fazíamos "lapinhas", aqui sempre com o nome de presépio...e íamos buscar musgo para colocar as imagens em cima.

    Minha querida, lhe deixo num carinhoso abraço, a minha gratidão pelos votos , que retribuo .

    ResponderExcluir
  50. Amiga, o meu Natal também era assim. Que saudades. Beijinho grande, um feliz Natal e um excelente 2013

    ResponderExcluir
  51. Oi Lucia,

    o seu texto é uma viagem aos bons tempos do natal. Quando havia galos, noites e quintais...

    Grande abraço e boas festas para você e toda sua família.

    Aproveito para convidá-la a visitar o Palavras. Voltei a postar. Estou chegando devagar nos blogs dos amigos, mas pretendo visitar a todos.

    Grande abraço

    Leila

    ResponderExcluir
  52. Minha querida amiga,
    Partilho em tudo o que diz ao expoente máximo!
    O espírito de Natal foi -se degradadando, e a verdadeira mensagem foi sendo substituída pelos teres e papais Noel.
    Já não é o Menino Jesus que desce pela chaminé trazendo um presente.É o "papá" com um enorme saco de prendas. Mas como se não bastasse, não é qualquer prenda. Tem que ser "aquela " prenda...
    Mas, parece que tudo vai mudar, com novos valores espirituais.
    Mas, entretanto
    Um GRANDE E FELIZ NATAL para si e todos os seus
    Com um grande abraçp

    ResponderExcluir
  53. *
    Virtual Amiga,
    ,
    um Mar de Felicidade,
    entre ondas de Saúde,
    desejo,

    Luzentes Conchinhas,
    ficam.
    *

    ResponderExcluir
  54. Que volte a ser Natal. Com muitas luzes, musgo nos presépios e muita magia e sonho para festejar o Nascimento de Jesus - Deus Menino.

    Existe hoje uma corrente neste sentido. Viver o Natal sem prendas mas com o amor e o calor das famílias e dos amigos.

    Boas Festas para ti e para todos

    ResponderExcluir
  55. Gostei do seu texto, na minha infância saíamos para ver os pinheiros enfeitados em frente as casas do bairro, dormíamos sonhando com tanta beleza e carinho ao Menino Deus. Feliz Natal e Próspero Ano Novo a você e aos seus familiares. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  56. Minha querida vc me fez voltar a uma época em que o aniversariante era Cristo, claro que havia troca de presentes e tudo o mais, a essência era outra.Pena que o comercio e o papai noel tomaram conta.
    Desejo a vc e toda sua família um feliz natal.

    ResponderExcluir
  57. Olá, amiga Lúcia, como está?
    Venho expressamente desejar-lhe um Bom Natal!

    Um poema de Natal em
    http://vieiracalado-poesia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  58. Como é triste perder alguém com quem se partilhou uma vida, a morte é uma coisa indigna.
    Um dia após outro dia mais um dia e outro beijo para alimentar esse teu dia. Um sorriso para uma estrela e um abraço que era meu e agora pertence-te.
    Boas festas!!

    ResponderExcluir
  59. Uma história linda essa que nos contou e eu acredito que devemos realmente resgatar o verdadeiro Natal, não esse com papai noel, mas o Natal de Cristo.
    bjks doces e um feliz natal e um ano novo repleto de bençãos mil.

    ResponderExcluir

  60. Vim trazer mais beijinhos e renovar os votos de Bom Natal.

    :)

    Olinda

    ResponderExcluir
  61. Concordo com você, o verdadeiro sentido do Natal foi desvirtuado, sendo valorizado principalmente o consumismo.
    Mesmo assim, Feliz Natal e um ótimo 2013, para você e toda a sua família!
    Beijos...

    ResponderExcluir
  62. Oi Lúcia!

    Estou aqui retribuindo teus votos de um Feliz Natal. Teu texto me remete a um tempo bem distante em que vivi e onde vivenciávamos em família o verdadeiro sentido do Natal. Tudo bem simples, mas com muito amor , união e oração. O pouco que tínhamos era compartilhado com aqueles que mais necessitavam. Não havia o brilho das luzes de hoje, nem o corre corre de loja em loja. Havia o brilho das estrelas, a oração e a partilha do pão.
    A você e sua família um abençoado Natal e um Ano novo de paz, saúde e realizações!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  63. Lúcia,
    Desejo-lhe um Santo e Feliz Natal!

    ResponderExcluir
  64. Olá Lúcia,
    Neste Natal estou muito triste pois perdi um dos meus animais mais queridos, a minha Gatinha Pipi, a quem fiz uma homenagem no meu blogue. Se gosta de animais, dê um olhinho pois ela era uma amiguinha fora do vulgar por isso lhe prestei uma homenagem pública, saída do meu coração.
    Apesar do estado emocional em que ainda me encontro não quero deixar de lhe desejar um Santo Natal com muita alegria e dizer-lhe também que adorei a história de Natal de outros tempos, que nos contou, cheia de singeleza, pureza e muito amor...hoje tudo se vai alterando, mas é sempre bom recordar os velhos mas doces costumes do passado.
    Um beijinho para si Lúcia, com todo o meu carinho.
    maria eduardo

    ResponderExcluir
  65. Feliz Natal e um Ano Novo repleto de, paz ,amor e saúde...

    ResponderExcluir
  66. Agora que o Natal já é passado, venho desejar um Feliz 2013!

    ResponderExcluir